2 de jun de 2017


[Resenha] A Profecia das Sombras - Rick Riordan

Ficha Técnica 

Título: A Profecia das Sombras
Título Original: The Dark Prophecy
Autor: Rick Riordan
ISBN: 978-85-510-0171-5
Páginas: 336
Ano: 2017
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Intrínseca
Não basta ter perdido os poderes divinos e ter sido enviado para a terra na forma de um adolescente espinhento, rechonchudo e desajeitado. Não basta ter sido humilhado e ter virado servo de uma semideusa maltrapilha e desbocada. Nããão. Para voltar ao Olimpo, Apolo terá que passar por algumas provações. A primeira já foi: livrar o oráculo do Bosque de Dodona das garras de Nero, um dos membros do triunvirato do mal que planeja destruir todos os oráculos existentes para controlar o futuro. Em sua mais nova missão, o ex-deus do Sol, da música, da poesia e da paquera precisa localizar e libertar o próximo oráculo da lista: uma caverna assustadora que pode ajudar Apolo a recuperar sua divindade — isso se não matá-lo ou deixá-lo completamente louco. Para piorar ainda mais a história, entra em cena um imperador romano fascinado por espetáculos cruéis e sanguinários, um vilão que até Nero teme e que Apolo conhece muito bem. Bem demais. Nessa nova aventura eletrizante, hilária e recheada de péssimos haicais, o ex-imortal contará com a ajuda de Leo Valdez e de alguns aliados inesperados — alguns velhos conhecidos, outros nem tanto, mas todos com a mesma certeza: é impossível não amar Apolo.

Resenha


Estamos de volta com a série As Provações de Apolo do querido Rick Riordan. Eu adoro os livros do Rick, seja mitologia grega, romana, egípcia ou nórdica e essa série tem um protagonista delicioso. Pela terceira vez em seus quatro mil anos de existência Apolo foi castigado por Zeus,sendo transformado novamente em mortal, mas dessa vez, como Lester Papadopoulos, Apolo não tem mais sua bela aparência e nenhum poder divino. Além de tudo, vimos em O Oráculo Oculto que ele precisa servir à semideusa Meg McCaffrey, filha da deusa Deméter e cumprir uma longa jornada para talvez retornar ao seu lugar no Olimpo. Depois de ter libertado o oráculo do Bosque de Dodona do domínio de Nero, cabe a ele agora libertar o Oráculo das Sombras de um outro imperador do triunvirato, autointitulado Novo Hércules.

Saindo do Acampamento Meio-Sangue em Nova Iorque e seguindo viagem voando no dragão Festus com seus companheiros de jornada Leo Valdez e Calipso, após seis semanas Apolo finalmente percebe que chegaram ao lugar que procuram, Indianápolis, o lugar onde encontrará o oráculo e seguir com a profecia. Tudo na cidade é estranho logo de cara: Festus se mostra bastante inquieto e a Névoa é muito densa, o que é indício de que há muito a ser escondido dos olhos mortais na cidade.

Assim que chegam são recebidos pelos blemmyae, seres muito estranhos que não tem cabeça e levam as regras da educação muito a sério. Mas seguem ordens como ninguém e isso leva a um embate assim que chegam à cidade - óbvio que não seria fácil.

Após essa recepção nada agradável, Apolo, Leo e Calipso encontram novos aliados na Estação Intermediária, um local criado pela deusa Bristomártis e que serve de apoio muitas vezes para as Caçadoras de Ártemis e que no momento é o lar de Hemiteia e Josephine, duas ex-Caçadoras que vivem juntas e por isso perderam sua imortalidade. Emmie e Jo serão de grande ajuda para os viajantes, afinal interpretar uma profecia corretamente já não é uma tarefa fácil, imagina com o pouco repertório de Apolo, agora que lembra-se de pouquíssimas coisas de todos os seus quatro mil anos?!
- Cobras? Sério?
- Ah, sim - falei. - Há um motivo para o símbolo da medicina ser uma cobra enrolada em um bastão. O veneno foi um dos primeiros remédios.
P. 33
Além da profecia, Apolo também deseja reencontrar Meg, que na última vez que se viram, o deixou em uma situação muito complicada. Porém, ele não esperava que ainda houvesse mais missões dentro dessa jornada para libertar o Oráculo de Trofônio, mas ele precisaria libertar os grifos de Emmie e Jo, além de encontrar a filha adotiva delas, a pequena Georgina, que, após procurar o oráculo tempos atrás, praticamente enlouqueceu por não ter usado o Trono da Memória para extrair a profecia dela.

Apolo, Leo e Calipso formam um grupo bem estranho, mas após seis semanas juntos a gente consegue perceber que as alfinetadas são de pessoas que se querem bem, que gostam um do outro embora não assumam, principalmente Apolo, uma vez que o livro é narrado em primeira pessoa. Quando Apolo reencontra Meg mesmo, ele fica realmente feliz em reencontrá-la, pois até então estava muito preocupado com o que poderia ter acontecido com ela.
Com um estalo metálico e uma explosão de fagulhas, a espada de Litierses parou no meio de um X dourado: as lâminas cruzadas de Meg McCaffrey.
Talvez eu tenha chorado um pouco. Nunca tinha ficado tão feliz de ver alguém, e isso inclui Jacinto na vez que ele  usou aquele smoking incrível no nosso encontro, então dá para ver que estou falando sério.
P. 123
As poucas memórias que Apolo tem de seu longo passado também o fazem refletir, como o dia em que deu a imortalidade para Hemiteia, o dia que seu filho Trofônio lhe pediu ajuda e ele o ignorou, quando ele descobriu que o imperador que estava em Indianápolis era ninguém menos que Cômodo, alguém importante também em seu passado.

A verdade é que Apolo está percebendo uma nova realidade nessa nova jornada como mortal, sem nenhum poder e com os companheiros que tem encontrado no caminho ele tem aprendido muito sobre as pessoas e o principal, sobre si mesmo.
- Aula de piano? Agora?
- Não agora, panaca. Mas em algum momento. Você pode me ensinar?
Que ideia apavorante! Eu gostaria de acreditar que já tinha alcançado certo status na minha carreira de deus da música para não precisar dar aulas de piano a principiantes. Se bem que Meg me pediu para lhe ensinar, não ordenou. Detectei algo de hesitante e esperançoso na voz dela, um broto verde novinho de chia surgindo.
P. 240
Mais uma vez Rick nos apresenta um livro repleto de ação, aventura, mitologia e amizade. Os personagens são muito bem apresentados e até aqueles que aparecem pouco como Litierses e Jamie mostram que existe muito mais sobre eles a ser revelado. E falando em Jamie, Rick aproveita a deixa para falar sobre outras divindades, ainda que superficialmente.
- Você quer dizer de outros deuses.
- Isso. Ele mencionou os iorubás, mas admito que sei bem pouco sobre eles.
- Como isso é possível? Outros panteões de deuses, lado a lado?
Dei de ombros. A imaginação limitada dos mortais costumava me surpreender, como se o mundo só pudesse ser uma coisa ou outra. Às vezes, os humanos pareciam tão presos ao modo de pensar quanto aos corpos mortais.
P. 319 
Muita coisa ainda está para acontecer em As Provações de Apolo, afinal a nova profecia é nada menos que um soneto shakespeariano completo, ou seja, quatro estrofes de más notícias e agora Apolo e Meg precisarão ir em busca de um novo oráculo e salvá-lo do triunvirato.

Saraiva | Fnac 
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Lay!
    Gosto muito das fantasias mitológicas criadas pelo Rick Riordan e ver mais um livro dessa série, cheiro de aventuras e ação, gosstei muito.
    Faz tempo que não leio os livros do autor e esse seria uma boa pedida.
    Desejo um mês cheio de prosperidade!
    “A sabedoria consiste em compreender que o tempo dedicado ao trabalho nunca é perdido.” (Ralph Waldo Emerson)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    Nossa, que resenha maravilhosa! Adorei mesmo.
    O Rick Riordan é um mestre dos livros infanto-juvenis, e A Profecia das Sombras deve apresentar-se como mais uma de suas obras cheias de aventura e personagens cativantes.
    Louco para ler essa série!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Sou apaixonada por mitologias por causa dos livros do Rick, imagine minha alegria quando descobrir que ele ia fazer uma série do ponto de vista do próprio deus Apolo, infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler nem o primeiro nem esse mas espero mudar isso em breve principalmente por causa das suas resenhas <3

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho muita curiosidade em ler algum livro do autor Rick Riordan, e tenho alguns livros dele em minha lista de leituras inclusive Profecia das Sobras, gosto muito de livros de ação, mitologia, e sua resenha sobre o livro me deixou mais ansiosa ainda para ler e conferir esta história.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Tenho muita vontande de ler os livros de Rick Riordan, são historias fantastica com bastante mitiologia grega, algo que me fascina. A historia e incrivel, super interessante me fez querer ler, conhecer muito mas a historia procura viajar nesse novo universo.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações