17 de mai de 2016


[Resenha] Não Queira Saber - Lisa Jackson


Ficha Técnica

Título: Não Queira Saber
Título Original: You Don’t Want to Know
Autor: Lisa Jackson
ISBN: 978-85-286-1657-6
Páginas: 461
Ano: 2016
Tradutor: Fabiana Barúqui Martins
Editora: Bertrand Brasil
16Neste envolvente suspense, o pior temor de uma mãe é apenas o começo de um apavorante pesadelo... Todas as noites, em seus sonhos, Ava vê o filho, Noah. Porém, quando ela acorda, é novamente arrebatada pela verdade aterradora: Noah desapareceu há dois anos, e seu corpo nunca foi encontrado. Quase todos, inclusive Wyatt, o marido meio ausente, supõem que o menino tenha se afogado após cair do cais próximo a sua casa, na Ilha Church. Ao longo desse período, Ava passou a maior parte do tempo internada em hospitais psiquiátricos de Seattle, arrasada pelo luto e incapaz de recordar os detalhes do desaparecimento do filho. Contudo, à medida que suas faculdades mentais voltam ao normal, as suspeitas aumentam. Apesar da preocupação que os outros demonstram, ela não consegue se livrar da sensação de que a família e a psiquiatra sabem mais do que dizem. Será apenas preocupação com o seu bem-estar? Ou medo de que Ava descubra alguma coisa? Estará enlouquecendo? Será que Noah ainda está vivo? Ava não irá desistir enquanto não obtiver respostas; a verdade, contudo, é mais perigosa do que ela imagina — e o preço talvez seja mais alto do que espera pagar.

Resenha


Ava sofre com o desaparecimento de seu filho Noah, de apenas dois anos de idade. Quando o menino sumiu durante uma festa de fim de ano, todos se mobilizaram para encontrá-lo, porém, os dias foram se passando e a única solução que a polícia achou, foi de que provavelmente Noah se afogou no mar e seu corpo foi levado pela maré.

Desnorteada e extremamente debilitada, Ava nunca parou de acreditar que seu filho continua vivo. Sofrendo de pesadelos diários onde sempre vê Noah, Ava é julgada friamente por seus parentes e amigos, que alegam que a mesma está louca, e precisa urgentemente de intervenção médica.

Apesar de ter sido internada por alguns meses em um instituto por ordens de seu marido, Ava volta pra casa e continua tendo seus sonhos desconcertantes… Porém, desta vez, Ava começa a ter visões de Noah na propriedade e também a ouvi-lo pelos corredores. Louca ou não, Ava decide descobrir a verdade por detrás do desaparecimento de seu filho, mesmo quando todos ao seu redor fazem de tudo para impedí-la.
– O garoto desapareceu há quanto tempo? Quase dois anos? [...]
– É. – A voz de Ava era cautelosa. [...] – Mas estou bem agora, xerife – mentiu, forçando um sorriso. – Agradeço a sua preocupação e o trabalho que teve vindo até aqui.
– Sem problema. – Mas os olhos dele se fixaram nos dela, e Ava percebeu que os dois estavam mentindo. Ela odiava ser tão submissa, mas sabia que precisava agir com cuidado ou acabaria ficando em observação num hospital, tendo a estabilidade mental questionada.
De novo.
P. 26
“Não Queira Saber” é MARAVILHOSO. É o tipo de livro que lhe tira o fôlego centenas de vezes e lhe surpreende outras centenas mais. A autora, Lisa Jackson, já vendeu mais de 20 milhões de livros no mundo, e eu não faço ideia como até hoje não tinha lido nada dela. Com sua escrita rica e envolvente, Jackson narra o livro em terceira pessoa, possibilitando seu leitor de acompanhar diversos plots que se conectam ao mistério principal da obra.

Caso não tenha ficado claro, “Não Queira Saber” é um thriller, que consegue mesclar muitos segmentos juntos. Com muito suspense, mistério, policial e o próprio sub-gênero de thriller psicológico, além de contar com aquela pitadinha leve de romance, o livro é uma metamorfose a todo momento.
[...] Ava ficou com a certeza angustiante de que não podia confiar em ninguém vinculado à ilha. Pior ainda: não conseguia se livrar da sensação que Wyatt, o homem em quem mais deveria acreditar, não era a mesma pessoa com quem pensava haver se casado.
Mas, por acaso, ela era a garota por quem ele se apaixonara?
P. 69
Assim como Ava, o leitor duvidará de tudo e todos, e tem mais que fazer isso mesmo. A cada capítulo novas informações surgem, novos personagens ganham notoriedade e muitas perguntas se formam. Fica difícil saber quem está mentindo, quem está falando a verdade, se Ava é louca, se ela não é, se Noah está vivo ou se está morto… Literalmente nada está escrito em pedra até a página final. Lisa brinca com sua história, construindo e desconstruindo os fatos em uma teia de aranha maestral e muito bem elaborada.

Duas coisas que eu amei muito no livro: 1) todos os principais acontecimentos se passam em uma antiga mansão em uma ilha há quase uma hora de distância da cidade mais próxima, o que deixa tudo por si só com um aspecto macabro e desesperador. 2) Há muitas personagens, todas elas muito bem desenvolvidas e cada uma com sua função, funções que só iremos descobrir com o desenrolar das coisas, mas é maravilhoso ver que cada personagem cumpre um papel essencial no grande mistério da obra.
– Mas por que fariam isso?
– Me diga você. Quem teria mais a ganhar se você saísse de cena? Ou fosse internada?
– Ou morresse? – sugeriu Ava, levando a lógica e Tanya para outro patamar.
P. 151
“Não Queira Saber” é uma ótima pedida para qualquer tipo de leitor, é aquele tipo raro de livro que tem os requisitos para agradar à todos. Muito bem escrito, muito bem arquitetado e fugindo ao máximo do clichê, “Não Queira Saber” faz com que nem as páginas brancas atrapalhem a leitura. Atreva-se a conferir esse livro, tenho certeza que vocês vão querer saber – e se surpreenderão – com o que está em suas páginas.

Compare e Compre
Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Ilha, ler essa sinopse me deixou com um pouquinho de medo. Não sei mesmo o que esperar desse.livro, e isso é o que é mais excitante, por ser algo diferente do que eu já li. É difícil julgar se ela ficou louca ou não, nenhum personagem passa segurança. Bem, deve ser uma leitura eletrizante !!

    ResponderExcluir
  2. parece ser mto aterrorizante. e cheio de suspense mesmo. mas nao sei se vou ler. acho que vou ficar aflita se ler!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Tácio.
    Não Queira Saber foi a melhor leitura de suspense que eu fiz nesse ano. Como você muito bem mencionou, os personagens são profundos, a trama é bem desenvolvida e essa mistura dos diversos tipos de suspense, do policial ao psicológico, ganha o leitor.
    Excelente resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  4. Olá Tácio
    Não conhecia esse livro,mas gostei bastante da sinopse e da sua resenha e com certeza vou conferir.
    Vai pra minha lista interminável..
    Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  5. Olá Tácio!
    Confesso que o gênero de suspense não me atraia, mais com essa de toda trama parecer envolvente e a diversidade de personagens que são muito bem desenvolvidos e coerentes me atrai, quem sabe mais para frente eu leia o livro.

    ResponderExcluir
  6. Lisa Jackson é uma autora da qual espero muito. Li dois livros que, pra mim, foram superficiais, histórias, que só me fizeram questionar seu talento e esses milhões de livros vendidos.
    Ingredientes para um bom thriller tem: um bom mistério, um lugar macabro, um personagem que te faça duvidar, muitos outros personagens pra atrapalhar seu julgamento... enfim, espero gostar ou desisto de vez de Lisa.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações