8 de mai de 2016


[Resenha] Atraído - Emma Chase

Ficha Técnica

Título: Atraído
Título Original: Tangled
Autor: Emma Chase
ISBN: 978-85-7930-690-7
Páginas: 272
Ano: 2014
Tradutor: Angélica Beatriz Halcsik
Editora: Universo dos Livros
16Drew Evans venceu na vida. Charmoso e arrogante, ele fecha negócios milionários e seduz as mulheres mais lindas de Nova York apenas com seu sorriso. Seus amigos são leais e sua família o apoia. Então porque ele está trancado em seu apartamento há sete dias, terrivelmente deprimido? Ele dirá que está gripado, mas isso obviamente não é verdade. Katherine Brooks é uma mulher linda, inteligente e ambiciosa, que não deixa nada nem ninguém distraí- la de sua busca pelo sucesso. Ela foi contratada pela empresa de investimentos do pai de Drew, o que vira a vida do rapaz de cabeça para baixo: a competição com ela o estressa, sua atração por ela o distrai e suas investidas fracassadas o frustram. Logo quando Drew achava estar próximo de ter tudo aquilo que queria, seu excesso de confiança põe tudo a perder. Será que ele conseguirá enfrentar os contratempos e vencer o verdadeiro desafio de sua vida: o amor?

Resenha


Fazia um bom tempo que estava interessada em ler esse livro, pois me pareceu muito interessante quando li a sinopse, mas o tempo passou e acabou ficando para depois. Com a conquista da parceria com a Universo dos Livros não pude deixar passar essa oportunidade de conhecer a escrita da Emma Chase e me diverti bastante com ela.

Universo dos LivrosEm Atraído, primeiro livro da série Tangled, somos apresentados à Andrew Evans, um homem bem sucedido e que sabe o que quer da vida: trabalhar fechando acordos milionários para seus clientes e garantindo maravilhosos lucros para a empresa que seu pai e amigos construíram, curtir a vida e ter vários casos com mulheres diferentes por semana, afinal, para que repetir? Por que ficar com a mesma mulher por muito tempo se existem tantas por aí? Mas é claro que isso mudará quando ele finalmente conhecer a mulher que irá abalar seus conceitos: Katherine Brooks.

Drew conhece Kate em uma balada no fim de semana, mas ela logo dá um fora nele por ser noiva e por logo descobrir quem ele é quando se apresenta, sabendo que ele será seu chefe a partir da próxima semana.

Não existe nada de muito novo nessa estória né, já deu para perceber, Drew é o chefe, Kate é a nova queridinha associada do banco, cheia de novas ideias por quem ele sente uma forte atração, mas como faz parte dos seus princípios não se envolver com colegas de trabalho, ele tenta a todo custo se manter afastado dela (até aprece mesmo, kkk).

Mas, se tem uma coisa de que Drew goste mais do que mulheres, é do seu trabalho. No escritório ele é um deus, idolatrado pelo seu profissionalismo e sagacidade. Mesmo sendo filho de um dos donos da empresa, ele fez por merecer a posição que ocupa, afinal os filhos dos outros sócios, seus amigos Matthew e Steven, também trabalham na empresa, mas é notável o destaque de Drew. Porém, Kate também chega abalando essa parte de sua vida: como se já não bastasse ter que lidar com o tesão reprimido por ela, aparentemente seu pai quer lhe passar alguns clientes importantes dele.
- Você não me conhece. Não sou tensa.
- Ah, por favor. Nunca vi uma pessoa precisar transar tanto como você. Não sei o que o seu noivo está fazendo contigo. Mas o que ele estiver fazendo, não está fazendo direito.
P. 63
O clima fica muito tenso entre eles e lhes digo porque. Drew não está acostumado a dividir, a ouvir um não. Seus pais queriam uma família grande, mas após o nascimento da primogênita Alexandra não conseguiram mais outros filhos, até que, quando a esperança já tinha se esgotado, cinco anos depois nasceu o filho tão esperado o príncipe, que cresceu mimado pelos pais e pela irmã, tendo facilmente ao alcance de suas mãos todos os seus desejos realizados. E isso se reflete nele hoje.

Por sua vez, Kate é uma mulher forte e decidida, que corre atrás dos seus objetivos, que deu duro para conseguir concluir a faculdade, o MBA, conseguir o atual emprego, de fato mudar a sua vida. O noivo dela é um insuportável e ainda bem que não apareceu muito, porque não combinava nem um pouco com ela, um menino que parecia ainda viver na adolescência, sem perceber que o mundo está aí e que é preciso se jogar de cara.

Mas daí vocês podem me perguntar: E o Drew também não parece ser um menino igual ao Billy? De fato no início me pareceu sim, mas ver que Drew estava disposto a amadurecer para conseguir o que quer, foi um grande ponto a favor dele, além da sua determinação. Também não dá para deixar de falar da relação dele com a família e com os amigos, mas o que eu mais gostei foi da interação dele com a sobrinha de quatro anos, Mackenzie, adorei a forma como ele lida com ela e os esteriótipos com os quais a maioria das crianças cresce.
- Então, Mackenzie, já decidiu o que quer ser quando crescer?
- Sim, quero ser uma princesa. Quero e casar com um príncipe e viver em um castelo. (...)
- Ou você poderia trabalhar em uma imobiliária. Aí você poderia comprar um castelo e não precisaria do príncipe.
Ela me acha engraçado. Ela dá uma gargalhada.
- Tio Drew, como eu vou ter um bebê sem príncipe?
Ah.
- Você terá muito tempo para ter bebês, depois que conseguir seu mestrado em administração ou seu diploma de médica. Ah, você pode ser uma diretora-executiva e abrir uma creche no seu escritório. Aí você poderá trazer seus bebês para o serviço, todos os dias.
P. 102
Curti a forma como o personagem conversa com o leitor, como se estivéssemos cara a cara em uma conversa informal, me senti muito próxima do Drew e muitas vezes tive vontade de dar na cara dele, mas a estória não trouxe nada muito novo para mim, pareceu muito com a série Cretino Irresistível, então ainda estou aqui analisando se lerei os próximos livros da série, que são: Enroscado (Kate e Drew), Domado (com Matthew, melhor amigo de Drew, e Dee-Dee, melhor amiga de Kate) e Amarrado, que terá como protagonistas novamente Kate e Drew, mas também conta com a presença de Matt e Dee-Dee.
Nunca suponha nada. Mesmo que ache que sabe de tudo. Mesmo que tenha certeza de que está com a razão. Confirme antes. Aquele clichê ridículo de supor? Está corretíssimo. E se você não tomar cuidado, pode terminar lhe custando a melhor coisa que pode acontecer.
E também não fique muito confortável. Arrisque-se. Não fique com medo de cair.
P. 268


Compare e Compre
Comentários
8
Compartilhe

8 comentários:

  1. Oi Lay!
    Achei a história muito engraçada quando a li, e essa forma do personagem conversar com o leitor tbm foi uma ótima taca. Acho que boa parte, da parte divertida da história foi perdida com a tradução, li em inglês em português e acho que a tradução poderia ter sido bem melhor e menos vulgar em vários pontos, deixando o livro mais leve e mais engraçado mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. O que eu gosto nesses livros é que eles nos divertem; quando estou lendo fico parecendo uma boba com um sorrisinho no rosto. Esses diálogos entre os personagens, cheios de malicia e tentação é uma delicia de ler, já gostei desse livro !! Alem do mor, que vai chegando aos pouquinhos e os pegam de jeito Haha

    ResponderExcluir
  3. Essa é uma das séries mais lindas, romanticas, hots e engraçadas que ja li DOu nota mil pra ela sempre, acabei de finalizar o último livro ( Amarrado ) e me diverti demais com as aventuras do Drew ( que pra mim é um dos melhores mocinhos da literatura hot), Kate e seus fieis amigos.
    Parabens pela resenha Layane, e pelo blog. to sempre por aqui ;)


    Ana Paula
    http://paixaoporleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. ai nao sei pq nao gosto mto da leitura desses hots new adults e pela capa sei la. confesso que as vzs julgo o livro pela capa! mas este parece ser melhor que os outros...

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante da narrativa, parece ser bem divertida e por isso a leitura fluir, Drew é um mocinho que está morrendo de amores, mesmo não gostando muito de erótico, percebo que a premissa do livro é boa, em breve lerei com altas expectativas

    ResponderExcluir
  6. Olá, Lay.
    Conhecia o livro pela capa e agora estou conferindo o enredo.
    Bem, como você muito bem frisou, essa história não traz nada novo. Emma se jogou nos clichês, não é mesmo? Isso me incomoda bastante, para falar a verdade.
    Porém, ao menos o protagonista está disposto a amadurecer.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é perigoso... estava na fila do banco e soltei uma gargalhada hahahahahaha
    Gente, como ri com Drew e sua narrativa bem humorada, principalmente qdo ele ironizava a si mesmo por fazer tanta burrada... e que burradas!
    Ele foi um cretino, mas adorei cada página e torci muito por esses dois!

    ResponderExcluir
  8. Já tinha ouvido falar que esse livro era muito bom....um misto de comédia,romance e uma pitada de erotismo é uma boa combinação.
    Mais um que vai par minha listinha interminável...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações