12 de mai de 2017


[Resenha] Poder Extra G - Thati Machado

Ficha Técnica 

Título: Poder Extra G
Autor: Thati Machado
ISBN: 978-85-8246-401-4
Páginas: 240
Ano: 2016
Editora: Astral Cultural
Empoderamento define. É por isso e a partir daí que a história de Nina — e de Nico, de Marcela e de Noah — existe. Nina não é uma mulher de tipos. E não apenas por causa dos seus noventa e dois quilos. Nina tem atitude e amor-próprio. Talvez não nessa ordem, mas quem se importa? Ao namorar Marco, ela achava que estava subindo mais um degrau rumo ao topo de sua autoestima. É claro que alguns sinais lhe alertavam do contrário, só que o ego pode ser bastante ensurdecedor quando nos convém. Depois de se dar conta da farsa que era o seu relacionamento, Nina deixa sua vida em São Paulo e parte rumo a Buenos Aires, para um mês regado a argentinos sedutores e muito doce de leite. Ela só não esperava que o país dos hermanos pudesse lhe trazer muito mais do que uns quilinhos extras.

Resenha


Olha eu aqui com uma nova leitura nacional e que delicia foi ler o chick-lit da Thati Machado. Obrigada Vanessa!! Então, na bienal passada eu fui ao estande da Astral para comprar o livro Chuta Que é Carma!, da Vanessa Bosso e quem estava lá com ela? Sim, a Thati e logo a Vanessa começou a me falar do livro da Thati e que se eu gostava dos seus romances, também gostaria de Poder Extra G. Não deu outra, comprei! Claro que acabei adiando um pouco a leitura, mas vou dizer para vocês, me diverti muito com as aventuras da Nina e também tive aquela injeção de empoderamento que a personagem exala.

Logo no início do livro encontramos Nina em um momento não muito bom de sua vida amorosa. Apesar de ser muito confiante e de saber o que quer, ao iniciar o namoro com Marco acreditou estar subindo um patamar em sua autoestima, afinal, não é todo dia que um cara lindo e sarado olha para uma gordinha, não é mesmo (sim, é verdade, sei bem disso), mas depois de dois anos de namoro, o qual analisando agora era claro que ele não queria assumí-la para sua família e a para a sociedade, ele terminou o relacionamento pelo simples fato de que ele tinha novos objetivos e que estar ao lado dela passaria uma imagem errada.

Agora Nina está em Buenos Aires aproveitando seu mês de férias da editora onde trabalha como revisora e tradutora () e tudo que ela quer é aproveitar, com direito a muito sexo casual, nada de se relacionar sério com alguém em outro país, quando ficaria tão pouco tempo por lá. Entretanto, ela não imaginava que conheceria Nico .
Não é maravilhoso poder conversar com alguém que, assim como você, também ama ler? Marco era um energúmeno preguiçoso que nem chegava perto de revistas ou jornais, muito menos de livros. Mas Nico não era dono de uma livraria por acaso, ele realmente era um grande fã de literatura.
P. 24
Nícolas Viegas, ao contrário de Nina, não está atrás de sexo, ele quer compromisso e vê em Nina alguém especial, ainda que saiba que ela ficará tão pouco tempo na Argentina. Em poucas horas juntos, Nina consegue perceber o quanto Nico é diferente de Marco, e as diferenças são de fato GRITANTES, se a gente parar para pensar nas atitudes dela e na forma que ela pensa nas coisas, não sei como ela ficou tanto tempo com ele.

Enquanto está na cidade em seus passeios turísticos, Nina logo conhece a mãe e o irmão de Nico, que também são maravilhosos, Noah então é um charme a parte. Também conhecemos a melhor amiga dela, Marcela, que é tão decida quanto, mas que não a acompanhou nessa viagem, então continua em São Paulo. Duas mulher independentes e resolvidas.

Quando eu falo em bem resolvida, entenda que Nina é mulher de manequim 48 (eu também era) e nem por isso ela come menos do que gosta, ela aceita que gosta e não se priva de nada para se enquadrar em um padrão imposto pela mídia para vender roupas apenas em tamanhos minúsculos. E o melhor é ter encontrado alguém que aceita exatamente como é.
- (...) Ao contrário do que aconteceu em meus antigos relacionamentos, Nícolas não me ama apesar do meu sobrepeso. Ele me ama e ponto final. Assim, muito simples como sempre desejei que fosse. E sabe, ele adora apertar o que eu tenho em abundância, então...
P. 203
Além da questão do peso, Thati ainda aborda o fato de Nina ser adotada e também a situação do Noah, que não é bem aceita por muitas pessoas, e nos mostra que a incompreensão quase sempre começa dentro de casa.

Resumindo, além de nos divertir muito com os comentários e atitudes de Nina, Thati ainda ajuda tocando em assuntos que ainda são tabus para muitas pessoas. Amei e digo, quem puder, leia!!

Compare e Compre
Comentários
10
Compartilhe

10 comentários:

  1. Oi Layane! Que resenha mais bonita, mulher <3
    Fico feliz que a Vanessa tenha te apresentado o meu livrinho... Ela é uma pessoa muito especial para mim e tem um lugar cativo no meu coração, rs.
    Fico feliz também por você ter dado uma chance para mim e para a Nina e mais ainda por ter gostado da história e ter dividido isso com seus leitores. Obrigada!!! *-*

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não sou muito de ler coisas desse gênero. Não acaba me chamando muita atenção, é aquele tipo de leitura que pego com relutância. Mas a personagem parece ser forte e achei isso legal. Tem muito livro do tipo que me irrito com a personagem principal ou alguma mais próxima e achei essa bem interessante. Gosto de ver uma mulher que se aceita como é e não está nem aí para padrões, é feliz do jeito que é. Isso é uma mensagem bem bacana pra se passar.
    O livro parece divertido e pra quem curte coisas assim pode ser uma ótima pedida ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia!!!! Tenho certeza de que irá se apaixonar por este livro, e digo mais, TEM QUE VIRAR FILME💝💝💝

      Excluir
  3. Lay!
    Muitas coisas dentro de um enredo, hein?
    Já me identifiquei com a protagonista, porque vestia 56, mas agora visto 46, por problemas de saúde, tive de mudar minha alimentação totalmente, me sinto bem e quando era mais gorda, nunca tive problemas com isso.
    E sem contar que amo chick lit, poder rir é sempre bom.
    Quero ler.
    “Sê humilde para evitar o orgulho, mas voa alto para alcançar a sabedoria.” (Santo Agostinho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, Layane!
    Que livro importante! Precisamos de mais e mais histórias como a de Nina na literatura, tanto nacional quanto internacional. É tão bom ver nossos autores apostando em coisas diferentes, desafiadoras, não é mesmo? Os personagens me parecem ser super bem construídos. Dou destaque pro Nico que, pelo que li nessa resenha, é alguém impossível de existir rsrs Fiquei super interessado, quero ler o livro o quanto antes, e vou fazê-lo, pode acreditar! Mas vou aguardar um momento em que estiver procurando algo mais leve.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Uma resenha linda!!!!! Poder Extra G é um livro que você devora em dois dias de tão bom que o danado é... Já li duas vezez!! Os personagens entram na sua vida e você tem a sensação de que são reais... Super diferente 💝

    ResponderExcluir
  6. Oi Lay!
    Adorei o livro haha o nome tem tudo a ver com a história mesmo. Esse ex namorado dela é um ridículo né. Se não queria ou se incomodava com ela, deveria ter terminado antes ou nem se envolvido. Nem li o livro mas já gosto do Nico *-*
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Olá Layane,
    Adorei esse livro, a trama dela e super fofa, amei muito a personalidade da personagem por aceita quem ela realmente é e não liga pra sociedade apenas por ser gordinha e achei isso incrivel nela. Realmente vale a pena ler com certeza estará na minha lista!

    ResponderExcluir
  8. Oi, primeira resenha que leio sobre ele, mas já entrou para os meu desejos. Adorei o que voce descreveu sobre a Nina e já sei que sera uma personagem que eu vou gostar muito.

    ResponderExcluir
  9. Tô louca pra ler esse livro desde que descobrir a autora pela editora Duplo sentido, amo todas as autoras dessa editora <3 depois dessa resenha fiquei mais louca ainda pra ler, o que mais amo nas autoras dessa editora é que todos os livros levantam a questão do empoderamento de alguma forma <3

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações