8 de ago de 2016


[Resenha] DangeRock - M.S. Fayes

Ficha Técnica

Título: DangeRock 
Autor: M.S. Fayes
ISBN: 978-85-8442-121-3
Páginas: 288
Ano: 2016
Editora: Pandorga
48Eve McGannon lidera a banda DangeRock desde adolescente. Sua voz atrai multidões como um ímã, da mesma forma que sua timidez a impede de confessar seu amor eterno por Brandon Conwell, o guitarrista e amigo de infância que sempre esteve ao seu lado, mas sem nunca percebê-la como mulher. Quando a banda recebe uma proposta irrecusável, o grupo unido se vê imerso em um turbilhão de sucesso absoluto e suas complicações. Isso inclui um astro musical que desperta um poderoso sentimento de ciúmes em Brandon, ao mesmo tempo em que tenta fazer Eve abandonar suas desilusões e ir em busca de novos sonhos. Eles aprenderão que o coração comanda todos os atos dentro e fora do palco. Basta apenas que sigam os sentimentos através das melodias que eles mesmos entoam.

Resenha


Olha eu aqui de novo me esbaldando nos livros da Martinha. Sério gente, vocês sabem que eu não sou muito fã de ler e-Books, pois não me adaptei muito bem à essa plataforma, prefiro bem mais meus livros físicos mas as estórias que a Martinha cria são tão cativantes que a gente nem percebe que o tempo passa rapidamente. Devorei DangeRock em uma tarde de domingo e o início da noite, pensem aí?!

Desde a High School Eve McGannon e seus amigos Phil Jansen, Malcom Rubber e Brandon Conwell são os integrantes da banda High Rockers. Com o passar dos anos, o colégio acabou e os amigos colocaram os pés na estrada atrás dos seus sonhos, com Evie nos vocais, Phil no baixo, Malcom na bateria e Brandon na guitarra a banda mudou o nome para DangeRock e desde então passaram de apenas uma banda que cantava covers a apresentarem suas próprias músicas. Agora, cinco anos anos depois de estarem na estrada, talvez uma grande chance chegue para eles, abrir os shows da banda FunBock e ainda por cima cantar um dueto com o vocalista da banda, o grande roqueiro e ícone da música do momento, Mitchell Clay.
Eu sorri envaidecida. Isso era a glória de um roqueiro. Ser reconhecido por outro de porte  muito maior que o seu. E Mitchell Clay  estava na escala  top dos tops. Aos 34 anos de idade, já tinha arrebanhado mais prêmios que muitos cantores , em apenas 13 anos de carreira.
P. 17
A relação de Evie com os meninos é ótima, adoro eles juntos e eles tratam ela como uma irmã. O único problema é que Evie sempre foi apaixonada por Brandon, seu amigo mais antigo e vizinho. Desde muito novo Brandon é um mulherengo incorrigível e Evie sempre acompanhou tudo muito de perto e sempre teve de ser forte e encarrar que ele nunca a veria como algo mais além de amiga. Como também lhe faltava coragem de abrir o coração para ele, a relação permaneceu do mesmo jeito. Até a chegada de Micth. Até ela decidir que chega de deixar sua vida em stand-by esperando por algo que não vai acontecer. Brandon lhe notar como mulher.
- O que você quer dizer com isso, Evie? – ele perguntou com uma falsa calma.
- Isso que você entendeu. Se vocês podem se esbaldar com as vadias de vocês, então eu quero me esbaldar  com os caras que eu quiser! – falei irritada.
- Nunca! – ele disse.
- De jeito nenhum! – Phil concordou.
- Absolutamente não! – Malcom soltou.
Eu olhei para cada um dos três. Afastei os braços de Brandon com um safanão e me levantei.
- Vocês não podem comandar esse aspecto da minha vida, garotos. Podem dar opinião quanto ao meu canto, performance e o escambau, mas minha vida sexual, não – falei decidida. Vida sexual ou a ausência dela. Porém esse pensamento eu omiti.
P. 23
Basicamente o livro é narrado por Evie, mas tem pequenos trechos no ponto de vista de Mitch e de Brandon, que ajudam a entender melhor as motivações deles para suas ações. Mas achei pouco, queria mais, afinal, vocês sabem como gosto de ter a visão de todos os ângulos da estória.
Claro, eu sabia que a maior parte da culpa era realmente minha. Eu forcei a situação e beijei Eve. Mas também, se eu não tivesse feito aquilo , ela nunca teria me confessado que era… apaixonada por mim desde sempre…
(…)
Agora Evie havia mudado suas atitudes por minha causa! Porque ela além de se cansar de apenas ser uma espectadora do meu espetáculo ridículo, resolvera mover as fichas e partir para outra. E porque eu empurrei! Eu machuquei mais uma vez o seu coração já ferido. Merda!
P. 108 - 109
Como eu já falei, além dos protagonistas, os demais personagens também são incríveis, mesmo torcendo para que Evie e Brandon fiquem juntos, também queremos saber mais sobre os outros personagens, o Phil é muito divertido, Malcom é um fofo e o Tommy (primo da Evie) mesmo aparecendo tão pouco também mostra seu charme. Tá, tudo bem, também quero muito saber mais sobre o Mitch (quando vocês lerem entenderão).

A Martinha falou que a intenção é que o livro seja único, mas que nada impede que surjam livros com os outros personagens (será?!).
- Ela tem uma pureza de coração tão tocante que quem chega perto dela é absorvido por aquilo – ele falou e deu uma palmadinha no meu ombro. – E eu vou lutar por ela, garoto. Se você não conseguiu valorizar o que estava bem na sua frente o tempo todo, azar o seu.
P. 110
Compare e Compre
Comentários
8
Compartilhe

8 comentários:

  1. Não conhecia a autora. A capa linda, adorei a premissa. Espero poder ler este livro em breve! Ainda mais pela pegada musical

    ResponderExcluir
  2. Oi Layane, essa é primeira resenha que leio desse livro que já tá na minha lista de livros que quero ler e acho que vou amar a história. Ainda não conhecia a autora e fiquei muito feliz em saber que é nacional. A capa tá linda e como assim não é série?! rsr, vi que era banda e já tava imaginando que cada um ia ter sua história e espero que a autora resolva dar continuidade ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Laaaaay!!! Obrigada pelo carinho com a resenha, sua linda...
    Eu amei... E estou matutando na alma... quem sabe sabe o resto, né? Vamos ver... nunca se sabe se desse mato pode sair mais um coelho, ou dois... ou três... sei lá... hahahha...

    Amei a resenha, de verdade. Obrigada pelo carinho sempre e pela empolgação com os personagens, mesmo que vc tenha sentido um desejo intenso de me bater... hehehe

    Bjuuu

    M.S. Fayes

    ResponderExcluir
  4. Apesar desse não ser o tipo de livro que leio normalmente, eu adorei o enredo e estou bem curiosa pra saber o que acontece com a Evie, com quem ela fica no fim das contas. Pode até ser com o Mitch, mas eu acho mais provável que fique com o Brandon mesmo. Mas preciso ler pra descobrir.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  5. Depois de conhecer vários autores novos, me rendi ao E-book. E depois que acostumei, nem tenho mais preferência entre livro físico ou digital.
    Não conhecia a autora e fiquei bem curiosa com o enredo do livro. Confesso que não é o tipo de livro que costumo ler, mas o fato de ter esse lado musical a banda de rock e tals, me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Não conhecia a autora, e não costumo ler esse tipo de livro. Não me interessei muito pela sinopse, acho que é porque não é meu tipo de leitura mesmo!!!

    Um Beijo
    Colecionadores de Livros
    Facebook

    ResponderExcluir
  7. Oi Lay!
    Ainda não conhecia esse livro e nem a autora,não gosto muito de E-book e não me interessei pela sinopse, acho que é porque não gosto de rock...mas valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  8. Oi Lay...
    Ainda não conhecia a autora nem havia ouvido falar desse livro... Também sou mais adepta aos livros físicos, mas um e-book de vez em quando também vai bem... rsrs... Esse livro parece ser uma graça e fiquei bastante curiosa para saber como se realmente Evie e Brandon ficarão juntos e para conhecer um pouquinho mais dos demais personagens...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações