6 de nov de 2016


[Resenha] Muito Amor, Por Favor - Arthur Aguiar, Frederico Elboni, Ique Carvalho e Matheus Rocha

Ficha Técnica

Título: Muito amor, por favor
Autor: Arthur Aguiar, Frederico Elboni, Ique Carvalho e Matheus Rocha
ISBN: 978-85-431-0406-5
Páginas: 239
Ano: 2016
Editora: Sextante
32Este livro reúne textos que mostram o amor do ponto de vista de quatro jovens que escrevem sobre relacionamentos legítimos e atuais, que souberam se reinventar. Sem medo de expressar seus sentimentos, deixam para trás estereótipos já obsoletos – como o controlador machista ou o piegas choroso – e falam sobre viver a dois e sobre a natureza das relações em todos os seus aspectos. Assim, cada autor reflete sobre o amor representado por um elemento: Arthur Aguiar escreve que “O amor é água”, dizendo que ele é fluido, mas por vezes gelado; ora tempestade, ora profundo. Fred Elboni explica que “O amor é ar”, mostrando a leveza de se amar sem sofrer, da brisa que envolve os apaixonados, mas que por vezes torna-se furacão. Ique Carvalho se debruça sobre quando “O amor é fogo”, que arde, aquece a alma, mas que também pode incendiar até doer. E Matheus Rocha conta que “O amor é terra”, estável, tranquilo, mas que não escapa dos terremotos da vida, que tiram tudo do lugar para que a rotina não o extermine. Um livro apaixonante, para quem ama e para quem quer amar um dia... e sempre.

Resenha


Os quatro elementos para falar de Amor. Essa é a proposta de Muito amor, por favor, livro publicado pela Sextante e que conta com quatro autores, cada um representando um elemento da natureza. Os textos falam sobre relacionamentos, seja ele entre um casal, amigos ou familiares, amar sem medo, se permitir ao amor, desilusões e a felicidade de se estar amando.

Blog parceiro SextanteComeçamos com Ique Carvalho trazendo o seu amor FOGO. Quem já teve algum contato com os textos de Ique sabe que seus textos são carregados de emoção. O leitor sente como o autor é intenso em relação ao amor e não foi diferente nos textos para esse livro. Senti falta um pouco do jogo com o elemento da natureza que lhe foi destinado e em alguns momentos lembrei do livro solo de Ique.
Acho que amar é como pegar uma estrada sem saber o que se vai ver ou encontrar.
P. 19
O segundo elemento é a TERRA e o autor responsável pelos textos foi Matheus Rocha. Tive contato com os textos de Matheus através do Instagram de seu blog e li o seu livro, também publicado pela Sextante, esse ano e fiquei encantada com a escrita dele. Esse foi um dos elementos preferidos e Matheus escreveu tudo com uma leveza e simplicidade, além de brincar com palavras que fazem referência ao elemento Terra.
Fico porque entendi que amar é renunciar. Amar é deixar de lado o orgulho, a razão.
P. 84  
Arthur Aguiar e o amor ÁGUA. Diferente dos dois autores que o precederam, Arthur tem alguns textos mais longos. Não tinha conhecimento do lado escritor, só de seus trabalhos como ator. Arthur decidiu por falar o mais próximo possível com quem está lendo e ao final de alguns dos seus textos, senti que ele queria que os seus leitores tirassem uma lição daquilo. Os outros autores também queriam nos mostrar exemplos e lições, mas tudo muito sutil, Arthur escolheu outro caminho e era como se tivesse falando diretamente com o leitor.
Na minha humilde opinião, todo amor se transforma. Basta você ver a vida leve. Deixe seu coração leve que todo esse amor se transforma, dentre outras coisas, em carinho, respeito e admiração.
P. 151 
E o último elemento foi o AR. Frederico Elboni  me encantou com seus textos, a sua escrita flui e prende, escreve com muita segurança e nos transporta para aquilo que ele deseja passar com suas palavras. Nunca tinha lido nada dele e foi uma surpresa muito boa! Inclusive, o meu texto preferido do livro é um de sua autoria. Ele também faz o jogo de palavras que remetem ao seu elemento e eu adorei "O amor é Ar".
Sou brisa e furacão, intensidade e mansidão, nada e tudo, ao mesmo tempo.
P. 207
Compare e Compre
Comentários
10
Compartilhe

10 comentários:

  1. Esse livro parece ser uma coisa super fofa. Desde que coloquei os olhos nele tenho namorado de longe, e quando soube que eram contos temáticos com elementos da natureza fiquei ainda mais apaixonada. Adorei ler a sua resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu achei uma sacada incrível fazer uma metáfora com os elementos, ficou tão inteligente.
    Acho que ia adorar ler esses textos, não são muitos habituais de minha leitura, mas gosto bastante das resenhas desse livro, são mais criticas positivas do que negativas, então chama a nossa atenção ne ?
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Auri!
    Achei a ideia de relacionar o amor com os quatro elementos bem inusitada e sui generis.
    Pelo visto é um livro muito interessante que aborda um determinado aspecto por cada escritor.
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Achei bem interessante a proposta do livro de ter textos sobre o amor que se relacionam com os quatro elementos. Não conheço nenhum desses autores (assim como você só o arthur mas como ator). Acho que todos os textos ficariam mais legais se tivessem alguma relação com o seu elemento. Achei a capa linda mas de novo acho que ficaria melhor se tivesse os quatros elementos representados.

    ResponderExcluir
  5. Oi Auri
    Eu não conhecia esse livro e achei a proposta super interessante.
    Acho que nunca li nada do tipo...tb n conheço nenhum dos autores, exceto o Arthur, mas como ator e não escritor.

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, estou de olho nesse livro já faz um tempinho. Sempre vejo as resenhas e fico sonhando em como ele ficaria lindo aqui, na minha estante rsrs
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Bem interessante o tema do livro. Amor e os elementos interligados, adorei!
    Primeira resenha que leio e fiquei bem curiosa.
    Não conheço a escrita de nenhum autor, mas espero conhecer em breve.
    De início já achei a capa linda e compraria o livro só por ela rs, sou dessas.
    Gostei bastante da sua opinião :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  8. Oi, Auri!
    O livro tem uma capa muito bonita, mas eu só o leria se por acaso ganhasse ou emprestasse de alguém. Achei que o do Arthur Aguiar é o mais cru dos 4, já que ele não tem tanta prática, e gostei muito do quote do Federico Elboni, ele é bem intenso mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Adorei esse modo de introduzir elementos também,a capa é bem bonita já li ela aqui por Salvador e foi muito bem recomendado por alguns livreiros. Legal saber que o Arthur também escreve,a pessoa atua,canta e agora é escritor que babado!!!

    ResponderExcluir
  10. Que capa mais linda. Achei muito bacana a ideia de "explicar" o amor através dos elementos. Devem ser textos maravilhosos para encher o coração dos românticos como eu!
    Leria, com certeza!
    Amei a última cote do texto "O amor é ar". Acho que seria o meu favorito. Sempre gostei muito quando os escritores usam metáforas.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações