21 de nov de 2016


[Resenha] À Sua Espera - Abbi Glines

Ficha Técnica

Título: À Sua Espera
Título Original: When I'm Gone
Autor: Abbi Glines
ISBN: 978-85-8041-616-9
Páginas: 240
Ano: 2016
Tradutor: Cássia Zanon
Editora: Arqueiro
79Mase sempre preferiu a vida simples em seu rancho no Texas à agitação do mundo do pai em Rosemary Beach. Na verdade, ele quase nunca visita o famoso astro do rock e Nan, sua meia-irmã mimada e egoísta. Mas tudo muda quando conhece uma das empregadas da casa, uma garota linda que, sem saber da presença dele, o desperta com seu canto desafinado. Depois de anos sendo maltratada pela família e pelos colegas por causa de um distúrbio de aprendizagem, Reese conquistou sua liberdade e mora sozinha trabalhando como diarista para as famílias ricas da cidade. No entanto, seu sustento fica ameaçado quando ela causa um acidente na casa de Nan Dillon. Ao ser salva por Mase, um rapaz atencioso e com charme de caubói, Reese fica surpresa pelo gesto dele e, depois, apavorada quando ele demonstra interesse nela. Nunca na vida Reese conheceu um homem em quem pudesse confiar. Será que Mase pode ser diferente? Nessa ardente paixão que nasce entre a doce e batalhadora Reese e o centrado e sexy Mase, Abbi Glines mais uma vez mescla tristezas da vida real com amores de contos de fada e nos faz suspirar até a última página.

Resenha


Essa resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série

Sério, quanto mais eu leio romance, mais eu amo e a Abbi Glines cria personagens que me fazem suspirar do início ao fim dos seus livros. Mase então era um personagem que eu queria muito conhecer mais, pois, desde que ele apareceu eu tinha certeza de que ele seria incrível.

Blog parceiro ArqueiroMase Manning é filho do astro Kiro Manning da banda de rock Slacker Demon, mas nunca curtiu muito o mundo do pai, regado a muita badalação. Ele preferia mesmo era morar com a mãe, em uma fazenda no Texas, bem longe disso tudo. Para ele, a única coisa boa de ser filho de Kiro era ter Harlow como meia irmã, porque quando descobriu que além dela Nan também era sua irmã, isso não foi nada bom, afinal quem em sã consciência gostaria de descobrir isso, não é mesmo? Bem, mas é em uma de suas visitas a Harlow que Mase verá sua vida revirada.

Aproveitando a casa do pai na cidade e que Nan está em Paris, Mase foi surpreendentemente acordado de seu precioso sono pela diarista, que, não sabendo que havia alguém na casa, fazia a limpeza com barulho e cantando desafinadamente. Mas quando Mase viu Reese a atração que sentiu foi intensa.

Reese é uma jovem simples e trabalha como diarista em uma empresa de limpeza e a casa de Nan é uma das que ela não pode perder, afinal o que ganha com ela significa mais da metade de seu salário, que mantém em dia seu aluguel, alimentação e outras contas. Desde que saiu de casa a dois anos, a vida de Reese é trabalhar, mas, para que mais? Seu histórico familiar não é nada agradável: nunca conheceu o pai e muito menos sabe se ele tem conhecimento de sua existência, sua mãe sempre foi relapsa em seu cuidado, sofria abusos do padrasto e para completar, ela nunca conseguiu concluir seus estudos, por ter um distúrbio de aprendizagem, o que ainda acarretou no bullying que sofria quando estudava.

Mas longe da influência negativa da família (se é que dá para chamar o que ela tinha de família), Reese tenta seguir sua vida em frente, mas é claro que a rejeição, ódio, abuso e constante humilhação que viveu na infância e adolescência deixaram marcas profundas em sua vida. Ela acredita que seja incapaz de ser amada e não consegue ficar próxima dos homens, o pânico toma conta dela. A única exceção a essa regra é o seu vizinho Jimmy, que nós já conhecemos e amamos e sabemos ser muito gay, o que não a deixa preocupada de que ele irá tentar algo com ela.

Embora o encontro de Mase e Reese tenha sido rápido, outras circunstâncias os fizeram se aproximar e Mase, mesmo sabendo que ficaria poucos dias em Rosemary, queria ajudar aquela garota, que parecia tanto precisar e muito perceptivo, logo identificou alguns de seus "problemas". Assim é o Mase, protetor, generoso e dono de um coração maravilhoso (sim, estou apaixonada ❤).
- Ah, meu amor. Devia ter imaginado que quando meu menino lindo e seu coração imenso se apaixonassem, seria perdidamente. Você nunca fez nada pela metade. Você não deu os primeiros passos, já saiu correndo. Não disse uma primeira palavra, cantou o verso inteiro de uma música. E você não só defendia os oprimidos na escola, como foi expulso por amarrar um valentão no mastro da bandeira. Meu menino jamais deixou nada pela metade. Você faz as coisas com tanta determinação que destrói as tentativas dos outros.
P. 206-207
A relação deles foi linda desde o início, a conquista da confiança, a descoberta da necessidade do outro, tudo aconteceu aos poucos (mesmo sendo um livro curto) e mesmo eles morando tão distantes um do outro, isso não foi motivo para diminuir ou atrapalhar (pelo menos não muito) a relação deles.
- Ele não conhece você. Não saberá interpretar suas expressões para entender se você gosta ou não de algo. Não saberá quando algo que ele fizer a deixar pouco à vontade ou quando você estiver precisando de ajuda para ler alguma coisa. Ele não saberá que você tem duas risadas diferentes. Uma é real e a outra é de nervosismo. Ele não saberá nada. Mas eu sei.
P. 100
Mais uma vez adorei um livro da Abby. Rever os casais dos outros livros, saber como estão suas vidas depois do "felizes para sempre" de seus livros, reencontrar o Jimmy novamente (amo ele, gente, kk) eu adoro.
- (...) Caramba, duvido que ele sequer sorria no Texas. Ele está sorrindo demais para você. Ele precisa descansar aquela boca sexy um pouco.
P. 173
Agora é esperar o próximo livro do Mase e da Reese, porque certamente haverá pela maneira como À Sua Espera terminou e pela linha do tempo da Saga, onde fala que este é o "primeiro livro". Editora Arqueiro, já quero hein?! #ficadica

Linha do Tempo Rosemary Beach

Paixão Sem Limites
Tentação Sem Limites
Estranha Perfeição
Amor Sem Limites
A Primeira Chance
Mais uma Chance
Para Sempre Minha
Kiro e Emily - e-book gratuito
À Sua Espera

Compare e Compre
Comentários
8
Compartilhe

8 comentários:

  1. Que saga ein! kkk
    Acho que eu não me arriscaria a começar uma saga tão grande, mas cara. sou muito apaixonada por romances, é meu gênero de leitura favorito e esse livro parece ser tão amorzinho *-*
    Mase parece ser aquele mocinho apaixonante mesmo. Adorei sua descrição sobre ele. Realmente parece ser tudo isso e mais um pouco. Amo quando os mocinhos são protetores e tentam ajudar as mocinhas da história a superar seus traumas.
    Reese por ter sofrido bastante na infância com certeza precisa de alguém como Mase para superar seus traumas. Fiquei com muita vontade de ler esse livro. ain, quem sabe eu não dê uma chance a toda a saga e encaro esse desafio, não?!

    ResponderExcluir
  2. Oi Layane, valeu pelo aviso rsrs Nem li o post para não ver nada que estrague a história. Vou procurar os outros livros.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  3. Uau, acho esses livros tão intensos ! E que saga enorme hein kkk espero que seja boa e não fique cansativa.
    Aliás, preciso te falar que li o primeiro livro dos irmãos Maddox e não gostei nadinha; me senti uma estranha, todos falam tão bem ! Fiquei decepcionada e triste.
    Mas voltando pra essa resenha, adoro esse tipo de livro. Ainda mais que é uma série, acho que fica bem mais completo, conhecemos muitos personagens e toda a sua história.
    Esse personagem é diferente daqueles que sou acostumada a ler, geralmente os mocinhos são da farra e cheio de mulheres. Esse é diferente e deve ser uma delícia de ler.
    Pretendo fazer a leitura em breve ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu comecei a ler a série super empolgada, depois fui desanimando...
    Na verdade nem lembro qual foi o último que li
    Acho q na vdd eu enjoei da série, tive tipo uma overdose de Rosemary Beach
    heheheehehehehehe

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ai meu coraçãozinho. Não aguento não ter esse livro em mãos ainda.
    Parece ser mais uma história delicinha.
    Daquelas que te prende do início ao fim e que faz perder várias batidas do coração rs
    Abbi cada vez mais está se superando na escrita.
    Mal vejo a hora de ler esse livro e Para sempre minha <3
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  6. Lay!
    Nossa! Nem sei como ainda não li nenhum livro dessa autora.
    Gosto de romances um pouco mais apimentado e me parece que ela inova a cada livro.
    Preciso ler algum com urgência.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.”(George Lord Byron)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Layane!
    Já li todos os livros de Sem Limites da Abbi, e devo confessar que acabei enjoando da escrita dela... Acho cansativo que ela escreva um livro pra praticamente todo e qualquer personagem da série, e por isso acho que a história do Mase e da Reese não foge muito disso.

    ResponderExcluir
  8. Já li a série Sem Limites da Abbi, e tenho muita vontade de continuar os livros dela. Me interessei bastante pela história da Reese e do Mase e agora na BF estava super barato e eu vacilei e não trouxe para casa.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações