11 de dez de 2015


[Resenha] Noites de Tormenta - Nicholas Sparks


Ficha Técnica

Título: Noites de Tormenta
Título Original: Nights in Rodanthe
Autor: Nicholas Sparks
ISBN: 978-85-8041-465-3
Páginas: 170
Ano: 2015
Tradutor: Maria Clara de Biase
Editora: Arqueiro
bananaHá três anos, Adrienne Willis perdeu as esperanças no amor quando o marido a trocou por uma mulher mais jovem. Tendo que cuidar sozinha dos três filhos adolescentes e do pai doente, ela acha que nunca será capaz de recuperar a autoestima e a vontade de viver. Por isso, quando sua amiga Jean precisa fazer uma pequena viagem e lhe pede que tome conta de sua pousada, ela vê uma oportunidade para mudar de rotina. A previsão de tempestade iminente, no entanto, faz com que os próximos dias não pareçam muito promissores. Pelo menos até a chegada de Paul Flanner, o único hóspede com reserva para o fim de semana prolongado. Aos 54 anos, Paul é um cirurgião bem-sucedido que enfrenta fantasmas parecidos com os de Adrienne. Nos últimos seis meses, a esposa pediu o divórcio e ele rompeu relações com o filho. Ao ver sua vida perder o rumo, Paul decidiu vender a clínica e a casa e ir à pequena cidade de Rodanthe para encerrar um doloroso capítulo de seu passado. Logo Paul e Adrienne começam a descobrir suas afinidades e a se aproximar cada vez mais. Ao longo do fim de semana, a tempestade que toma conta de Rodanthe finalmente chega ao fim, mas o que nasce entre eles ressoará pelo resto de suas vidas, entrelaçando passado e futuro e dando um novo significado às palavras amor e perda.

Resenha


Adrienne Willis é uma mulher de 60 anos, divorciada, mãe de três filhos e cuida de seu pai que não tem como fazer coisas básicas sozinho por conta de um derrame. Essa seria uma descrição muito simples sobre essa mulher tão forte.  Por tudo que passou - e viveu - não seria justo apenas essa descrição. Adrienne é exemplo, é força, é dedicação, é acima de tudo abnegação. Uma das melhores personagens do sexo feminino de Nicholas Sparks.

Arqueiro_parceria522Voltando uns 20 anos, a vida de Adrienne era aparentemente maravilhosa. Tinha um marido que se preocupava e era provedor da casa e filhos amorosos. Uma vida que ela optou e gostava que fosse assim. Entretanto, Jack, seu marido pôs um fim ao casamento dos dois ao sair de casa por conta de outra mulher. Como qualquer pessoa, Adrienne sofreu muito com o término de um casamento de 18 anos e da forma como terminou. Ela só não esperava a surpresa que futuro estava lhe reservando.

Paul Flanner tem 62, é um cirurgião famoso, também divorciado e tem um relacionamento difícil com seu filho. Após receber um bilhete, decide viajar para uma pequena cidade da Carolina do Norte para resolver uma questão pendente.  Toda a sua vida Paul deu a devida importância a coisas que não mereciam tanto destaque, enquanto seu casamento ia acabando e seu filho se afastava cada vez mais dele.
Durante toda a sua vida correra para longe de alguma coisa, não na direção de alguma coisa e, no fundo do seu coração, sabia que tudo fora em vão.
Pág. 32 
Adrienne está tomando conta da pousada de sua amiga Jean e que por coincidência é a pousada que Paul escolheu para se hospedar em Rodanthe. Logo quando ele chega a pousada encontra Adrienne chorando e mesmo assim percebe uma beleza nessa mulher que deve ter passado por coisas difíceis. Como é o único hóspede para esse fim de semana, os dois acabam passando mais tempo juntos e conhecendo um ao outro melhor.
- Não sei como ou por que isso aconteceu, mas acho que estava escrito que eu viria para cá - disse Paul.
- Para conhecer você. Durante muitos anos, senti que faltava algo em minha vida, mas  não sabia o que era. Agora sei.
Pág. 127
E a partir desse final de semana compartilhado nasce um amor entre duas pessoas que estão em pedaços. Um foi "juntando o caco" do outro. Os dois mostraram que apesar de tudo que aconteceu em suas vidas, existia uma possibilidade de amar e ser amado. Existia a chance de provar a Adrienne que Jack que não foi o melhor marido e que ela não tinha culpa de nada. Existia a chance de Paul se tornar um homem melhor e recomeçar um relacionamento com seu filho Mark. Um final de semana intenso e que Paul teria que ficar longe de Adrienne durante um ano para se juntar ao seu filho no Equador, onde este fazia trabalho humanitário voluntário. 

A filha de Adrienne, Amanda, está passando por um período muito complicado. Seu marido acabou de morrer e ela não está sabendo lidar com ocorrido e não tem forças para seguir. A história de Noites de Tormenta é Adrienne abrindo o seu coração para sua filha, contando esse final de semana com Paul e o que aconteceu durante o ano dele fora, na tentativa de fazer Amanda ter forças para continuar.
Você é a melhor coisa que já me aconteceu. Já sinto saudades, mas sei em meu coração que você estará sempre comigo. Nos poucos dias que passamos juntos você se tornou meu sonho.
Pág. 144
Publicado em 2015 pela Arqueiro, Noites de Tormenta já era um livro conhecido do público brasileiro por conta da edição publicada anteriormente pela Novo Conceito. Entretanto, nunca esteve entre os livros mais esperados/resenhados de Sparks. É uma história que não traz protagonistas jovens, se diferenciando de seus outros livros. Um casal maduro, que já passou por situações diversas. É um dos meus livros preferidos de Sparks. A história é comovente, dura, triste e bonita. Parece controverso mas é isso. E quebra um pouco o preconceito de achar que pessoas mais maduras não teriam mais chance de viver um grande amor. Um preconceito que até a própria protagonista reproduz em seus momento de baixa estima. Livro mais do que recomendado.
Ela havia encontrado amor e alegria, uma força que nunca soubera que tinha, e nada poderia lhe tirar isso.
Pág. 170
Compare e Compre
Comentários
9
Compartilhe

9 comentários:

  1. Posso confessar que amo romance e amo o Nicholas Sparks, ele é o meu preferido até então com relação ao gênero romance, ele arrasa nos seus livros. Apesar disso, nunca li noites de tormentas, mas dá para se notar pela resenha que com certeza eu iria amar tanto quanto os outros!

    ResponderExcluir
  2. Oi Auri! Já li dois livros do Nicholas Sparks: "Querido John" e "Diário de uma Paixão". Foram leituras agradáveis, mas não achei nada de tão sensacional assim. São livros bons para passar o tempo, mas muito água com açúcar na minha opinião. Esse parece seguir o mesmo estilo. Quem sabe um dia eu o leia com o mesmo propósito com o qual li os outros? De qualquer forma, excelente resenha. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Auri.
    Já li a obra e tive uma visão totalmente diferente. Achei previsível e até meio bobo. Ganha pontos por fugir do padrão de personagens mais jovens. Contudo, isso não é o suficiente para se fazer uma boa obra, na minha opinião.
    Sem falar que a premissa é mais do que batida. Já li uns três livros com o mesmo enredo.
    Gostei da sua resenha, mas não releria esse livro.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  4. Oi Auri, eu amo os livro do Nicholas Sparks os livro dele são sempre emocionantes eu li a sinopse e a resenha, noites de tormenta é um livro maravilhoso já esta na minha lista de leitura bjs.

    ResponderExcluir
  5. Auri!
    Para mim é um dos melhores livros do Nicholas.
    Romance tórrido em dias de chuva e um amor que surgiu de forma tão singela.
    Já assisti o filme também com meu amado Richard Gere.
    “Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o Universo não tem ideias.” (Fernando Pessoa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  6. adoro os livros do nicholas sparks mas nao sao os meus favoritos. gostei da tematica deste principalmente por nao tratar de um casal jovenzinho! hahah acho legal esses romances mais maduros

    ResponderExcluir
  7. Sou louca pelos livros de Nicholas Sparks, é o segundo que mais tenho na minha estante. Assim como a maioria que já li dele, esse também parece ser excelente, e já me recomendaram muito, vou colocar ele na minha lista, vou ler o mais breve possível.

    ResponderExcluir
  8. Tem o filme desse livro e eu nao lembro direito, mas meus pais falaram que é mto bonito.
    A ideia de trazer personagens maduros que tb buscam pelo amor é interessante.
    Nicholas Sparks tem o dom de nos fazer emocionar e encantar pelo romance.
    Com certeza a Arqueiro fez certo em relançar, ainda quero ter essa edição.
    Beijos

    Blog Livros e Sushi
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Engraçado esse não ser um dos livros mais comentados dele, porque é justamente o que tenho mais vontade de ler. Acho que é por conta dos personagens não serem novinhos e clichês, algo comum dos outros do Sparks. Essa capa está linda demais, né? Eu amei, embora gostasse também da anterior. E adorei a resenha!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações