26 de jul de 2016


[Resenha] Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello - Chris Grabenstein

Ficha Técnica

Título: Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello
Título Original: Escape From Mr. Lemoncello’s Library
Autor: Chris Grabenstein
ISBN: 978-85-286-2047-4
Páginas: 301
Ano: 2016
Tradutor: Ananda Alves
Editora: Bertrand Brasil
42Nesta eletrizante aventura rodeada de livros, Kyle é um dos doze convidados para passar uma noite na biblioteca do famoso e excêntrico Luigi Lemoncello. Quando amanhece, no entanto, todas as portas estão trancadas! Agora Kyle e as outras crianças terão que solucionar cada pista e decifrar as charadas para encontrar a saída! Será que você consegue descobrir como escapar da biblioteca?

Resenha


Kyle não é o maior entusiasta se tratando de literatura, seus hobbies mesmo são jogos de tabuleiro e videogame. Porém, esse cenário muda quando o grande criador de jogos, o peculiar Luigi Lemoncello, decide abrir uma biblioteca interativa na cidade natal de Kyle.

GER_SELO_PARCEIROS_2016_GERNa inauguração da super comentada e esperada biblioteca, 12 alunos da escola local com 12 anos de idade, terão a chance de passar a noite dentro das instalações do novo estabelecimento, com direito a muitos jogos, comidas e obviamente, livros. Mas, nem tudo é o que parece, e ao amanhecer, os doze escolhidos, entre eles Kyle, descobrem que as portas estão trancadas e que eles irão participar de um grande jogo, onde precisão descobrir através de pistas e enigmas como escapar da biblioteca.
Será como em Jogos Vorazes, mas com muita comida e sem arco e flecha.
P. 82
“Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello” é uma obra elaborada pela mente super criativa de Chris Grabenstein, autor premiado por seus livros infanto-juvenis que normalmente abordam aventura e mistério. Aqui, neste exemplar, Grabenstein faz uma homenagem ao mundo literário, desde os autores, passando pelos bibliotecários até o consumidor final de um livro, o leitor, tudo isso de uma maneira bastante lúdica e divertida.

O livro é narrado em terceira pessoa e os capítulos são bem curtinhos, o que faz com que a leitura flua de uma forma contínua. Apesar das 300 páginas, não será muito difícil consumir todas elas em poucas horas. Tendo Kyle como nosso personagem principal, no decorrer da obra seremos apresentados as outras crianças do jogo, algumas delas sendo mais desenvolvidas do que outras, ressaltando também que o próprio sr. Lemoncello é bastante importante para a narrativa.
– Esse Desafio Extremo é baseado no jogo de cartas clássico chamado Jogo dos Autores – informou o sr. Lemoncello. – Aqui estão os autores do seu baralho.
Como mágica, novas estátuas holográficas apareceram enquanto o sr. Lemoncello listava o nome dos autores.
– Charles Dickens, Raymond Chandler, Edgar Allan Poe, Agatha Christie, Patricia Highsmith, Mario Puzo, Frederick Forsyth, John Le Carré, Dashiell Hammett e Fiódor Dostoiévski.
P. 129 
O que mais me agradou na história foi a forma de Chris criar um universo próprio e extremamente rico, brincando com o fictício e o real. Com referências à Aldous Huxley, Sidney Sheldon, Agatha Christie, John Green, Hergé, entre outros, o autor mergulha seus jovens leitores de uma forma bem suave em diversas camadas da literatura mundial, sendo sem dúvidas, um grande destaque da obra. 

“Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello” me lembrou bastante “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, livro de Roald Dahl, e que já foi adaptado para os cinemas mais de uma vez. O próprio Grabenstein cita o livro, e compara o sr. Lemoncello ao memorável Willy Wonka, fato que ficou bastante óbvio para mim, muito antes mesmo dessa passagem em especial. Com isso, acredito que a intenção de Chris Grabenstein foi exatamente esta; homenagear um grande clássico infantil, colocando suas próprias referências na história.
– Estão prontos para jogar? – perguntou o sr. Lemoncello.
Kyle olhou para os seus colegas de time, que assentiram.
– Sim, senhor.
P. 151 
De uma forma geral, eu gostei bastante da leitura de “Fuga da Biblioteca”. O livro é criativo, divertido e ainda por cima informativo, principalmente para o seu público alvo. Após concluir a obra, descobri que Chris Grabenstein escreveu e publicou uma continuação, apesar de eu não ver a necessidade disto, já estou animado para lê-la.

Compare e Compre
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Ooi! Que capa mais fofa,que proposta mais interessante de livros apesar de ainda não tê-lo visto em livrarias vou dar uma chance e uma olhada.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Tácio.
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha da obra, mas fiquei interessado.
    A premissa é bem interessante e o livro, apesar das referências e homenagens, parece ser bem original, o que me atrai. Ademais, o protagonista parece ser excelente.
    Darei uma chance para a obra.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Tenho que admitir que minha atração em ler esse gênero não faz muito o meu perfil.

    Beijos,Lu
    Blog: Apaixonada por Romances “A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa apagar o caso escrito.”

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia o livro porém pela resenha me pareceu ser um livro bom e divertido, gostei da premissa do livro e de vez em quando é bom ler uns livros mais leves e divertidos.

    ResponderExcluir
  5. Olá Tácio..
    Gostei da sinopse e da sua resenha,me pareceu uma leitura leve e divertida ,tipo uma noite no museu.
    Valeu pela dica.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações