29 de dez de 2015


[Resenha] Os Arquivos Perdidos: A Fuga ; Os Arquivos Perdidos: A Navegadora & Os Arquivos Perdidos: Guarda

Ficha Técnica

Título: Os Arquivos Perdidos: A Fuga
Título Original: The Lost Files: The Fugitive
Autor: Pittacus Lore
ISBN: 978-85-8057-778-5
Páginas: 100
Ano: 2015
Tradutor: Viviane Diniz
Editora: Intrínseca
Mark James está em maus lençóis. Mesmo sendo perseguido por agentes do FBI e por mogadorianos, ele fará de tudo para salvar Sarah, sua ex-namorada, que está detida em uma base secreta do FBI em Dulce, no Novo México, e ajudar os Gardes. No caminho para Dulce, Mark recebe ajuda de um misterioso aliado: outro colaborador do blog Eles Estão Entre Nós, cuja identidade ele só conhece pelo avatar GUARDA. Munido com uma caixa de equipamentos eletrônicos de última geração e algumas armas de tecnologia claramente alienígena, Mark quer saber quem está por trás do avatar. Conforme se aproxima de seu objetivo, ele também começa a desvendar um pouco mais sobre a identidade de seu enigmático aliado, que parece conhecer muito sobre o planeta Lorien e seu povo. Quando descobrir a verdade, sua vida mudará completamente.

Ficha Técnica

Título: Os Arquivos Perdidos: A Navegadora
Título Original: The Lost Files: The Navigator
Autor: Pittacus Lore
ISBN: 978-85-8057-824-9
Páginas: 103
Ano: 2015
Tradutor: Cássia Zanon
Editora: Intrínseca
Neste lançamento da série Os arquivos perdidos, vamos ficar sabendo mais do passado e das motivações de Lexa, ou, como é conhecida por John Smith e companhia, GUARDA. Antes de Lorien ser completamente destruída pelos mogadorianos, Lexa era uma jovem hacker implacável e sagaz que vivia no anonimato, reunindo informações confidenciais e rastreando mensagens secretas, à espera de qualquer deslize para finalmente desmascarar o governo corrupto do planeta. No entanto, os mogadorianos chegam antes que ela consiga concluir seu plano, aniquilando tudo o que encontram pela frente. Lexa não tem outra alternativa senão fugir dali. Atendendo ao chamado de Zophie, uma amiga de longa data, a garota assume o comando de uma antiga nave movida a combustível fóssil e, junto com Crayton, Ella e diversos Chimæras, parte para seu novo lar: a Terra. Estariam eles finalmente livres dos mogs? E o que será que aconteceu com a outra nave que fugiu de Lorien, levando Guardes e seus Cêpans?

Ficha Técnica

Título: Os Arquivos Perdidos: Guarda
Título Original: The Lost Files: The Guard
Autor: Pittacus Lore
ISBN: 978-85-8057-825-6
Páginas: 83
Ano: 2015
Tradutor: Viviane Diniz
Editora: Intrínseca
Em A navegadora é revelado como a hacker loriena Lexa se tornou a obscura figura conhecida como Guarda, um símbolo de resistência na luta contra os mogadorianos. O que aconteceu depois que os mogadorianos descobriram o esconderijo de Lexa e mataram seus amigos será revelado neste novo e-book da série Os arquivos perdidos. Determinada a se vingar, mas ciente de que enfrentar os mogs não é uma tarefa fácil, Lexa sai em busca de uma arma que pode causar sérios danos aos seus inimigos: a aeronave que levou a Garde para a Terra. O único problema é que o aparelho se encontra trancafiado a sete chaves em uma base de segurança máxima em Dulce, Novo México. A jornada de Lexa para recuperar a nave e rastrear a Garde leva-a até um aliado de Pittacus Lore e a coloca na mira tanto do FBI quanto dos mogs. Lexa está disposta a tudo para conseguir sua arma secreta. Mas, quando os mogadorianos começarem a invasão, será que seus esforços serão o bastante para salvar a Garde e o planeta Terra?


Resenha


Não é segredo para quem acompanha o blog que eu sou viciada na série Os Legados de Lorien e demorei um tempinho, mas estou de volta. Com a publicação do penúltimo livro da série O Destino da Número Dez, corri para ler os três e-book entre ele e A Vingança dos Sete .

Os Arquivos Perdidos: A Fuga é o décimo livro complementar da série e que dá uma visão diferenciada, nos mostrando outros personagens também importantes na batalha contra os mogadorianos. Em 100 páginas Mark James nos leva em um resumo do que tem sido seus dias desde que fugiu de Paradise para resgatar Sarah, que pela última informação que teve, estava presa na base secreta de Dulce, no Novo México.

Para quem leu Eu Sou o Número Quatro não dá para imaginar a completa mudança desse personagem. De garoto mimado, filho do xerife da cidade, quarterback do time à um blogueiro lutando para mostrar à população da Terra a iminente invasão mogadoriana, que a essa altura já está infiltrada no governo dos Estados Unidos e sabe-se lá mais quais países também.

Para resgatar Sarah, ele contará com a ajuda de Guarda, um outro colaborador do blog Eles Estão Entre Nós, mas tudo que Mark sabe dele é que é um hacker muito habilidoso, com recursos aparentemente ilimitados e que conhece muito os alienígenas e suas armas e habilidades, sejam lorienos ou mogadorianos.

Ao descobrirmos quem é Guarda no final do livro, já passamos logo para Os Arquivos Perdidos: A Navegadora, onde somos levados de volta a Lorien, e ao dia do ataque dos mogadorianos. Lexa é uma jovem hacker muito habilidosa e usa seus conhecimentos em desenvolvimento de softwares para descobrir algo que exponha a corrupção que sabe existir no Conselho de Defesa de Lorien ou entre os Anciões, afinal, ela tem certeza de que o povo de Lorien precisa abir os olhos para a forma como o planeta vem sendo conduzido.
(...) é que alguns de nós não concordam com essa forma de governar. Nós nos demos conta de que, embora possa parecer uma sociedade-modelo, pagamos por ela com nosso livre-arbítrio.
Alguns de nós perdemos demais para Lorien. Eu perdi demais. E quero que isso mude. Precisamos de uma reformar. Precisamos de uma revolução.
Pág. 09
Como falei anteriormente, o livro tem início no dia em que Lorien foi invadido pelos mogs e temos uma visão desse dia por uma nova perspectiva, afinal já havíamos conhecido alguns fatos ocorridos nesse dia pela visão de Sandor em Os Arquivos Perdidos: Os Últimos dias de Lorien. O bom é que aqui conhecemos como Ella chegou à Terra, pois ao longo dos livros descobrimos que duas naves vieram de Lorien e que Ella estava nessa segunda nave, mas quem eram as outras pessoas que vieram com ela? Personagens que nos explicarão outros aspectos da chegada dos lorienos na Terra e sua constante comunicação com a humanidade.
(...) A internet foi um dos muitos presentes que os lorienos deram aos humanos ao longo dos séculos. Não que eles saibam disso ou dos muitos outros tesouros que nós concedemos a eles. Ou mesmo que algumas de suas mentes mais brilhantes não eram de seu planeta, mas do nosso. Eu costumava me perguntar por que dedicávamos recursos a ajudar um planeta tão distante se não recebíamos nada em troca. Nem mesmo o reconhecimento de nossas contribuições. Mas agora começo a me perguntar há quanto tempo os Anciões sabiam sobre os mogadorianos. Quanto da "guerra secreta" era real.
Todo esse tempo eles estavam se preparando para migrar para um novo mundo?
Pág. 42
Depois que descobrimos que é Guarda e um pouco de sua estória e motivação, finalmente descobrimos como foram seus primeiros anos na Terra em Os Arquivos Perdidos: Guarda. Compreendemos como Lexa será de extrema importância na batalha entre lorienos e mogadorianos.
Só preciso descobrir até onde eles chegaram e, então, desmascará-los. De certa forma, é a mesma coisa que eu estava tentando fazer em Lorien. Mas agora não é o meu povo que tento incitar à ação, e sim um outro planeta inteiro. Um planeta alheio não só ao fato de que existem seres inteligentes em outras partes do universo, mas também de que esses outros seres já se infiltraram na Terra.
Pág. 35
O livro não apenas narra os primeiros anos de Lexa na Terra, como os anos seguintes, chegando ao momento em que "encontra" Mark James e tornam-se aliados nessa guerra. 

De certa forma foi até bom ter lido todos de uma vez, pois assim que terminei os três e-books (que são curtinhos) já comecei logo a leitura de O Destino da Número Dez, que trarei a resenha para vocês nos próximos dias.

Compare e Compre Os Arquivos Perdidos: A Fuga

Compare e Compre Os Arquivos Perdidos: A Navegadora

Compare e Compre Os Arquivos Perdidos: Guarda
Comentários
12
Compartilhe

12 comentários:

  1. Olá, Lay.
    Essa série vai entrar para o Guinness Book como a mais extensa série literária da galáxia. haha Quando eu penso que acabou, aparecem mais livro.
    Como você já sabe, eu li apenas o primeiro. Achei bom, mas fiquei desanimado a continuar a leitura. Quem sabe em 2016 não venha a minha inspiração para continuar? haha Sabendo que a série melhora e os personagens ganham profundida, isso já dá uma animada.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério mesmo Marcos, a série melhorou MUITO desde o primeiro livro, e sim, parece que dessa vez vai acabar, kkkkkk

      Abraços

      Excluir
  2. Oi Layane nossa amei as sinopse e a resenha essa serie parece que é bem interessante daquelas que te prendem do começo ao fim com certeza vou começar a le-la obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conhecia a série, e que série enorme viu, RS. Gostei bastante da história, mas não me ousaria a começar a série pela quantidade de livros ja publicados. Excelente resenha e obrigada pela sugestão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, enorme é pouco Paloma, mas muito boa MESMO!!!

      Excluir
  4. Oi Lay! Ouço falar super bem dessa série, mas ainda não tive a curiosidade de começar a lê-la. Acho que quando começar, vai ser de uma tacada só. Terei um bom trabalho pela frente porque, meu Deus, são muitos livros. Excelente resenha e abraço.

    ResponderExcluir
  5. devo admitir com vergonha que só li o primeiro. hahah não sabia nem ao menos que estava tão longe assim a serie em seu volume 12. mas pelo que voce falou o personagem vai melhorando assim como a serie. obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  6. Que série grande hahaha Mas parece ser muito boa heim.
    Não tinha ouvido falar dela, mas fiquei muito interessada e curiosa pela resenha, parece ser bem legal ainda mais nesse estilo literário.

    ResponderExcluir
  7. Essa série é giganteeee, uma amiga ama mtooo e toda vez ela fala q vai acabar, mas aí lançam mais um e ela surta, haha.
    Ainda nao li nenhum livro, mas nao sei se animo de começar.
    Adorei a resenha e saber que a historia melhora e os personagens tem uma profundidade maior sempre é bem vindo.
    Nao gostei mto foi as capas, achei que faltava algo.
    Beijos

    Blog Livros e Sushi
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Lay!
    Resolveu o problema que tenho com as séries: é que demora muito para sair o outro livro e por vezes até me esqueço do enredo anterior.
    Bom ler todos os livros de uma só vez.
    A série parece ótima.
    Desejo um 2016 carregado de saúde, realizações e muito sucesso em tudo que empreender.
    “O Ano Novo começa literalmente quando nos desprendemos dos velhos vícios que carregamos dentro de nossos corações.Façamos do dia primeiro de janeiro um dia de libertação e começo de uma vida de superação e busca por dias melhores.” (Alison Aparecido Ferreira)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Caramba, que série enorme! Nossa, estou impressionada. Se bem que ela parece ser incrível e acho que ela merece muito ser lida, mas gigante desses jeito eu acho que não vou me arriscar tão cedo. Prometi que só me meto em novas depois que terminar essas que já comecei. De qualquer forma vou colocar essa na lista.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações