20 de jun de 2016


[Seriando um Pouquinho] Orange Is the New Black





Sinopse: Orange is the New Black baseia-se na história real de Piper Chapman, uma mulher cuja vida aparentemente perfeita é virada de cabeça para baixo, quando deve cumprir pena em um presídio feminino por crime de tráfico de drogas cometido há anos. OINTB, como é conhecida pelos aficionados em série, é comédia dramática lançada pela Netflix em 2013. Ciada por Jenji Kohan é baseada no livro de Piper Kerman, Orange Is the New Black: My Year in a Women's Prison, que aborda sua experiência na prisão.

Na série, Piper (com um outro sobrenome: Chapman) é vivida por  Taylor Schilling, A trama se desenvolve ao redor de Piper que acaba sendo presa por envolvimento no tráfico de drogas. Em sua juventude, Piper se envolveu em um relacionamento homosexual com Alex Vause (Laura Prepon), que participava de um cartel internacional de venda de drogas, aí o que fez Chapman se envolver no crime. Passado este momento da vida dela, Piper seguiu a vida e no alto dos seus trinta e poucos anos, noiva de Larry Bloom, (Jason Biggs), deixa seu passado sombrio de lado, até ele resolver voltar para assombrá-la. Condenada a cumprir 15 anos em uma prisão federal feminina, Piper vê sua vida virar de cabeça pra baixo, já que ela estava em uma vida tida por muitos como normal e confortável.

Na prisão conhecemos vários personagens, de diferentes crenças, raças etc. A principio, antes de assistir a série, achei que era meio clichêzão. Uma série para falar sobre a homossexualidade feminina, já que é uma prisão feminina e várias personagens são lésbicas. Mas ao assistir podemos perceber muito mais coisa por trás, as relações de poder em uma prisão, a intolerância religiosa, divisão de trabalhos, misoginia, violência e ate literatura estão presentes na série. Duas personagens muito interessantes cuidam da biblioteca da prisão, então temos várias referências literárias, Harry Potter, por exemplo, é citado várias vezes.
 

A Primeira Temporada da série mostra a chegada e adaptação de Piper Chapman na prisão de Litchfield. Lá ela reencontra Alex Vause e podemos entender, através de diversos flashbacks, a relação das duas. Nesta  temporada vemos como funciona a divisão das detentas na prisão em grupos, o fanatismo religioso de Pennsatucky (Taryn Manning), o relacionamento detenta-guarda de Daya (Dascha Polanco) com Bennett (Matt McGorry), Crazy Eyes (Uzo Aduba) e sua obsessão por Piper, e Red (Kate Mulgrew) como chef de cozinha, e do contrabando dentro da prisão. Quando pensamos que a vida na prisão é um sofrimento, a série vem pra mostrar que eles vivem em uma comunidade e precisam do equilibrio, os diálogos são interessantes e não tornam a série massante ou chata, já que ela é basicamente sobre a prisão e suas detentas. Como os produtores utilizam muitos flashbacks, podemos conhecer o perfil de cada uma das detentas e como a vida delas interfere no funcionamento das coisas dentro de Litchfield.

Na segunda temporada, Piper é transferida de Litchfield para uma prisão de segurança - máxima em Chicago. E depois de ter reatado o romance com Alex, novamente ela se fode, por conta desse relacionamento. (Não dá pra falar o que leva a essa situação sem contar spoiler, então vou parar por aqui). Na terceira temporada, com Alex Vause de volta a Litchfield e outras novas detentas na área, Piper está mais amadurecida e adaptada à vida dentro da prisão, começa um esquema de contrabando de calcinhas, Litchfield passa por uma crise administrativa que não afeta só a própria prisão, mas também seus funcionários. Muitos flashbacks contando novas histórias de prisioneiras estão presentes nessa temporada. Várias temáticas polêmicas são levantadas, como aborto e estupro. Destaque na temporada para Crazy Eyes (Uzo Aduba) que se torna a sensação por escrever contos eróticos.


Elenco
Taylor Schilling - Piper Chapman
Laura Prepon - Alex Vause
Kate Mulgrew - Galina 'Red' Reznikov
Natasha Lyonne - Nicky Nichols
Danielle Brooks - Tasha 'Taystee' Jefferson
Samira Wiley - Poussey Washington
Dascha Polanco - Dayanara 'Daya' Diaz
Taryn Manning - Tiffany 'Pennsatucky' Doggett
Yael Stone - Lorna Morello
Michael Harney - Sam Healy
Elizabeth Rodriguez - Aleida Diaz
Laverne Cox - Sophia Burset
Selenis Leyva - Gloria Mendoza
Kimiko Glenn - Brook Soso
Uzo Aduba - Suzanne 'Crazy Eyes' Warren
Adrienne C. Moore - Cindy "Black Cindy" Hayes
Lea DeLaria - Carrie 'Big Boo' Black
Michelle Hurst - Claudette "Miss Claudette" Pelage
Pablo Schreiber - George "Pornstache" Mendez
Matt McGorry - John Bennet
Nick Sandow - Joe Caputo
Lorraine Toussaint - Yvonne "Vee" Parker
Lori Tan Chinn - Chang
Matt Peters - Joel Luschek


A quarta temporada acabou de ser disponibilizada na Netflix, os 13 episódios foram liberados no dia 17 de junho de 2016. No dia 5 de fevereiro de 2016, a Netflix renovou por mais 3 temporadas (quinta, sexta e sétima) ainda sem datas de lançamento.
Comentários
10
Compartilhe

10 comentários:

  1. Desde o lançamento fiquei curiosa com essa série, e um dos motivos pelos quais assinei a Netflix foi pra ver essa e outras séries, mas ainda não parei pra ver essa.
    Na verdade, semana passada comecei a vê-la, assisti ao episódio piloto, mas ainda não achei tempo pra voltar pra ela.
    Sabendo que as próximas temporadas reservam boas surpresas, espero arrumar tempo logo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Miau!
    Confesso que essa série nunca me chamou atenção. Gosto muito de animes e heróis rsrs. Mas é a primeira vez que leio sobre a mesma e gostei muito do que li aqui. Achava que por ser um presidiário feminino a trama seria chata, mas vejo que me enganei. Acho legal utilizarem de flashbacks pra mostrar um pouco mais sobre o perfil de cada detenta. Gostei de saber que várias temáticas polêmicas são levantadas na trama.
    Vou assistir ao primeiro episódio e ver se me animo.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá Miau!!!
    Desde o lançamento dessa série eu nunca vi nenhuma temporada, a sinopse não me prendeu...

    ResponderExcluir
  4. Olá, Miau.
    Tenho interesse na série, então fico feliz em saber que ela vai além de esteriótipos. Quero conferir um pouco melhor essas relações de poder dentro da cadeia e os demais assuntos abordados.
    Ótima dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de junho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  5. Tenho muita vontade de começar a assistir essa série. Meus amigos que assistiram falam muito bem sobre ela. Esse ano comecei com tudo com séries. O meu único problema é que se eu começo uma, maratono ela até acabar e como essa é uma série um pouquinho longa tenho que começar em um período que consiga assistir bastante de uma vez. Mas já está na minha lista de séries a assistir! :)

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de começar a assistir essa série. Meus amigos que assistiram falam muito bem sobre ela. Esse ano comecei com tudo com séries. O meu único problema é que se eu começo uma, maratono ela até acabar e como essa é uma série um pouquinho longa tenho que começar em um período que consiga assistir bastante de uma vez. Mas já está na minha lista de séries a assistir! :)

    ResponderExcluir
  7. Todo mundo fala tão bem dessa série que eu fiquei com vontade de assistir, mas ainda não parei para fazer isso por falta de tempo. Tenho medo de me viciar e querer ver tudo de uma só vez, ainda mais sabendo que há referencias literárias kkkkkkk Mas parece ser ótima!

    ResponderExcluir
  8. Ainda não vi essa série, mas parece ser bem bacana.. Também nunca tinha lido nada a respeito, não sabia que se tratava de tantos temas assim.. Pensei que era só mais uma série de comédia.

    ResponderExcluir
  9. estes dias mesmo estava pensando em ver esta serie. super me recomendaram e minha irma ja assiste. quero ver se aggr nas ferias eu assist tbem

    ResponderExcluir
  10. Assisti a série por conta da curiosidade em saber como era,assisti e gostei bastante. Ainda não estou atualizada mas quero me atualizar. Beijocas!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações