22 de jul de 2016


[Resenha] Onde está Elizabeth? - Emma Healey

Ficha Técnica

Título: Onde está Elizabeth?
Título Original: Elizabeth is Missing
Autor: Emma Healey
ISBN: 978-85-01-07320-4
Páginas: 306
Ano: 2016
Tradutor: Bruna Beber
Editora: Record
42Maud tem 80 anos e está ficando cada vez mais esquecida. Sua própria filha e sua casa lhe parecem irreconhecíveis, e ela escreve bilhetes para si mesma na tentativa de lembrar do cotidiano. Um dia, um dos bilhetes informa que sua amiga Elizabeth está desaparecida. Embora todos lhe assegurem que ela está bem, Maud embarca numa missão para encontrá-la. A iniciativa, no entanto, acaba se confundindo com a história de Sukey, sua irmã mais velha, desaparecida desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

Resenha


Intrigante e angustiante. Maud é uma idosa que esquece das coisas mais básicas, como os itens que comprou recentemente no mercado. A memória dela está tão debilitada, que a protagonista escreve bilhetes para si mesma para que possa recordar das coisas. Esses bilhetes seriam fatos que ajudariam ou confundiriam Maud. Imaginem passar um dia esquecendo das coisas mais básicas até o suposto desaparecimento de alguém.


GER_SELO_PARCEIROS_2016_GERA protagonista está convencida de que a sua melhor amiga Elizabeth está desaparecida. Já tem um bom tempo, pelo menos é o que Maud diz, que não conversa com Elizabeth, seja em sua casa ou por telefone. E através dos bilhetes que escreve, Maud tem a certeza de que sua amiga desapareceu.

E no meio disso tudo está a família de Maud, filha Helen e neta Katy - que não sabem lidar com a falta de memória da protagonista -, a sua cuidadora - que também deixa bilhetes para Maud - e o filho de Elizabeth. Todos sempre muito calmos em relação ao possível desaparecimento de Elizabeth. Principalmente o filho que, aparentemente, não fazia companhia  a mãe, era disperso e incapaz de demonstrar carinho, como as memórias de Maud nos revelam.

Emma Healey, intercala os acontecimentos do presente e os acontecimentos do passado de Maud. Memórias que se passam no período da segunda guerra, onde supostamente teria acontecido outro desaparecimento que afetaria a vida de Maud. Sua irmã Sukey desapareceu sem deixar pistas do seu paradeiro, assim como Elizabeth, mas no passado a protagonista não era "refém" de uma memória falha. 

Narrado por Maud, Onde está Elizabeth? é um livro que intriga e sensibiliza o leitor? Isso ocorre porque somos guiados pela protagonista, começamos a achar que de fato existe algo errado e que as outras não estão dando o devido valor a situação. Acaba se tornando angustiante também. Será que de fato Elizabeth desapareceu? O que aconteceu com sua irmã? Interessante do livro é que não ficamos presos em apenas descobrir esses mistérios, também passamos a refletir sobre como perder a memória pode afetar tanto a vida de uma pessoa. Maud como narradora foi uma experiência, em alguns momentos, dolorosa. A protagonista sofre muito por não conseguir se recordar das coisas mais simples. Os momentos de confusão da sua mente causam uma profunda tristeza. Primeiro romance de Emma Healey, mescla mistério e questões relacionadas à demência e que o torna um livro muito bom no que se propôs a fazer.
Não ergo o olhar. Que coisa inútil, saber onde colocar os talheres. Porém, sinto como se tivesse me saído mal em um teste importante. Um pedacinho de mim se foi.
- Está muito bonito - elogia Helen, sua voz animada.
Ela anda em volta da mesa e eu a observo pelo canto dos olhos. Vejo quando ela olha para mim. Vejo que ela hesita, mas em seguida muda os lugares dos garfos e das facas. Não diz nada, Não aponta meu erro.
- Não quero botar a mesa de novo - digo.
P. 71
Compare e Compre
Comentários
3
Compartilhe

3 comentários:

  1. Olá Auri..
    Amei!!!É uma história incrível, com uma personagem incrível e que passa uma mensagem linda sobre a velhice. Eu gostei de mais da obra, não esperava muito e me surpreendi positivamente.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Auri.
    Ser guiado na trama por alguém com problemas de memória deixa tudo mais interessante, já que dá margem para pensarmos e também para um aprofundamento psicológico maior.
    Ademais, livros com mistério sempre me prendem.
    Ótima dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  3. adoro thriller psicológico. a capa lembra os livros da Elizabeth Haynes. com certeza já esta anotado no meu caderninho de futuras leituras

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações