28 de mar de 2017


[Conhecendo o Autor] Diana Scarpine


Olá, leitores e leitoras do Blog De Tudo Um Pouquinho! Sou Diana Scarpine e estou aqui para contar um pouco da minha história para vocês!

Comecei a me interessar pela escrita aos doze anos de idade. Eu adorava as aulas de redação do colégio e não me sentia representada pelas histórias que lia na época; mas achava que, para ser um(a) escritor(a), era necessário viver grandes aventuras (coisa de criança) e minha vida era comum (ainda é, rsrs). Um ano depois, assisti a um filme antigo (já era antigo na época) chamado “Adorável Sedutora” (“Her Alibi”) que conta a história de um escritor atrapalhado que está passando por um bloqueio criativo. Percebi então que os(as) escritores(as) são pessoas comuns com imaginação fértil e que eu também poderia ser uma escritora.

Foi assim que, aos treze anos de idade, comecei a escrever minhas histórias com personagens com deficiência e a me sentir, de certa forma, representada por elas. Mas, à medida que eu crescia e estudava, comecei a perceber que não bastava apenas me sentir representada, era necessário algo mais. Não era suficiente apenas trazer um personagem com deficiência para o centro da narrativa, torná-lo o personagem principal, era preciso também tocar em questões mais complexas e que a sociedade finge não ver como o preconceito, o autopreconceito, a acessibilidade, dentre outras. Era preciso também desnudar os sentimentos dos personagens, tornar a história mais real, instigar a reflexão do leitor. Neste sentido, para mim, a literatura não é só entretenimento, é também uma forma de militância, de trazer questões relevantes à tona. Para isso, apoio-me nas pesquisas que fiz na minha graduação em Ciências Biológicas e nas que tenho feito ao longo da minha trajetória na pós-graduação (atualmente curso doutorado, onde me dedico ao estudo da deficiência e da Tecnologia Assistiva).

O mercado literário brasileiro não é fácil para os autores nacionais, embora eu acredite que esteja melhorando lenta e gradativamente. Foi por causa desse cenário não muito animador que nunca tinha pensado em publicar minhas histórias até 2011 quando meu marido leu “Entrelace: Caminhos que se Cruzam ao Acaso” e me incentivou a publicar. A primeira edição de Entrelace está esgotada, mas a 2ª edição dele pode ser encontrada em e-book na Amazon por um precinho bem camarada.

Depois de Entrelace, comecei a escrever Uma Chance para Recomeçar, mas tive um bloqueio criativo imenso no meio da história (quase o deletei inteiro). Foi bom não tê-la apagado, pois o bloqueio me fez repensar várias coisas na narrativa, que deixou ser de um romance “água com açúcar” para se tornar um romance mais realista que, assim como Entrelace, instiga o leitor a refletir sobre várias questões que permeiam não apenas a vida das pessoas com deficiência, mas a de todas as pessoas. Assim, surgiu a série Hábeis (mas os livros podem ser lidos independentemente).

Atualmente, estou trabalhando em um novo livro nem tão novo assim (rsrs). Na realidade, estou reescrevendo uma história que escrevi em 2000, mas ainda não tem data para ser publicada e, como estou alterando muita coisa, o nome do livro também será alterado.

Quem quiser saber mais e ficar a par das novidades é só curtir a fanpage Uma Chance para Recomeçar & Entrelace: Caminhos que se Cruzam ao Acaso e seguir o Blog Diana Scarpine Romances. Quero agradecer a Layane pelo carinho e pela oportunidade de participar do quadro Conhecendo o Autor do Blog De Tudo Um Pouquinho.

Abraços carinhosos,
Diana Scarpine. 

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ 

Curtiram conhecer um pouco mais a Diana? Eu sinceramente curti muito a leitura do livro dela e conhecer um pouco mais sobre seu trabalho ;)
Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Adorei participar do quadro Conhecendo o Autor! Muito obrigada Layane!

    Beijos,
    Diana Scarpine.

    ResponderExcluir
  2. Adorei conhece a pessoa por trás dessa obra, já li resenha e fiquei bastante feliz o que li. Pois bem, de fato o mercado literário brasileiro não é animado, espero que essa coisas melhore com tempo, e a literatura nacional seja mais valoriza. E que autores como Diane consiga um maior espaço na estante brasileira.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. eu adoro conhecer autores nacionais!
    é tão legal ver que apesar das dificuldades a cada dia que passa o mercado está acolhendo mais autores da terra =)
    muito sucesso para autora!!

    ResponderExcluir
  4. Diana, eu já ouvi falar bastante de você! Adoro conhecer autores nacionais, e descobrir um pouco mais sobre eles, adorei a postagem. Muito feliz que vc teve esse espacinho aqui no blog! BJS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, Tish!

      Beijos,
      Diana Scarpine.

      Excluir
  5. Não conhecia a autora desse livro, mas adorei conhecer um pouco mais, e tô muito feliz que os autores brasileiros estão cada vez mais tento mais reconhecimento. <3

    ResponderExcluir
  6. Lay!
    Tão bom poder conhecer um pouco mais sobre mais uma autora nacional, falando um pouco de si, seu processo criativo, suas dificuldades...
    Tenho livro aqui para leitura e espero fazê-la em breve.
    “Não há nada bom nem mau a não ser estas duas coisas: a sabedoria que é um bem e a ignorância que é um mal.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações