24 de out de 2016


[Resenha] Belo Sacrifício - Jamie McGuire

Ficha Técnica

Título: Bela Redenção
Título Original: Beautiful Sacrifice
Autor: Jamie McGuire
ISBN: 978-85-7686-503-2
Páginas: 293
Ano: 2016
Tradutor: Cláudia Mello Belhassof
Editora: Verus
68Falyn Fairchild abandonou seu carro, seus estudos e até seus pais. Filha do próximo governador do Colorado, ela está de volta à sua cidade natal, falida e trabalhando como garçonete em um café. Ao fim de cada turno, ela guarda o que recebeu, esperando um dia ter o suficiente para comprar uma passagem para o único lugar onde pode encontrar redenção: Eakins, Illinois. No instante em que Taylor Maddox entra no café, Falyn sabe que ele trará problemas. Taylor é charmoso, não cumpre promessas e é lindo mesmo coberto de fuligem, fazendo dele tudo o que Falyn acredita que um bombeiro de sucesso deve ser. Mas ela não está interessada em se tornar mais uma em sua lista — e, para um dos Maddox, uma garota desinteressada é o desafio mais atraente de todos.

Resenha


Essa resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série
Então aqui estamos com o terceiro livro da série "Irmãos Maddox". Para quem já acompanha a autora sabe que, após o sucesso de Travis Maddox em Belo Desastre ela trouxe os livros Desastre Iminente e Belo Casamento e logo depois trouxe a série com os irmãos mais velhos de Travis. Bela Distração apresentou o querido Trenton e a Cami e Bela Redenção o maravilhoso Thomas Maddox e a Liis. Agora chegou a vez de um dos gêmeos: Taylor.

Taylor Maddox é integrante da Equipe Alpina de Bombeiros da Guarda Florestal dos Estados Unidos, considerada uma equipe de elite, com base em Estes Park, mas que sempre está se deslocando para onde são necessários. Com os constantes incêndios em Colorado Springs, é lá que ele e sua equipe estão alocados no momento. A cidade já está acostumada com esses homens que vêm e vão quando são necessários, homens que estão apenas temporariamente na cidade. Para Falyn, que sempre viveu na pequena cidade, isso é muito comum, e as mulheres devem se proteger desses homens, que deixam as mulheres sozinhas e grávidas sempre que vão embora da cidade.

Há cinco anos Falyn Fairchild deixou a faculdade comunitária de Dartmouth, a suntuosa casa dos pais e a vida de luxo e regras que tinha para viver e trabalhar no Bucksaw Café. Com o apoio de Phaedra e Chuck - os proprietários do café - ela trabalha como garçonete e pode viver no loft acima do estabelecimento pagando um preço irrisório. Logo na primeira cena dos pais dela, dá para entender perfeitamente porque ela deixou tudo para trás, eles pensam apenas nas aparências. William e Blaire são médicos e queriam que a única filha seguisse o mesmo caminho. Além disso ele é ex-prefeito da cidade e em breve será candidato ao governo do estado, o que pede uma família exemplar, no mínimo.

Ainda que possamos perceber a hostilidade na relação entre eles, os segredos são muito mais sombrios e a única coisa que sabemos é que, desde que passou a trabalhar, o objetivo de Falyn é juntar dinheiro para ir à Eakins, Illinois. O que ela não poderia imaginar era Thomas, era da mesma cidade para onde ela quer ir.

Desde que reparou em Falyn no Bucksaw Café Thomas ficou muito interessado nela, e quanto mais ela dizia não, mas se tornava um desafio tentador para ele.
- Não acho que aquele garoto, Taylor, está procurando alguma coisa fácil. Pelo contrário. Acho que ele sabe que já encontrou.
- O que isso quer dizer? - perguntei.
- Significa que é melhor se acostumar. Caras como ele não desistem facilmente quando encontram uma garota como você.
P. 44
Taylor é muito teimoso e graças a alguns momentos de sorte de estar no lugar certo na hora certa, ele foi conseguindo se aproximar cada vez mais de Falyn, e quanto mais ele se aproximava e ela o conhecia, mais difícil ficava resistir a ele.
Sua proteção não me tornava fraca. Só me lembrava de que eu era valorizada. Eu não era a garota inútil que vivia no reflexo dos olhos dos meus pais. Taylor era um herói, mas isso não significava que me via como vítima. Alguém que fazia você se sentir segura e forte ao mesmo tempo só podia ser uma coisa boa. Isso não era algo que uma garota como eu podia ignorar.
P. 173 
Gostei do livro como um todo, mas descobrir o segredo de Falyn partiu meu coração e só não foi maior do que um aperto que surgiu no final do livro, quando Jamie quase me destroçou completamente, sério mesmo, sei que tão cedo não preciso ir no cardiologista, depois de terminar esse livro, sei que estou bem.

Não posso deixar de falar também dos personagens que compõem esse lindo livro. Phaedra e Chuck são de uma emoção a parte, esses sim na minha humilde opinião são os verdadeiros pais de Falyn, são pessoas que se preocupam com ela como um todo. E também ainda tem os amigos Kirby, Gunnar e Pete, sempre presentes quando são necessários, ou não.

Mantendo seu padrão, Jamie continua trazendo apenas a narrativa feminina (fato que eu já disse que não curto, mas, não dá para se ter tudo na vida, não é mesmo?!) então aqui o livro é todo na perspectiva da Falyn, mas também temos o fato dos livros estarem se interligando. Adoro quando isso acontece, ver uma cena que já conheço sob outra visão, de alguém de fora.
- Vocês todos têm um pacto para ficarem em segurança, mas seu irmão caçula lutou numa luta clandestina, e você e seu irmão gêmeo combatem incêndios florestais. Thomas é o quê? Espião?
- Não, é executivo de propaganda na Califórnia. Ele tem uma personalidade tipo A, faz sempre o que deve fazer.
- Pelo menos um de vocês é.
P. 166
Curiosa demais pelo livro do Tyler, afinal é o último irmão que falta e sinceramente não sei como Jim vai reagir quando souber, se ele que ele saberá, a real profissão dos filhos, isso realmente está me preocupando, viu?! Mas só a Jamie para aplacar essa curiosidade.

Compare e Compre
Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Meninaaa esse livro é do babado! O segredo da Falyn me deixou bastante surpresa e fiquei bem nervosa pq li um spoiler de Beautiful Funeral que irá me destruir. Eu já estou com Bela Chama aqui mas ainda vai ficar faltando o Taylor o outro gêmeo. Vou pirar ainda com esses irmãos <3
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já pirei com esses irmãos, kkkkk, mas o meu preferido ainda é o Thomas <3

      Excluir
  2. Eu nunca li nenhum livro dessa serie, mas já vi em um blog a ordem de publicação e são tantos livros que deixa a gente meio confusa ne kkkk
    Mas enfim, pelo que eu percebo a serie é deliciosa de ler, cheio de casais maravilhosos. Adoro quando a serie é assim, pois conhecemos vários membros de uma familia, por exemplo, assim fica bem mais completo não é?!
    Pretendo ler, com certeza 😉
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, casais maravilhosos, estórias lindas, eu adoro <3 Leia sim ;)

      Excluir
  3. Lay!
    Os irmãos Madoxx conquistam nossos corações a cafa novo livro.
    Em cada um conhecemos um diferente e tão bom ou melhor que o outro.
    Quero ver se consegigo terminar a série.
    “Das coisas que a sabedoria proporciona para tornar a vida inteiramente feliz, a maior de todas é uma amizade”.(Epicuro)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações