18 de jan de 2017


[Resenha] O Par Perfeito - Nora Roberts

Ficha Técnica 

Título: O Par Perfeito
Título Original: The Perfect Hope
Autor: Nora Roberts
ISBN: 978-85-8041-525-4
Páginas: 320
Ano: 2016
Tradutor: Janaína Sennaa
Editora: Arqueiro
Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro. Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois. Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito? No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

Resenha


Essa resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série
Nem sei direito como me expressar ao chegar ao final dessa trilogia maravilhosa da Nora Roberts. Não é segredo que eu amo a escrita da Nora e não foi diferente com essa trilogia, repleta de amor, amizade, companheirismo, família. A diva não é diva à toa, ela consegue reunir todos esses elementos e ainda agregar um pouco de suspense que fica tudo lindo .

Depois de sermos apresentados à família Montgomery e conhecer o "felizes para sempre" de Beckett e Owen, chegou a vez de Ryder, o irmão mais velho e o mais durão. Ry é o empreiteiro-chefe da Empreiteira Montgomery, onde trabalha com os irmãos e a mãe, para ele o trabalho é colocando a mão na massa, literalmente. No momento sua vida está focada no seu trabalho, mesmo tendo visto recentemente seu irmão caçula finalmente ficar ao lado da mulher que sempre amou e o irmão do meio assumir também enfim descobrir que o amor sempre esteve pertinho dele.

Hope Beaumont é uma mulher que atualmente só quer pensar em sua carreira. Após ter descoberto que ao invés de ser a namorada era a amante de seu namorado e que ele estava de casamento marcado com uma jovem da mesma "classe" dele e que, ainda por cima, seria obrigada a organizar o casamento deles porque seria realizado no hotel da família, que era onde ela trabalhava, Hope deixou o emprego e decidida a mudar de vida, aceitou o convite de Avery para ir à Boonsboro e tentar a vaga de gerente na Pousada BoonsBoro, que seria administrada pela família Montgomery. Desde então a vida de Hope só melhorou. Quando imaginaria que deixar a capital, com suas milhares de lojas de roupas, sapatos e outros itens seria tão agradável? Quando poderia imaginar que seria tão feliz estando perto das amigas em uma cidade do interior?
Um ano antes, Hope vivia satisfeita com a própria vida, encarava novos desafios no emprego e se sentia em casa no Wickham. Porém, nos últimos meses, percebera que, em Boonsboro, não se sentia apenas satisfeita, mas feliz. A pousada não era só uma casa, mas um lar.
P. 12
Desde que Hope chegou à Boonsboro sentiu a reação negativa de Ryder em relação à ela. Ryder sempre fez questão de ignorá-la o quanto pode, nem mesmo a chamava pelo nome, era a gerente para cá, a gerente para lá, isso quando se dignava a falar algo sobre ela, mas nós, leitores ávidos e amantes dos romances, já sabíamos que certamente viria um grande romance.

Desde um beijo trocado na noite de réveillon em O Eterno Namorado que eu esperava pelo romance entre Ryder e Hope e eles não decepcionaram. Seguindo o estilo dos dois de não se envolver, a relação começou como um sexo casual, afinal não poderia ser chamado de amizade colorida quando eles pouco se falavam antes.
Certas pessoas nunca sentiram o que ela sentia naquele momento. E, nesse instante, Hope não sabia se devia ter inveja ou pena delas. Mas precisava encarar a realidade. Tinha se apaixonado por Ryder Montgomery.
Só precisa descobrir que diabos ia fazer em relação a isso.
P. 262
Enquanto a relação entre eles se adapta aos horários complicados de Hope, vemos os irmãos Montgomery continuar a construção do novo restaurante de Avery, o MacT's, assim como dar sequência a construção da confeitaria que ficaria próximo da pousada e da academia que seria um anexo da pousada. Claro que não dá para não falar dos casais dos livros anteriores afinal, Claire está grávida e Avery está prestes a se casar, então as amigas além de serem mulheres de negócios precisam se ajustar para conseguir dar conta de tudo e muito bem.

Com obras tão próximas da pousada, Ryder e Hope se viam muito e a rotina do casal logo se estabeleceu. Quanto mais se conheciam, mais viam as diferenças e a maneira como se completavam como casal.
- É bom estar com alguém que se importa com você. Sem fazer suposições, você simplesmente sabe - especificou ela. - Estar com alguém que, mesmo quando não queremos ou quando achamos que não precisamos, vai nos apoiar. Alguém que nos manda flores e compra uma varinha mágica de brinquedo. Não preciso saber o que vai acontecer no futuro.
- Mas, se saísse procurando, o que esperaria encontrar?
- A possibilidade de uma vida em comum. Acho que eu quero o mesmo que Eliza. Amor, uma casa, construir uma família com o homem que amo. E, é claro, quero meu emprego, um corpo sarado e uma coleção de sapatos fabulosa.
P. 295
Mas esse livro não trouxe apenas um final feliz para o último irmão Montgomery, outro personagem que permeou toda a trilogia também terá seu momento e amei demais como a Nora conduziu isso. Foi realmente incrível e agora que terminei a leitura fiquei com aquele gostinho de quero mais.

Se você gosta de romance e nunca leu nenhum livro da Nora eu lhe digo: LEIA! É garantia de se apaixonar e suspirar do início ao fim!

Compare e Compre
Comentários
14
Compartilhe

14 comentários:

  1. Oi Layane, eu não li a resenha porque ainda não li nada da autora e quero ler esse ano ainda. Mas como sempre acompanho as postagens aqui, sei que está muito bem escrita.
    Beijos
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Oi Lay! Adorei a resenha, mas não sou fã dos livros da Nora. Eles não entram na minha zona de conforto, pois não gosto muito de romance, então não pretendo ler. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Sou fã da Nora a muito tempo *_* amo o o quanto ela consegue fechar bem trilogias e englobar todos os envolvidos.
    Amei a resenha e fiquei desejando a série

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nem um livro da autora Nora Roberts, mas por ler muitos comentários positivos referentes aos livros dela, tenho diversos em minha lista de leituras, inclusive essa trilogia, que por sinal, lendo sua resenha sobre este livro, só me deixou mais ansiosa para começar a ler a trilogia.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Layane!!
    Adoro os romances da Nora Roberts!! Ainda não essa trilogia mais sem dúvida ela está adicionada na minha lista de livros para ser comprados!! A resenha ficou maravilhosa e só aguçou mais minha curiosidade!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Lay!
    Fiquei me perguntando o que tem nesse cinto de ferramentas do Ryder...kkkkkkkkk
    Tão bom quando uma série termina a contento, desvendando os mistérios pendentes e não deixando nenhuma ponta solta.
    Ter de conviver com um fantasma no quarto não é brinquedo não.
    É nora, né? Sempre arrasa.
    “Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler essa trilogia, nora arrasa, cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história, não deu pra ler nenhum dos livros no ano passado, mas já foram pra meta de de leitura de 2017.

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro os livros da Nora Roberts justamente por me fazerem suspirar!
    Eu ainda não consegui ler os livros dessa série ma quero muito conhecer essas histórias das famílias Montgomery e seus relacionamentos.

    ResponderExcluir
  9. Eu só imagino que essa trilogia seja linda assim como todos os trabalhos da Nora, vai ter um dom de escrever assim longe kkkkkk
    Adoro séries assim, casais diferente e amigos, ou família.
    Já vi um personagem com Montgomery e fiquei apaixonar por ele, então já vou com um ponto positivo!! Adoraria conhecer 😉

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Ainda não li nenhum livro da autora, mas tenho alguns na estante, e pretendo ler em breve. Sei que a escrita da autora é muito cativante!
    Adorei a resenha, muito bem escrita e motivadora. Dica já na lista.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia essa série da Nora, amo a escrita dela desde que li O quarto de noivas <3 com certeza vou ler essa *-*

    ResponderExcluir
  12. Ai gente, coitada da Hope. Você estar num relacionamento que você pensa que é feliz e descobrir uma traição dessa?! Não fez mais que certo em ir embora!
    Agora eu quero ver a Hope e sua nova paixão !

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Quero muito ler essa serie da Nora e agora fiquei muito curiosa sobre essa historia, esse casal logo na resenha conseguiu me conquistar e estou doida para acompanhar esse romance, gostei muito de podemos ver os outros personagens da serie e esse livro está na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  14. Amo romances e infelizmente nunca li um livro da autora. Gostei da trilogia trazer o desenvolvimento de um casal diferente a cada volume. É ótimo quando ficamos satisfeito com término de uma saga, ainda mais quando um personagem ganha um final feliz que nem esperávamos. Gostei muito da indicação e da resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações