17 de mar de 2017


[Resenha] Amante Liberto - J. R. Ward


Ficha Técnica

Título: Amante Liberto
Título Original: Lover Unbound
Autor: J. R. Ward
ISBN: 978-85-7930-210-7
Páginas: 520
Ano: 2011
Tradutor: Caroline Caires Coelho
Editora: Universo dos Livros
Amante LibertoNas sombras da noite em Caldwell, Nova York, a guerra explode entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. O coração gelado de um predador será aquecido mesmo contra a sua vontade... Destemido e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, possui uma maldição destrutiva e a capacidade assustadora de prever o futuro. Criado no campo de guerra de seu pai, ele sofreu maus tratos e abusos físicos e psicológicos. Membro da Irmandade, ele não se interessa por amor nem emoção, apenas pela batalha com a Sociedade Redutora. Mas, quando uma lesão mortal faz com que fique sob os cuidados de uma cirurgiã humana, a Dra. Jane Whitcomb, ele é levado a revelar a dor que esconde e a experimentar o verdadeiro prazer de pela primeira vez... Até que o destino, que V. não escolheu, o leva para um futuro do qual Jane não faz parte.

Resenha


E chegamos ao quinto livro da série Irmandade da Adaga Negra, Amante Liberto, de J. R. Ward tem como irmão destaque Vishous. Um quê de mistério ronda esse irmão e é nesse livro que vamos desvendando aos poucos o seu passado e entendendo o seu comportamento atual.

Vishous foi criado em um meio violento. Um acampamento de guerreiros, muita dor e ele não tinha qualquer controle sobre sua vida. Era um verdadeiro pesadelo e marcou tanto o vampiro, que, em sua fase adulta, ele decidiu ser adepto ao BDSM como uma maneira de estar sempre na posição de domínio de sua vida, das suas ações. Através da dominação sexual, Vishous consegue se sentir melhor e tem em mente que não estará mais na posição de dominado, o que ocorreu em seu passado.

É um irmão extremamente desconfiado, por isso o seu livro é tão revelador. Nos mostra um Vishous que se tivesse crescido em outro ambiente não demoraria em confiar nas pessoas. Tem grande estima e confiança para com seus Irmãos e não liga muito para a Virgem Escriba, o que é incomum, já que ela é uma figura importante para a sua raça. Em meio as descobertas do passado dele, o presente é de guerra entre Vampiros e a Sociedade Redutora. Uma guerra que se intensifica a cada dia.

V. leva um tiro e é levado a um hospital de humanos e é nesse momento que a médica Jane Whitcomb entra na vida do misterioso guerreiro. Embora sinta medo, Jane também sente uma curiosidade em relação a Vishous. A curiosidade dela não é apenas como médica, mas também como mulher em descobrir mais sobre esse ser assustador e ao mesmo tempo que desperta desejo. Jane é uma personagem que me cativou e eu gosto muito de sua postura decidida. 

Um livro longo e que em alguns momentos tem leitura um pouco mais lenta. O passado de muita angústia de V. contribui para essa sensação, o leitor é transportado para os acontecimentos e sente o que ele viveu.  O seu relacionamento com Jane é diferente do que aconteceu com os outros Irmãos. O de Vishous faz "mais sentido" dentro da anormalidade da situação na qual os dois se encontraram. Não foi algo instantâneo, diferente dos outros Irmãos. Não podemos esquecer da amizade de Butch e V. Sentimentos confusos, se é realmente só amizade ou se tem algo mais. É um bom livro, Ward continua o seu universo sobrenatural com muito cuidado e aprimorando a sua escrita.
O corpo de V. estremeceu. Ele havia sentido o poder antes... o de seus músculos, o poder de sua mãe em seu destino, o poder do rei em sua vida, o poder de Irmãos em seu trabalho... mas nunca permitira ser derrubado por nada.
Mas agora Jane o derrubou. Apenas segurando seu rosto delicadamente.
P. 295
Compare e Compre
Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Olá, Auri!!
    Gostei muito do livro, pois fala sobre vampiros... sim eu amo vampiros!!
    É uma história bem surpreendente, muita arriscada para eles, que tem sempre que se esconderem dos assassinos, e bem legal, pois o Vishous pode prever o futuro, isso é incrível!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Auri!
    É verdade, esse exemplar é mais longo e tem alguns trechos cansativos, mas nada que não dê para deixar de aguentar e apreciar todos os fatos que se desenrolam e a trama de Vishous.
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Adoro livro de vampiros, na verdade, costumuva gosta mais antigamente do atualmente. Mesmo assim fiquei bastante curiosa com Amente Liberto, porque parece historia bastante envolvente e que deixa a gente ligadinha do inicio ao fim. Gostei bastante da personalidade dos personagens, eles são forte. Espero ter oportunidade conhecer essa narrativa de J.r. WARD

    ResponderExcluir
  4. assim... eu gostei da escrita da ward, eu adorei esse livro o vihous é muito massa (um dos meus personagens favoritos) sem falar que a história dele é punk
    mas meio que abusei dos livros da IAN
    começou a ficar muito repetitivo para mim... acho que li até o depois desse e larguei a série

    ResponderExcluir
  5. Como não amar Vishious. Ate agora foi o livro que mais chorei ( isso porque ainda não cheguei no Sombras ainda, que ja me disseram que é choradeira na certa rrss ). V. é fechado, intenso, e cheio de coisas para serem descoberta, e o que mais amei nesse livro foi a amizade mais que verdadeira dele com Butch. Isso fez desse livro um dos meus favoritos da série

    Parabens pela resenha Auri

    Abçs
    Ana Paula
    http://paixaoporleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Como na resenha dos livros anteriores preferi não ler para não ganhar spoiler da série.

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi falar bastante dessa série, mas ainda não li nenhum e tenho TANTA curiosidade de ler. Amo livros do gêneros mais ~sobrenatural-ish~ e já me falaram muito bem de Irmandade da Adaga Negra. Espero conseguir ler logo!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações