2 de jan de 2017


[Resenha] Cidade dos Etéreos - Ransom Riggs

Ficha Técnica 

Título: Cidade dos Etéreos
Título Original: Hollow City
Autor: Ransom Riggs
ISBN: 978-85-8057-890-4
Páginas: 383
Ano: 2016
Tradutor: Fernando Carvalho
Editora: Intrínseca
Cidade dos Etéreos dá sequência ao celebrado O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares, em que o jovem Jacob Portman, para descobrir a verdade sobre a morte do avô, segue pistas que o levam a um antigo lar para crianças em uma ilha galesa. O orfanato abriga crianças com dons sobrenaturais, protegidas graças à poderosa magia da diretora, a srta. Peregrine. Neste segundo livro, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a amada srta. Peregrine, mas, na cidade devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares. Telecinesia e viagens no tempo, ciganos e atrações de circo, malignos seres invisíveis e um desfile de animais inusitados, além de uma inédita coleção de fotografias de época — tudo isso se combina para fazer de Cidade dos etéreos uma história de fantasia comovente, uma experiência de leitura única e impactante.

Resenha


Esse livro faz parte de uma trilogia. A resenha pode conter spoilers. 
“Cidade dos Etéreos”, começa no ponto exato em que “O Lar da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares” terminou. Para quem termina o primeiro livro da trilogia, e pega em seguida este segundo volume, até parece que ambos são uma coisa só, por tão fiel ser a continuidade das ações.

DSC_0098.JPG

Neste exemplar, as crianças peculiares, encabeçadas pelo nosso jovem narrador Jacob, precisam descobrir como transformar a Srta. Peregrine novamente em humana, já que a mesma está presa em sua forma de ave, após ser atacada e raptada pelos acólitos e etéreos. O grande problema é que o porto seguro deles, a fenda temporal onde viviam, foi destruída, e agora eles precisam se deslocar pela primeira vez em anos, colocando suas reais identidades – e vidas – em risco.

Enquanto tentam desvendar o mistério que impede a Srta. Peregrine de retornar a sua forma humana, os meninos enfrentarão perigosas aventuras, onde serão necessárias utilizar ao máximo – e com muita inteligência –, suas peculiaridades, caso queiram sobreviver. Durante essa jornada, para completar o grande drama que vive, Jacob terá que decidir se continuará ou não com os peculiares, e se realmente vale a pena abandonar sua antiga vida em detrimento da nova e perigosa em que vive.
– Vocês não vêm com a gente?
A jumirafa bufou.
– Não duraríamos nem cinco minutos lá fora. Vocês, pelo menos, têm uma chance de se passar por pessoas normais, mas olhem só para mim
P.103
Ransom Riggs é um autor que se mostra mais uma vez super criativo. Ao utilizar antigas fotografias para enriquecer e dar rumo à sua história, ele prova como é necessário ter uma imaginação farta caso queira ser feliz nesta empreitada. Apesar de utilizar a mesma fórmula que me fez amar “O Lar da Srta. Peregrine”, infelizmente senti que o autor se perdeu um pouco ao tentar expandir seu universo. 

Não que o livro seja ruim, pois de fato não o é, porém o mesmo é inferior ao fresco e criativo primeiro volume. Aqui, em “Cidade dos Etéreos”, me pareceu que Riggs foi ao extremo, principalmente a selecionar algumas fotos, e tentou forçadamente incluir certas fotografias/passagens que não acrescentavam em nada à história. Em muitos momentos senti que as ações ocorriam simplesmente por acontecer, sem ter uma finalidade real, principalmente nos primeiros capítulos.

DSC_0101.JPG

DSC_0102.JPG

Felizmente, para suprir um pouco da decepção que eu estava sentindo, Ramson cria uma boa reviravolta no final, que além de surpreender, convence. E o mais legal é que o autor deixa uma ponta aberta para o terceiro e último volume dessa jornada, o que obviamente cria aquela expectativa para o ler logo.

Mais uma vez, a Intrínseca mantém a qualidade da edição, que além de possuir capa dura e luva, traz mais uma vez uma entrevista exclusiva com o autor ao final do livro, além do primeiro capítulo de “Biblioteca de Almas”. Para quem gostou do primeiro volume, apesar de pequenos problemas, “Cidade dos Etéreos” ainda é muito bom, principalmente por sua criatividade e celebração às diferenças de todos nós.
Bombas estavam caindo.
– Precisamos ir – falei, sufocando pelo pânico. – Deve haver algum abrigo aqui por perto. Algum lugar seguro onde possamos nos esconder.
– Mas estamos tão perto! – exclamou Bronwyn. – Não podemos desistir agora!
Houve outro estrondo, dessa vez mais perto, e os outros também começaram a ficar nervosos.
P. 210
Compare e Compre
Comentários
23
Compartilhe

23 comentários:

  1. To um pouco confusa. É "o orfanato da Srta. Peregrine" ou "o lar da srta. Peregrine"??? Socorro, em cada lugar vejo um título diferente hahah Enfim, ainda não li o primeiro livro da trilogia pois vejo muitos comentário negativos sobre ele. Então acabo adiando a leitura por receio. Mas pretendo pegar o livro antes de ver o filme (que eu também não vi ainda hahaha) Adorei a resenha. Beeijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela,
      Depois que a Intrínseca adquiriu os direitos dos livros, eles acharam mais coerente mudar o título. Eles explicam melhor da decisão aqui: http://www.intrinseca.com.br/blog/2016/07/uma-duvida-que-todos-nos-tivemos-lar-ou-orfanato-eis-a-questao/
      E obrigado, beijão

      Excluir
  2. Oi Tacio. Ganhei esse segundo livro num sorteio do instagram. No início, não conhecia bem e acabei guardando. Logo depois, muita gente começou a resenhar e essa trilogia ficou muito bem falada.
    Uma pena que ainda não tenho o primeiro livro. Mas assim que o tiver em mãos, comecerei a leitura, porque mesmo não sendo um estilo que leio muito, a historia chama minha atenção. Além da edição estar muito linda. Adoro a capa dura.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna,
      Tomara que consiga logo o primeiro, gostei bastante.
      E de fato, a edição é muito linda!
      Abraços

      Excluir
  3. Tô louca pra ler o primeiro livro da trilogia principalmente por causa do filme e das várias resenhas positivas e adorei as capas de todos os livros <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia logo Milena, hahaha é muito bom!

      Excluir
    2. Já está nas minhas metas de 2017 <3

      Excluir
  4. Eu amo ver as resenhas dessa trilogia, mas sempre dá um aperto no coração pois me arrependo de ver os spoilers. Eu simplesmente amo livros que seguem o anterior de onde pararam, assim não fico perdida na cronologia. Adorei as fotos e adorei ler a sua opinião.

    Um abraço!
    Parágrafos & Travessões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduarda,
      hahaha e qual a demora d ler os livros então?! =p
      Não perde tempo!
      Grande abraço

      Excluir
  5. Oi Tácio, tudo bem?
    Eu não li a resenha por medo de ver alguns spoilers, já que ainda não comecei a ler os livros. Eu só conheci esse livro depois que comecei a acompanhar alguns blogs literários, e foi a melhor coisa que eu fiz, porque essa experiência que deu origem ao meu.
    Quero conhecer a história da Srta Peregrine ainda esse ano.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila,
      Tomara que você consiga ler logo os livros, depois volta aqui e diz o que achou.
      Beijos

      Excluir
  6. Tácio!
    Esse é aquele que faz parte da tal maldição do segundo livro de uma trilogia.
    Mesmo com pouca diferença para o primeiro, acredito que tentar transformar a Sra. Peregrine novamente em humana não seja tarefa fácil e deve envolver muita aventura.
    E se o final surpreendeu, deve ter algo de bom além das ilustrações.
    “Ano Novo!
    Um novo ano começou, e assim, eles passarão: um a um… São mais 365 dias... Novas outras 365 oportunidades de fazer diferente! Fazer melhor, fazer mais, em alguns casos, fazer menos… Espero que ao final desse tempo, possamos contabilizar quantas estrelas fizemos brilhar…” (Desconhecido)
    FELIZ 2017!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Tenho um estranho sentimento com essa trilogia. Um pouco de receio pq tenho medo de coisas antigas rsrs sempre me assustaram e essas capas são um pouco sinistras rsrs Amo sobrenatural e até queria ler, mas esse receio não deixa. Curti a resenha e quero saber se a Sra Peregrine volta a ser humana.

    ResponderExcluir
  8. Já faz um bom tempo que quero ler O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares, acho a diagramação desses livros super caprichada, ler sua resenha só me deixou mais ansiosa para começar a ler o primeiro livro da série.

    ResponderExcluir
  9. Eu li o primeiro livro e achei sensacional, apesar de ter visto muitas opiniões contrárias. To morrendo de vontade de ler o resto da trilogia, mas ainda não tive oportunidade.
    A edição capa dura está maravilhosa e eu estou babando por ela!
    Fiquei um pouco chateada com essa enrolação, porém.

    bjbj


    Lá...E de volta outra vez

    ResponderExcluir
  10. Confesso que tenho medo das capas dos livros da série
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Não li a resenha porque não li o primeiro livro, na verdade n me interessei tanto
    Talvez veja o filme...

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Tácio!!
    Acho essa edição do livro bem bonita!! Ganhei recentemente o primeiro livro dessa trilogia só que ainda não li. Como também não tive coragem de assistir o filme pois li várias resenhas negativas sobre o filme!! Espero ler essa trilogia ainda esse ano pois sou bem curiosa para ler essa história.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  12. Eu acho a edição de capa dura tão linda!
    Ainda não tive a oportunidade de comprar ou ler, mas pretendo fazer isso em 2017.
    Acho muito interessante do autor colocar foto nos livros, apesar do que você disse das fotos que não acrescentaram muito nesse livro, mas é uma pegada muito boa a de colocar fotos nos livros :)

    ResponderExcluir
  13. Estou lendo o primeiro livro e gostando bastante. Pensei que seria algo que me desse mais medo, por causa da capa e tals. Mas mesmo assim me surpreendi e espero finalizar o livro em breve para começar o segundo.

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li o primeiro livro da trilogia, eu só assisti ao filme que tenho que dizer que é maravilhoso.
    É claro que eu não vou poder deixar de ler. Quero saber todas as aventuras que acontecem com eles enquanto tentar ajudar a sta. Peregrine.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Estou com o primeiro livro dessa serie para ler e só falta tempo para mim iniciar a leitura, gostei de saber que o primeiro livro conquistar o leitor, mas sempre fico com o pé atras sobre as continuações, parece que esse segundo livro não conseguiu ser tão bom quanto o primeiro, mas quero muito ler essa serie e também acho bem interessante essa estrategia que o autor utiliza com as imagens !!

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Tenho os dois primeiros livros da trilogia, mas ainda não fiz a leitura. Estão na fila, aguardando. Mas sei que vou gostar muito.
    Assim como, adorei a resenha!
    Realmente é uma leitura imperdível!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Quero muito ler essa trilogia, acho que este livro ter te decepcionado um pouco é normal, os segundos livros geralmente não são tão bons. A edição está linda demais. Gostei muito da indicação e resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações