2 de dez de 2015


[Resenha] Me Abrace Mais Forte - David Levithan

Ficha Técnica

Título: Me Abrace Mais Forte: A História de Tiny Cooper
Título Original: Hold Me Closer
Autor: David Levithan
ISBN: 978-85-01-10582-0
Páginas: 221
Ano: 2015
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Galera Record
bananaDo universo de Will & Will: Um nome, um destino, conheça a história de Tiny Cooper em um fabuloso musical Uma novela musical do universo de Will & Will – um nome, um destino, escrito em parceria com John Green e o primeiro livro juvenil com protagonista gay a figurar na lista do New York Times. Em Me abrace mais forte, o personagem Tiny Cooper, um dos mais carismáticos da trama, disponibiliza o roteiro do musical que acompanha sua trajetória: do berçário até o ensino médio. Com participação especial do fantasma de Oscar Wilde, o roteiro revela os detalhes da vida amorosa de Tiny, seu relacionamento com seus vários ex-namorados, a amizade com a babá lésbica, a relação com os pais e o encontro com o amigo Will Grayson.

Resenha


Quando eu escrevi a resenha de “Will & Will: Um Nome, Um Destino” eu deixei bem claro que a grande estrela do livro era Tiny Cooper. David Levithan, um dos autores da obra citada, decidiu então aproveitar o grande apelo de Tiny para escrever um livro só para ele, onde ninguém iria roubar o seu brilho natural.

Selo-Parceiros-Galera JuniorEm “Me Abrace Mais Forte: A História de Tiny Cooper” vamos conhecer a vida completa de Tiny, desde o seu nascimento até o momento em que o conhecemos pela primeira vez, lá em “Will & Will”. Construído totalmente em forma de roteiro, já que o livro narra a vida de Tiny como se o mesmo estivesse estrelando seu próprio musical, bem estilo Broadway.

Preciso ser bem sincero com vocês: o livro não me agradou. Eu esperava bastante dele, pois Tiny Cooper foi a melhor coisa em “Will & Will” na minha opinião, e sempre achei que o livro deveria ter sido ‘dele’. Porém, nesta nova obra escrita por Levithan, me deparei com uma história rasa, mais uma repetição e enrolação do que já foi abordado anteriormente. 
Você pensa que é um ator, Tiny. Todos pensamos que somos atores e que recebemos o roteiro. Mas sabe qual é a verdade? Você é o escritor. Você é o compositor.
Pág. 166
Para piorar a situação, acredito que a forma que o livro foi escrito não ajudou muito. Entendo que o objetivo era ser um musical, mas devido a isto boa parte da narrativa é contada através de músicas, mas a verdade é que a grande maioria das letras destas músicas são medonhas e extremamente mal construídas.

Um dos pontos positivos da obra pôde ser encontrado quase nas últimas páginas, quando um dos Will aparece e a atmosfera do musical fica mais densa, abordando temas como depressão e solidão. Antes desse ponto tive que me deparar com referências a bebês que gostam de chupeta e sabem sugar; e também como os garotos com tesão não devem indo logo colocando a ‘coisa’ pra fora ao estarem com tesão.
[...] Quero que fique de bem com a vida. Com a vida como ela é. E eu também. É tão difícil aceitar que a vida se resume a ser arrebatado. Ser arrebatado e aterrissar. Ser arrebatado e aterrissar. Concordo que não é o ideal. Concordo.
Pág. 210
Com uma capa belíssima, toda trabalhada em papel especial com detalhes laminados em dourado, muitas músicas, holofotes e drama teatral, “Me Abrace Mais Forte” é mais um livro para quem já leu e gostou de “Will & Will” e já conhece o personagem Tiny Cooper. Tirando esse fato, acho difícil a obra agradar leitores novos à este universo criado por Levithan e John Green, pois o mesmo se mostra muito mais do mesmo, sendo simplesmente um complemento de uma obra maior.

Compare e Compre
Comentários
13
Compartilhe

13 comentários:

  1. Sinceramente já falou em musical já não gostei rs. Não curto esses tipos de livros, filmes e tudo mais, principalmente os mais atuais e adolescentes. A capa é realmente linda e bem chamativa. Não li Will e Will pra comparar, mas Me Abrace mais Forte é um tipo de livro que eu não leria. É isso rs...
    Abs!
    http://ohqueridavalentina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie.
    Já havia lido Will & Will a um tempinho atrás e não consegui lembrar claramente do Tiny no momento, mas confesso que não fiquei muito interessada no livro, principalmente por você ter dito que a maior parte da narração é dada através de músicas... Não sou muito fã desse estilo, mas admiro quem consegue fazer bem feito.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Tácio, nunca li nada desse autor ainda. Fiquei curiosa como este livro possa ser narrado como musical. Nunca li nenhum livro assim vou adiciona-lo a minha lista de leitura obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oi Tácio, ainda não li nada dele. Há tempos que está em meus planos a leitura de "Todo Dia" e "Will & Will: Um Nome, Um Destino". Esse aí parece ser igualmente bom. Gosto muito de livros Young Adult, um estilo bem leve de ler. Obrigado pela dica! Abraços...

    ResponderExcluir
  5. Olá, Tácio.
    Não li Will & Will e o livro não está na minha lista de próximas leituras. Então, devido a qualidade não tão alta dessa obra, duvido um pouco se iria conseguir gostar do livro. Acredito que a narrativa rasa iria me incomodar demais.
    Sendo assim, passo a leitura.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li o livro que "deu origem" a esse, então não posso falar muito a respeito. Mas confesso que nenhum dos dois está na minha listinha de leitura, por enquanto. Não me despertaram atenção tanto assim, ainda mais depois de você dizer que a história desse e superficial e não acrescenta muita coisa. Vou deixar passar.

    ResponderExcluir
  7. Eu li o livro Will e Will, e com certeza vou querer ler esse livro, já que é sobre uma das personagens do outro livro, vou adicionar em minha lista.

    ResponderExcluir
  8. Posso confessar que já tinha vontade de ler esse livro, por contar a história de um personagem de Will e Will, mas até então não havia buscado nada sobre ele, mas agr depois de sair q é um musical toda aquela ansiedade de ler diminuiu :(

    ResponderExcluir
  9. Bem Tácio, não li ainda Will e Will, portanto não conheço a personagem principal desse livro.
    E fiquei triste por saber que o livro não é um dos melhores do autor, por ter tornado o livro um roteiro musical.
    “Temos o destino que merecemos. O nosso destino está de acordo com os nossos méritos.” (Albert Einstein)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  10. Ainda nao li nada do David Levithan e olha que tenho os livros dele aqui, falta de tempo mesmo.
    Mta gente fala mesmo que a estrela do Will e Will é o Tiny Cooper, adoro qdo um personagem se sobresai e acaba ganhando um livro pra ele...
    Mas é uma pena que o livro nao te ganhou e vc ainda se sentiu enrolada pela repetição do que ja sabia do outros livro.
    Eu nao sou fã de letras de musicas nos livros, na verdade nao consigo entender direito a letra com a musica e como vc disse q é mal escrito, vou me enrolar toda.
    A capa está linda mesmo, mesmo com os pontos negativos, ainda quero conhecer.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. pelo que vc resenhou eu ia odiar o livro.. sou um tanto quanto chata pois quando começo a ler e nao gosto daescrita eu paro. mas confesso que mtas vezes ja quebrei a cara com isso.. hahah mas nao gosto nem de filmes musicais e pelo visto livro musicl tbem nao. nao me agradou de maneira alguma..pode ate ser que a ideia fosse boa mas como vc disse ehmal escrito...

    ResponderExcluir
  12. pelo que vc resenhou eu ia odiar o livro.. sou um tanto quanto chata pois quando começo a ler e nao gosto daescrita eu paro. mas confesso que mtas vezes ja quebrei a cara com isso.. hahah mas nao gosto nem de filmes musicais e pelo visto livro musicl tbem nao. nao me agradou de maneira alguma..pode ate ser que a ideia fosse boa mas como vc disse ehmal escrito...

    ResponderExcluir
  13. Esse é um dos poucos livros que não me interessei, infelizmente nem da capa, acho que esse não leria.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações