17 de jun de 2016


[Resenha] A Rebelde do Deserto - Alwyn Hamilton

Ficha Técnica

Título: A Rebelde do Deserto
Título Original: Rebel of the Sands
Autor: Alwyn Hamilton
ISBN: 978-85-65765-99-2
Páginas: 283
Ano: 2016
Tradutor: Eric Novello
Editora: Gutenberg
32O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.

Resenha


Amani Al’Hiza é uma adolescente órfã que mora na casa de seus tios. Vivendo na pequena Vila da Poeira, uma cidade que fica no meio do deserto de Miraji, o grande sonho de Amani é poder fugir e ir para Izman, uma das cidades grandes do país. Mas como é possível seguir seus sonhos quando a sociedade em que você vive é extremamente machista e opressora?

Sob ameaças de ter que casar com seu tio, Amani vai perdendo a paciência e decide montar um plano para conseguir escapar de vez da Vila da Poeira. Se passando por um rapaz e utilizando de seu talento com tiro ao alvo, Amani tentará juntar dinheiro para finalmente fugir na calada da noite. Porém, durante essa empreitada, ela encontrará um estranho forasteiro, que talvez seja sua única e verdadeira chance de libertar-se.
[...] – Você nunca quis algo com tanta força que se tornou mais do que um simples desejo? Preciso sair dessa cidade. Preciso disso tanto quanto preciso de ar.
P. 58/59
“A Rebelde do Deserto” é o primeiro livro publicado da autora canadense Alwyn Hamilton. Com uma atmosfera que mescla fantasia e aventura, Hamilton consegue entregar um YA bem interessante, principalmente por situar sua narrativa em um local, que apesar de fictício, relembra bastante os costumes de países extremamente conservadores, principalmente quando se trata da – falta de – igualdade entre homens e mulheres.

A escrita é muito bem construída, e as personagens são ricas e desenvolvidas em boas doses durante o decorrer dos capítulos, estes que são relativamente curtos, o que acaba proporcionando uma leitura fluída e rápida. A narrativa é feita em primeira pessoa, ficando a cargo da personagem principal, Amani.
As histórias de Izman pertenciam à minha mãe. Mas o mundo era bem maior do que ela havia me contado. E me ocorreu uma ou duas vezes que eu poderia ir a qualquer lugar.
P. 126/127
O que eu gostei mais em “A Rebelde do Deserto” foi a importância em mostrar uma personagem feminina forte. Sim, ultimamente temos diversos títulos assim, principalmente voltadas para o público jovem, onde as personagens principais são mulheres e com um representatividade muito grande. Porém, neste livro, tudo, e eu digo TUDO mesmo, se torna contra a mulher. Desde seu direito de escolher com quem casar, suas opções de trabalho, seu lugar dentro da família, até sua insignificância perante situações de vida e morte.

Utilizando de um misticismo, que beira bastante o folclórico, o livro de Hamilton me lembrou outro também publicado pela Editora Seguinte. Apesar de histórias completamente distintas, “A Rebelde do Deserto” tem muitos pontos em comum com “A Rainha Vermelha”, livro de estreia da autora Victoria Aveyard. Provavelmente, a maior dessas similaridades, é exatamente a figura feminina que imprime poder, autoridade e força. É muito bom ver jovens autoras criando personagens tão fortes, que sem dúvida irão passar boas mensagens para seus leitores desde cedo.
– Pretendo continuar viva esta noite. – Fechei o tambor da arma. Parecia que naquele deserto eu sempre era vista como fraca, simplesmente por não ser homem. [...] – Como mulher, eu havia perdido qualquer autoridade que tivesse.
P. 161
Com uma capa extremamente bem desenhada, que ainda conta com um efeito metálico tanto na parte da frente como na detrás, ouso dizer que “A Rebelde do Deserto” conta com uma das capas mais lindas que já vi serem publicadas aqui no país. E assim como acontece em “A Rainha Vermelha”, na orelha do livro é possível encontrar um marca páginas, que também possui um efeito metálico, para ser recortado. A Seguinte está de parabéns pelo capricho na edição.

Tendo sido uma grande e boa surpresa, “A Rebelde do Deserto” tem tudo para conquistar os fãs de Young Adult. Mesclando o clichê com um frescor próprio, Alwyn Hamilton inicia com pé direito sua carreira como autora. A mesma já confirmou que este é o primeiro volume de uma trilogia, então resta agora esperar por mais mágicas aventuras pelo deserto.





Compare e Compre
Comentários
10
Compartilhe

10 comentários:

  1. Oi Tácio!
    Ganhei esse livro em um sorteio e estou esperando chegar. Fiquei muito feliz com sua resenha pois agora já sei o que esperar dessa leitura. Fantasia é um dos meus gêneros preferidos! Adoro quando temos mocinhas fortes e determinadas ainda mais quando elas tem o direito de escolha negado, então elas vão lá e se impõem.
    Achei esse enredo no mínimo intrigante. A capa está fantástica! É muito bom saber que a escrita é bem construída e a leitura é fluída e rápida.
    Não vejo a hora do meu chegar...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não ser o meu gênero favorito,uma boa fantasia sempre é bom. A história parece ser bem legal,compraria com toda certeza o livro pela capa ela é linda. Depois vou procurar mais sobre ele.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Tácio.
    O fato de termos uma protagonista feminina forte, dentro de uma sociedade que a oprime em todos os aspectos, é um ponto mais do que positivo para a obra. Isso, aliado à premissa interessante, me deixa bem animado para a leitura.
    Gostei bastante da sua resenha. Vou conferir a obra.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de junho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  4. Fiquei curiosa com esse livro por ser ambientado em um lugar diferente do que vemos nas histórias. Não me recordo de já ter lido algum livro que se passe no deserto, apesar de no caso desse, ser uma cidade fictícia.
    Não sei se leria o livro, apesar de ter despertado minha curiosidade, pois o enredo em sim, não me agradou muito.

    ResponderExcluir
  5. Também achei que a capa é maravilhosa!!!Fiquei até curiosa para lê-lo pois sua resenha está bem positiva,mas por ser meio leitura mística,não me prende...sei lá ...

    ResponderExcluir
  6. Assim que a editora anunciou o lançamento deste livro, eu já adicionei aos meus desejados. Primeiro por causa dessa capa, que é maravilhosa e depois me surpreendi com a sinopse. Adoro ler uma boa aventura, ainda mais envolvendo fantasia. Juntando isso ao fato de termos uma protagonista forte e decidida, certeza de que irei me maravilhar com a leitura. Adorei!

    ResponderExcluir
  7. Assim que a editora anunciou o lançamento deste livro, eu já adicionei aos meus desejados. Primeiro por causa dessa capa, que é maravilhosa e depois me surpreendi com a sinopse. Adoro ler uma boa aventura, ainda mais envolvendo fantasia. Juntando isso ao fato de termos uma protagonista forte e decidida, certeza de que irei me maravilhar com a leitura. Adorei!

    ResponderExcluir
  8. Que bom saber que a personagem feminina é forte e nada mimizenta. E gostei também de saber que é explorada uma cultura diferente da nossa, apesar de ser de um lugar fictício. Normalmente não é o tipo de livro que chamaria a minha atenção, mas coloquei na minha listinha!

    ResponderExcluir
  9. Amei! Personagens femininas fortes me agradam bastante e esse livro é bem diferente do que já li, fiquei bem curiosa!

    ResponderExcluir
  10. este livro tem sido o mais comentado ever e parece que ate vejo ele como um desenho animado da disney ja nao sei pq! hahah quero supoer ler. kk

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações