26 de abr de 2016


[Resenha] Simon VS. a Agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli

Ficha Técnica

Título: Simon VS. a Agenda Homo Sapiens
Título Original: Simon vs. the Homo Sapiens Agenda
Autor: Becky Albertalli
ISBN: 978-85-8057-892-8
Páginas: 370
Ano: 2016
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Intrínseca
17Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte. Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar. Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu. Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.

Resenha



SELO BLOG Simon é gay, mas ninguém sabe. Quer dizer, ninguém sabia até então. Certo dia, Martin, um colega de escola, acaba descobrindo uns e-mails que Simon vem trocando com Blue, um garoto misterioso, e que há algum tempo, de maneira anônima, se comunica com Simon de uma forma bem romântica e pessoal. Para manter o segredo de Simon, Martin o chantageia, pedindo ajuda para conseguir conquistar uma de suas amigas. Simon realmente não se importa que sua sexualidade seja revelada para todos, o grande problema é incluir Blue nessa situação delicada, fazendo com que o garoto se assuste, perca a confiança nele e possivelmente acabe se afastando.
Sério, eu não aguento. A franja do Cal. Os olhos do Cal. O fato de que ele aparentemente repara em mim o bastante para saber que não vou aos jogos de futebol.
– É minha primeira vez – digo.
Porque sempre tenho que dizer a coisa mais virgem possível.
P. 69

Decidido a preservar seu paquera, Simon prometerá ajudar Martin. Enquanto tenta achar uma solução definitiva, para que possa se livrar de vez das chantagens, e assim focar 100% no seu relacionamento com Blue, Simon terá que enfrentar algumas provações que muitas vezes colocarão seu segredo – e também sua relação amorosa – na zona de perigo. “Simon VS. a Agenda Homo Sapiens” é o primeiro livro publicado da autora Becky Albertalli. Com uma atmosfera jovem e moderna, Albertalli constrói um universo fácil de se relacionar e extremamente convidativo. As personagens cativantes e a gostosa narrativa imergidas em uma história divertida é uma fórmula que dificilmente dará errado, e este é o caso do livro.
Que pena que seu dia também foi esquisito. Quer conversar sobre isso? É mesmo muito irritante que hétero (e branco, diga-se de passagem) seja o normal e que as pessoas que precisam pensar sobre sua identidade sejam só aquelas que não se encaixam nesse molde.
P. 131

Ao intercalar os capítulos entre a narrativa em primeira pessoa de Simon e as trocas de e-mails entre Simon e Blue, a autora coloca o leitor a par de todo o desenrolar das provações que nosso personagem principal terá que cruzar dentro e fora de seu ambiente escolar. Com muitas referências à cultura pop, que ajudam a embalar um inocente romance, os capítulos que trazem os e-mails são muito bem dosados se tratando de humor e romance. As personagens secundárias também são interessantes, e importantes para o desenrolar da história e do amadurecimento de Simon. É interessante notar que Becky constrói seu livro focada em certas questões sociais, como as divergências, o preconceito e a necessidade de respeitar o próximo independente de sua opção sexual, sua cor, sua religião, etc, sem deixar o livro massante e com um discurso extremamente político.
– Não tenho o direito de ficar com raiva.
– Como assim?
– Isso é um problema seu, Simon.
– Mas você tem o direito a ter emoções.
P. 159

Para os fãs de uma leitura gostosa e bem jovem, que além da diversão lhe trará bons momentos de reflexão, “Simon VS. a Agenda Homo Sapiens” é a pedida certa. Além da qualidade literária da obra, vale a pena dizer também que a capa do livro, apesar de simples, é muito bonita e combina bastante com a vibe da história. PS: Essa semana a Intrínseca está fazendo a Semana Especial Simon, então caso você não tenha visto, ontem publicamos uma postagem especial sobre a dinâmica narrativa do livro.

Compare e Compre
Comentários
8
Compartilhe

8 comentários:

  1. Olá, Tácio.
    Parece ser uma leitura bem jovem mesmo, mas, ao menos dessa vez, isso não me desanima. Gostei da premissa da obra. Deve ser um dilema bem complicado não saber se assume ou não a sua sexualidade. Imagino que o protagonista deva sofrer um pouquinho com isso.
    Quero conferir o desenrolar da obra, sem dúvidas.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de abril. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca li sobre homossexualismo. Fiquei surpresa quando vi em uma resenha que o Simon é gay. Acho legal as pessoas escreverem sobre isso e melhor ainda é que as pessoas leiam.
    Acredito que no decorrer da histórias vamos nos afeiçoando com o Simon e torcendo muito por ele.
    Boa noite!

    ResponderExcluir
  3. Acho bastante curiosos esses livros que mostram um personagem gay, parece ser bem divertido e nos mostrar tudo que uma pessoa com essa escolha passa, já vi muitos comentários bons sobre ele, inclusive nesse blog, que mostrou que ele vive muito bem com a família, quero ler para conferir como foi ultrapassar o preconceito

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Gostei da premissa do livro... E o fato de Simon ser chantageado por um colega como troca de manter em segredo a sua sexualidade, parece ser algo bem atual... Pelo que você colocou mostra bem o que as pessoas que são homossexuais sentem antes de conseguir mostrar para o mundo sua verdadeira identidade.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha e da sinopse do livro.Tratar de um tema tão polêmico,sair ou não sair do armário com uma pitada de humor,me deixou curiosa.
    Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  6. Resenha simples, mas ótima. A capa é bem legal tambem, concordo. Simon parece ser uma pessoa muito boa e eu gosto de livros assim, ao inves daquele ''cafajeste''. Ler ou não ler? Eis a questão haha

    ResponderExcluir
  7. sempre viaa capa deste livro mas nunca li nenhuma resenha.. bem bacana parece. gosto de livros simples como este parece ser

    ResponderExcluir
  8. Oi Tácio.
    Nossa que situação difícil. Além de todo o preconceito sofrido, ainda tem que lidar com a chantagem de um grandalhão metido a machão. Nos resta saber como Simon superará todo esse dilema. Gostei de saber que o livro não é massante no quesito preconceito. Deve ser mesmo uma boa história!
    Abs!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações