12 de fev de 2016


[Resenha] Ela está em todo lugar - Cherie Priest


Ficha Técnica

Título: Ela está em todo lugar
Título Original: I am Princess X
Autor: Cherie Priest
ISBN: 978-85-8235-325-7
Páginas: 265
Ano: 2015
Tradutor: Rodrigo Seabra
Editora: Gutenberg
41May e Libby criaram a PRINCESS X no dia em que se conheceram, e desde então tornaram-se inseparáveis. Através da personagem, as garotas mataram todos os dragões e escalaram todas as montanhas que foram capazes de imaginar. Até Libby e sua mãe morrerem em um acidente de carro. Três anos depois, May começa a ver imagens da PRINCESS X em adesivos e pôsteres por toda a cidade. Isso só pode significar uma coisa: Libby está viva. E May não vai parar enquanto não encontrá-la.


Resenha


Mais uma surpresa boa da Gutenberg. Ela está em todo lugar, de Cherie Priest, conta a história de Libby e May. Duas garotas que iniciam uma amizade através da personagem Princess X. A partir de um desenho feito por Libby e a nomeação da personagem por May, nasceu o reino imaginário em que a Princess X fazia parte e era protagonista. Amigas inseparáveis durante toda a infância, tinham pastas com todo o universo da Princess X, até que uma tragédia aconteceu.

O carro da mãe de Libby vai parar na Baía do Salmão e, supostamente, mata a mãe e a menina. Como era de esperar, May ficou devastada por perder a sua melhor amiga e as únicas lembranças da Princess X - as pastas com todos os desenhos e escritos sobre a personagem - tinham ido embora também. O acidente foi cercado de mistério e nunca chegaram a uma resposta de fato satisfatória.
Mas claro que Libby não chegou a crescer. Em vez disso, ela morreu na Baía do Salmão. Supostamente.
Pág .08
Sentindo a falta da amiga, May tenta continuar a sua vida da maneira mais normal possível. Até que depois de três anos da suposta morte de Libby, May vê um adesivo que mudaria sua vida. O adesivo é da personagem que ela e sua amiga criaram na infância e está espalhado por toda a parede. Ela começa a ver Princess X em todos os lugares e fica imaginando se as pastas com os desenhos e escritos sobre a personagem foram encontrados por alguém e esse alguém divulgou. 

Disposta a descobrir quem está por trás disso, May entra no site disponível sobre Princess X. Esse site tem vários artigos sobre a personagem e a garota descobriu os segredos presentes no site. A história da Rainha Fantasma, Princess x, Homem Agulha e o mistério das quatro chaves. Sendo que as duas primeiras personagens eram semelhantes a mãe de Libby e a própria Libby. E lendo essa história May percebeu que não se tratava de nenhuma que ela e Libby haviam escrito e se assemelhava com o ocorrido com Libby.

Com tudo isso, May acredita que a história em quadrinho que está no site da Princess X seja na verdade o que aconteceu/acontecendo com Libby e decide procurar pistas que levem a sua amiga. Ela começa acreditar que sua amiga está viva e que ela que está movimentando o site como uma forma de pedido de socorro. Com ajuda de Patrick, um atrapalhado rapaz que conserta computadores, May vai atrás de respostas para as suas suspeitas.

A edição é maravilhosa. A mistura do livro convencional com quadrinhos dando a sensação de que estamos no site lendo a mesma história que May. A história bem conduzida, prende atenção do leitor e talvez a minha única "reclamação" seja para os capítulos finais, ficou um pouco corrido, mas como um todo, foi um livro que adorei. Um livro para adolescentes com lições importantes e nesse período de formação é muito bom que tenha e que se leia livros assim. Cherie Priest escreveu um livro muito bom! Mais do que recomendado.
A verdade a libertaria, é isso mesmo. E libertaria Libby também.
Pág. 63

Comentários
11
Compartilhe

11 comentários:

  1. Auri!
    Interessante mesmo a mistura da história com HQ. Deve ter ficado excepcional.
    Gostaria de ler o livro.
    “A sabedoria superior tolera, a inferior julga; a superior perdoa, a inferior condena.”(Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Top Comentarista fevereiro, 4 livros e 3 ganhadores, participe!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Auri!
    O livro já chama atenção por ter essa mistura de livro convencional com quadrinhos, e sabendo que temos todo este mistério envolvendo o acidente e o site da Princess X, dá uma charme e uma maior curiosidade para o leitor.
    Não conhecia o livro, mas achei muito interessante a história criada e irei procurar para ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Auri.
    A premissa desse livro é totalmente diversa da que eu imaginava. A mistura de quadrinho com livro certamente cria uma boa trama. Além disso, o mistério para saber se a amiga está "vivendo" o que consta na trama do Princesa X também é bem interessante.
    Ótima resenha. Fiquei curioso.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  4. Nossa que livro. Só de ler a sinopse o livro já me interessou bastante. Dei uma olhada no Skoob e vi que o livro tem 272 paginas, o que é bom para um livro desse tipo, pois a historia tem bastante tempo para se desenvolver. Pois a Auri colocou na resenha um trecho do livro da pagina 08, o que me surpreendeu bastante, pois deduzi que a parte toda da infância e do acidente teria que ser contada em menos de 8 paginas. Pensei que a Auri tinha se enganado, então fui na Amazon e baixei uma amostra para o meu Kindle, e vi que realmente logo no começo a May já começaria a ter umas ideias sobre que Libby poderia estar realmente viva. Com certeza esse tem tudo para ser um livro muito bom, e o misterio tem tudo para ser misterioso kkkkk. pois tem mais de 260 paginas para se desenvolver toda a trama. Eu achei realmente muito boa a historia, apesar de a trama começar logo na pagina 8, eu realmente gostei bastante da historia. No começo pensei que seria mais uma historia clichê que não teria graça nenhuma. E com certeza ainda lerei esse livro, vai que um dia sai de graça na Amazon, ai sim kkkkk.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da resenha.
    Mas esse livro não faz meu gênero literário, não gosto de livros de quadrinhos, acho feio, não realmente tenho certeza do meu sentimento, mas eu simplesmente não gosto de quadrinhos, eu não gosto quando chega no final e o autor, entra em desespero para terminar o livro, não dando a devida atenção, já li vários livros assim, e confesso que é chato.
    Bom Dia.

    ResponderExcluir
  6. nossa que livro diferente. gostei mto da resenha e apesar de começar a ler e achar que nao ia gostar mudei de ideia. obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  7. A ideia do livro é simplesmente genial e muito criativa, a história parece ser super envolvente e viciante, instigante pra falar melhor. Acho que vou amar, essa mistura de quadrinhos com drama! Abraços :)

    ResponderExcluir
  8. Tinha visto esse livro, mas ainda não tinha lido nada sobre ele e nem sabia sobre o que era a história, lendo um pouco mais sobre na sua resenha fiquei super curiosa para saber se realmente a amiga de May está viva.

    ResponderExcluir
  9. Pelo nome do livro,achei que fosse terror...mas agora me parece que tem suspense...fiquei curiosa para saber como desenrola essa estória,embora não seja o tipo de livro que aprecio ler...mas fiquei muito curiosa para saber se May está viva..

    ResponderExcluir
  10. Nunca tinha ouvido nem lido nada relacionado a esse livro, mas fiquei curiosa; me parece ser aquele tipo de livro que quando voce esta lendo não consegue parar de ler!

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Já tinha visto esse livro mas é a primeira resenha que leio e gostei muito da historia que me envolveu me deixando muito curiosa para saber que está por trás de tudo isso, se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações