25 de jan de 2016


[Seriando um Pouquinho] Sense8


Sinopse: Após um evento peculiar, oito pessoas que não se conhecem ficam interligadas mentalmente e precisam lidar com os perigos de suas novas vidas. Um disparo. Uma morte. Um instante no tempo em que oito mentes em seis continentes são interligadas para sempre. Oito pessoas vivem suas vidas, segredos e ameaças como uma. São pessoas comuns, renascidas com um mesmo inimigo e destino.

Bem, Sense8 foi uma das séries mais comentadas no ano de 2015 e como ela tem uma temporada curta, é legal para encerrar a maratona das férias. A série escrita pelos Irmãos Wachoswsk e J. Michael Straczynski, foi um golaço da Netflix. Na minha opinião, a série começa um pouco lenta, confusa, mas com o decorrer dos episódios embala e consegue prender o telespectador. A trama é muito boa, tentando explicar de maneira básica, são oito pessoas espalhadas pelo mundo que estão ligadas, elas podem sentir o que os outros estão sentindo, podem transferir entre si habilidades, língua, sentimentos etc.



Os oito são: Capheus "Van Damme", um motorista de van de Nairóbique precisa ganhar dinheiro paracomprar remédio para sua mãe que tem AIDS; Sun Bak, uma coreana que  compete em vale tudo e é uma empresária que tenta corrigir os erros do irmão na empresa da família; Nomi Marks, (um conjunto de elementos que matariam Feliciano do coração) transexual, lésbica, ativista política e hacker que luta pelos direitos LGBT;  Kala Dandekar, uma cientista farmacêutica Hindu, prometida à um homem que ela não ama; Riley Blue, uma DJ islandesa (pesonagem mais chato, na minha opinião); Wolfgang Bogdanow, um arrombador de cofres  de Berlim, que foi criado no crime organizado; Lito Rodriguez, um galã mexicano que mantém o fato de ser homossexual em segredo da sociedade; Will Gorski, um policial de Chicago (outro personagem chato, mas que no conjunto me agrada).

 

 



Aqui acho que vou ser meio polêmico. A história é boa, muito boa, mas os personagens não. Participei de conversas com pessoas que também assistiram e acabam achando a série perfeita,mas ela não é. Ela pode ter uma trama incrível, uma fotografia maravilhosa, mas é repleta de esteriótipos e clichês. Muito do que tem nela é a realidade, por exemplo: a coreana, subjulgada pela família, o africano (feliz demais) que sofre com a violência local, a falta de grana e a AIDS da mãe dele, uma transexual que não é aceita pela familia, que tenta lobotomizar ela para “corrigir”, um gay no armário que precisa manter as aparência para se manter em destaque no seu trabalho.


Isso não tira o mérito da inovação na trama e a complexidade de gravar em locações reais espalhadas pelo mundo.  Não vou falar muito para não contar spoiler, mas os melhores momentos da série são quando os sense8 interagem, quando um auxilia o outro na resolução de algum problema ou o que acontece nos capítulos finais. A cena do episódio 1x06 é uma cena erótica muito bem construída, outra cena muito legal e fofa está no fim do episódio 1×04 quando eles cantam “What’s Up” do 4 Non Blondes.



Elenco:
Aml Ameen - Capheus van Damnne
Doona Bae - Sun Bak
Jamie Clayton - Nomi Marks
Tina Desai - Kala Rasal
Tuppence Middleton - Riley Blue
Max Riemelt - Wolfgang Bogdanow
Miguel Ángel Silvestre - Lito Rodriguez
Brian J. Smith - Will Gorski
Freema Agyeman - Amanita
Terrence Mann - Mr. Whispers
Anupam Kher - Manendra Rasal
Naveen Andrews - Jonas Maliki
Daryl Hannah - Angelica

Comentários
25
Compartilhe

25 comentários:

  1. Oi Miau
    Eu vi na Netflix na pagina principal mas n parei p me inteirar do q se tratava!
    Um dia, qd eu conseguir me organizar p atualizar as séries, aí eu vejo essa!
    Adorei a resenha!!!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, quando tiver tempo assista mesmo, pode ser que não se prenda no início, mas com o decorrer da história vc vai gostar.

      Excluir
  2. Olá, Miau.
    A premissa da série é muito boa e tenho bastante curiosidade. Na verdade, toda vez que abro a Netflix essa série me chama. ahaha
    Apesar da boa premissa, fiquei com um pé meio atrás com esses personagens meio estereotipados.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, assista que é legal, mesmo com estereótipos.

      Excluir
  3. Olá!!!
    Comecei a ver Sense8,mas achei um tanto confuso...parei....não gostei..
    Bj e tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eva, eu quase parei no início, mas não consigo deixar a temporada pela metade, mesmo com séries que eu acabo não gostando, eu termino a temporada, acho q fica faltando algo, rsrsrsrs.

      Excluir
  4. Olá, Miau.
    Eu conhecia essa série por dois amigos gays que estavam comentando as cenas de sexo da série. Dai fui pesquisar e vi todo mundo falando bem e resolvi assistir. Os primeiro episódios não me prenderam mas depois gostei muito. Não tinha reparado nos clichês que você comentou, mas também eu amo um clichê hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, eu não comentei muito sobre isso, mas o sexo é tratado de maneira bem natural na série. Sem preconceitos, travas sociais etc.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi Miau, eu assisto muitas series mas essa eu não conhecia gostei muito do enredo dela com certeza vou começar a assisti-la bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi Miau, achei a temática bastante interessante, um pouco inovadora na verdade. Não me lembro de ter visto nada parecido até o momento. Como pessoas que não se conhecem podem compartilhar emoções? Só vendo pra descobrir, não é mesmo? Excelente recomendação! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Arthur, também não lembro de ter visto algo parecido, eu gostei muito da série. Recomendo.

      Excluir
  8. Oi Miau!
    Nessa série, originalidade é a palavra. Minha amiga que divide o blog comigo já me indicou várias vezes, mas ainda não tive tempo de ver, já vi várias indicações, resenhas e críticas, mas nenhuma tinha me chamado tanta atenção como essa, deve ter sido dado ao fato de que pela primeira vez eu assisti o trailer, e essa última cena? É linda! Enfim, o que mais me interessou também foi que a série é dos mesmos criadores de Matrix! Um clássico do cinema que eu adoro, por falar nisso. Enfim, ótimo post e indicação, dessa vez, to convencida a acompanhar.

    Tá rolando uma pesquisa de público lá no Quinta Gaveta! Sua opinião é muito importante.
    Beijo, Selma Barbosa | Quinta Gaveta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Selma, que bom que gostou. As cenas em que os oito estão interagindo são sempre muito boas, principalmente no fim da temporada, eu gostaria de comentar umas coisas no post, mas acabaria contando muitos spoilers, rsrsrsrsrs.

      Excluir
  9. Oi Miau,
    Algumas amigas me falaram dessa série, mas até então não sabia, mas nada a respeito. Achei a história super interessante, como você mesmo disse e pelo que você apontou os personagens ficam meio clichês mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Achei a história um pouco interessante e algo que nunca tinha ouvido antes, mas no entanto achei um pouco confusa a história apesar de ser muito boa.

    ResponderExcluir
  11. Já estava sabendo das críticas super positivas dessa série, a premissa me interessa, mas construção dos personagens é algo sério. Enfim, as cenas parecem contribuir para uma história intercontinental e, como você disse, inovadora. Estou ansioso p/ assistir =)
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Oiiee,
    Eu pretendo começar a ver esse seriado agora nas minhas férias do serviço que começam semana que vem uhuuuuuuuuuuu feliz da vida, ouvi só coisa boa e espero gostar mesmo.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  13. nao gosto mto destes seriados que ficam falando de coisas mei surreais! hahah parece meio cliche sei la... mas msm assim obrigada

    ResponderExcluir
  14. Como todos já estão cansados de saber, rsrs, não tenho costume de assistir séries, por isso nunca tinha visto nada sobre ela, e a princípio parece muito boa.

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia a série, bom, quase não tenho tempo para acompanhar séries em geral, vou tentar arrumar um tempinho para ver o que acho.

    ResponderExcluir
  16. A série parece ser bom , já li alguns posts falando de Sense8, com muitos elogios mas não me interessei em acompanhar, prefiro algo mais fantástico como Once Upon a Time, Game Of Thrones, ou bem Sobrenatural como a serie Supernatural ou American Horror Story.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Depois de ouvir falar tanto de Sense8 fiquei muito curiosa e fui assistir o primeiro episodio só que achei muito confuso me senti perdida na historia por isso não terminei de assistir mas gostei de conhecer um pouco mais da serie !!

    ResponderExcluir
  18. Olá, igual eu digo em todos os posts relacionados a NetFlix: Não tenho acesso a Netflix :(
    Mas essa série não me chamou muito a atenção :/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações