30 de jan de 2017


[Resenha] Biblioteca de Almas - Ransom Riggs

Ficha Técnica 

Título: Biblioteca de Almas
Título Original: Library of Souls
Autor: Ransom Riggs
ISBN: 978-85-8057-966-6
Páginas: 416
Ano: 2016
Tradutor: Fernando Carvalho
Editora: Intrínseca
Biblioteca de Almas é o último volume da celebrada trilogia iniciada com O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada. Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes da fortaleza dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas. Partindo da Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas. Tal como os volumes anteriores da série, Biblioteca de Almas une fantasia, aventura e sombrias fotografias de época para criar uma experiência de leitura única.

Resenha


Esse livro faz parte de uma trilogia. A resenha pode conter spoilers. 
Mais uma vez, o autor Ransom Riggs dá vida a sua história de uma forma contínua, exatamente do mesmo ponto em que o volume anterior da trilogia termina. “Biblioteca de Almas” é o terceiro e último livro da saga dos peculiares, e também o maior entre os três, dando assim um desfecho para todas as questões que até então estavam em aberto.


DSC_0149.JPG

Em “Biblioteca de Almas”, iremos acompanhar o nosso já conhecido Jacob Portman e seus amigos peculiares na tentativa de finalmente salvar a Srta. Peregrine das mãos dos acólitos. Desta vez, porém, o grupo de Jacob está desfalcado, e ele contará somente com a ajuda de sua querida Emma Bloom e de Addison, o cachorro falante.

Após os amigos de Jacob, serem também raptados pelos mesmos responsáveis pelo sumiço das ymbrynes, o jovem precisará descobrir para que fenda eles foram transportados, pois somente assim, ele poderá colocar um fim nessa perigosa caçada. Ao descobrir que o quartel dos acólitos fica em uma fenda bastante próxima do que consideramos ser o inferno, Jacob, Emma e Addison terão que utilizar muito além de seus poderes, pois no Recanto do Demônio, o mal vive a espreita e sair de lá com vida, é quase impossível.
[...] – É hora de agir, então. Quase todo mundo de quem gostamos no mundo está do outro lado daquela ponte. Cada minuto que passo deste lado é um minuto desperdiçado.
P. 121 
Mantendo sua boa escrita e as intrigantes imagens que enriquecem e dão vida à sua obra, o autor Ransom Riggs consegue dar um fim satisfatório ao universo que criou. Apesar de o primeiro volume, “O Lar da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares”, ainda ser o meu favorito, e na minha opinião o livro mais redondinho e completo, não posso negar que todos os elementos necessários para se ter uma boa obra estão presentes em “Biblioteca de Almas”.

Devido ao grande desfalque que sofre com os personagens coadjuvantes, Riggs supre a falta de peculiares introduzindo novos e misteriosos personagens, que, com suas peculiaridades, ajudam – ou atrapalham – nossos heróis durante sua jornada. O autor acrescenta também novas vertentes aos antigos personagens, possibilitando que eles utilizem suas já conhecidas forças sob uma ótica e potência diferente.

DSC_0154.JPG
DSC_0158.JPG

E agora eles eram meus. Marionetes que eu podia controlar com fios invisíveis. Mas por quanto tempo? Quais eram os limites? Quantos eu podia controlar ao mesmo tempo, separadamente?
Para descobrir, comecei a brincar.
P. 293
“Biblioteca das Almas” mantém a qualidade e bela edição dos volumes anteriores lançados pela Intrínseca. Com capa dura e um belo acervo de fotografias escolhidas pelo autor especialmente para o livro, para mim o exemplar só teve um grande problema: os capítulos. Com capítulos grandes, beirando 60 páginas mais ou menos, o livro fica arrastado e a leitura acaba se tornando cansativa. Tirando isto e alguns pequenos detalhes de enredo – que acontecem muitas vezes pelo o acréscimo de cenas desnecessárias –, acredito que Riggs finaliza sua trilogia de uma forma satisfatória, que agradará os fãs desse tão peculiar e gostoso universo.
– Sinto saudade de meu avô todos os dias, mas um amigo muito inteligente uma vez me disse que tudo acontece por uma razão. Se eu não o tivesse perdido, bem, eu nunca teria conhecido vocês. Então acho que tive que perder uma parte de minha família para encontrar outra. Enfim, é assim que me sinto com vocês. Como uma família. Como um de vocês.
P. 302 
Compare e Compre
Comentários
17
Compartilhe

17 comentários:

  1. Ainda não pude ler nenhum livro desta trilogia. É tão bom saber que há um desfecho bom para a trilogia, que a história não decepciona e que este pode ser considerado o melhor dos três. Também não gosto de capítulos muito extensos, 60 páginas é realmente um número que faz a leitura se tornar mais lenta. Enfim, gostei da dica e resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayla, acho que entendeu errado... O melhor livro da trilogia é o primeiro =p

      Excluir
  2. Oi, Tácio!!
    Ainda não comecei a ler a nenhum livro da trilogia. Ganhei o primeiro livro, mas ainda não li. Acho que vou comprar os dois últimos livro para começar a ler.
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marta, como os finais dos livros são muito bem linkados com os inícios dos volumes seguintes, ter todos em mãos e ler um atrás do outro me parece uma boa ideia.
      Boa leitura.

      Excluir
  3. Adorei a resenha! Estou finalizando o primeiro livro, ainda não consegui formar uma opinião, tem capítulos que são legais, outros nem tanto. Acho que falto algo para prender um pouco mais e ser menos 'arrastado o livro'.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yasmin,
      Sinto lhe informar, no volume 2 e 3 há muito mais capítulos não tão legais assim, que dão um ar de "livro arrastado". =//

      Excluir
  4. Ainda não li o primeiro livro da série mas ela já está na lista de metas para esse ano sou louca pra eles, além do enredo super curioso adorei que eles tenham várias imagens <3

    ResponderExcluir
  5. Tácio!
    Tão bom quando a qualidade dos livros de uma série não baixam no decorrer dos livros subsequentes, né?
    E pelo jeito foi uma grande luta tentar salvar a Sra. Peregrine com desfalques...
    Adoro as ilustrações do livro.
    Desejo uma ótima semana!
    “Na juventude deve-se acumular o saber. Na velhice fazer uso dele.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy,
      Foi uma grande luta. A Srta. Peregrine basicamente é imagem ilustrativa nos livros, tadinha =p

      Excluir
  6. Nossa, realmente são capítulos muitos grandes, porque 60 páginas é muito. Costumo ler livros que os capítulos são bem menores. Eu tenho muita vontade de começar a ler essa série para saber todas as aventuras dessas crianças peculiares. Tenho certeza que vou ficar encantada com as aventuras, ação e magia que rondam o livro.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Gostei de saber que a serie acaba agrandado ao leitor, mesmo tendo capítulos tão longos, essa é uma serie que estou bem curiosa para ler e estou com o primeiro livro, só tenho que encontrar tempo para iniciar a leitura, acho interessante temos os livros começando do ponto que inicia o outro, mas acaba que a serie tira aquele sentimento de tempo. Essa é uma serie que irei ler !!

    ResponderExcluir
  8. Oi Tácio! To cada vez mais curiosa para ler o primeiro livro da trilogia!! Vou aproveitar as promoções da Amazon para comprar hahaha Quero tirar minhas próprias conclusões sobre o livro!! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Quero tanto conhecer esses livros.. ganhei o segundo num sorteio, mas até agora não tenho o primeiro, assim fica difícil começar ne ? kkkkkk Mas, com certeza, ainda leio essa série que parece ótima, muitos falam super bem, acham instigante e bem intenso.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Tenho os dois primeiros livros, mas ainda não comecei a leitura.
    Vou adquirir esse último e tentar ler os três na sequência. Uma pena , em alguns momentos, ser uma leitura um tanto arrastada, mas de qualquer forma, vou conferir.
    Ótima resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Não acredito que você acabou de ler a trilogia! eu aqui morrendo de vontade de começar. O livro realmente é muito lindo e isso de capa dura dá um toque especial. Eu amo livro que tenham ilustrações porque dá uma perspectiva maior. Adorei saber que a série terminou tão bem! Dá mais ânimo pra ler!

    ResponderExcluir
  12. Detesto livros que se arrastam rsrs no começo não queria ler a trilogia por ter medo mas agora depois de ver tantas resenhas, meio que perdeu o encanto pra mim

    ResponderExcluir
  13. Estava lendo o livro e no fim tenho só uma dúvida: só a minha edição que veio com problema, faltando as páginas 353 a 384?

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações