24 de jun de 2016


[Resenha] Yakuba - Thierry Dedieu

Ficha Técnica

Título: Yakuba
Título Original: Yakouba
Autor: Thierry Dedieu
ISBN: 978-85-0110-183-9
Páginas: 40
Ano: 2016
Tradutor: André Telles
Editora: Galera Junior
32Livro de temática africana, sobre um jovem que está prestes a se tornar um guerreiro. Amanhece na savana africana. E, para o jovem Yakuba, é um dia especial: ele está prestes a se tornar um guerreiro. Para provar sua coragem, precisa, no entanto, enfrentar um leão. Sob o sol escaldante, o menino-homem caminha, com medo, e finalmente encontra o inimigo. Ansioso, ele corre para lutar, mas é paralisado pelo olhar do grande felino, que está ferido. Agora Yakuba deve decidir: ou mata o animal, e ganha o respeito da tribo, ou o poupa, e se torna homem a seus próprios olhos.

Resenha


Yakuba está prestes a se tornar o mais novo guerreiro da sua tribo. Para concluir essa transição, o menino precisará cumprir uma tarefa: matar um leão. Ao se embrenhar em plena savana africana em busca de sua futura vítima, o jovem Yakuba segue seu destino, mesmo apreensivo, tendo a noção que esta é a única forma de se tornar homem. 


GER_SELO_PARCEIROS_2016_GALERA-7lahjApós um tempo, Yakuba se depara finalmente com um leão, um felino imenso, porém com um olhar profundo. O leão está ferido. O futuro guerreiro se depara com um grande dilema: matar o leão e tornar-se aquilo que sua tribo espera de sí, ou virar as costas e deixar que o pobre leão continue vivendo, e assim, tornar-se um homem através de suas próprias crenças.
Sob um sol escaldante, caminhar, atravessar os vales, contornar as colinas, sentir-se pedra obrigatoriamente, capim naturalmente, vento certamente, água muito pouco.
P. 14
“Yakuba” é uma belíssima obra escrita pelo francês Thierry Dedieu, publicada em 1994 e que chega ao país somente agora. Com uma história bastante humana e sensível, Dedieu escreve esta fábula para um público infantil, mas que é capaz de gerar reflexões também nos mais grandinhos. 

Contando com excelentes ilustrações em preto e branco, feitas também por Dedieu, o autor e artista consegue transpor muito bem sua ideia de aldeia africana, através de seus traços, que carregam um certo toque grosseiro e sombrio, conseguindo enriquecer o livro de uma forma inquestionável.


DSC_0260.JPG

Yakuba depara-se com o olhar do leão. Um olhar tão profundo que é possível ler em suas retinas.
P. 22
Vale ressaltar também que o livro possui capa dura e todas suas páginas foram impressas em papel reciclável. Além disto, o tamanho do livro não é o convencional: 33X13cm. Para completar todos esses pontos positivos, a tradução ficou a cargo de André Telles, carioca que recebeu o Prêmio Jabuti de Tradução Literária Francês-Português por seu trabalho em “O Conde de Monte Cristo” (Zahar, 2008). 

Com belas imagens e sem exagerar no desenrolar da história – que é contada em menos de 40 páginas –, “Yakuba” é o clássico exemplo de um bom conto infantil: leitura rápida, riqueza de detalhes e uma reflexão ao final. Seja para os mais pequenos, ou para os adultos, acredito que esse livro de Thierry Dedieu se classifica muito mais como uma obra de arte, do que um “mero” livro para crianças. Dito isto, acho que deve ser consumida por todos. Vocês não irão se arrepender.
Ou você me mata sem glória e passa por homem aos olhos dos seus irmãos, ou me poupa a vida e, a seus próprios olhos, sai engrandecido…
P. 25
Comentários
8
Compartilhe

8 comentários:

  1. Oi, Tácio!
    Achei bastante interessante essa obra. Adoro livros infantis ainda mais com ilustrações e fizeram um excelente trabalho com essa edição. Gosto muito de leituras que nos proporciona reflexões, sem contar que o livro tem poucas páginas, então acredito que seja uma leitura bem rápida.
    Adorei a dica

    ResponderExcluir
  2. Olá, Tácio.
    Sempre gostei desses típicos livros infantis recheados de lições para ensinar aos pequenos.
    Fiquei bastante curiosa com a obra e como o autor trabalhou esse tema de "Se tornar um homem". Espero poder conferir em breve.

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas a história dele já me pegou. Acho que vários livros infantis podem ser perfeitos para várias idades por conta da reflexão que trazem. Com certeza deve ser muito bonito e eu já quero ler.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tácio.
    Já li a obra e fiquei deslumbrado com o trabalho realizado pela editora. O papel reciclado, a capa dura, as maravilhosas ilustrações... Ademais, a premissa do livro é muito boa; dá para tirar uma série de reflexões.
    Realmente esse livro é uma obra de arte.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de junho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha ouvido falar neste livro. Mas, infelizmente, esse não é um livro que me chame a atenção. Não sou muito de ler livros do gênero.
    Dessa vez, irei deixar esse passar.

    ResponderExcluir
  6. Oi Tácio..eu não conhecia esse livro,gostei da sinopse e da sua resenha também..se visse só,pelka capa não daria o menor valor,não só lerei como vou recomendar para minha filha..Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  7. Olha, este deve ser um belo livro! Com certeza deve deixar uma lição para quem o lê, apesar de ser um livro infantil..
    As ilustrações estão lindas!

    ResponderExcluir
  8. vixi nao curti mto este livro nao. acho bacana as ilusytraçoes mas sei la nao me chamou a atençao o livro

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações