29 de ago de 2017


[Capas pelo Mundo] O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá


Olá leitores do De Tudo um Pouquinho! O Capas pelo Mundo do mês de agosto é com um livro que adoro e o escolhi por causa da primeira Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô). Jorge Amado foi um dos homenageados dessa primeira edição e descobri, visitando a Fundação Casa de Jorge Amado, que seu livro infantil O Gato malhado e a Andorinha Sinhá foi publicado em outros países. O livro que foi escrito para seu filho João Jorge e anos depois João decidiu entregar a obra para Carybé ilustrar. Não era intenção de Jorge Amado publicar, já que seria um presente para seu filho, mas ainda bem que o grande público teve acesso a essa história tão tocante do autor. 

Vamos as capas!


Brasil


Portugal

A minha edição de O Gato malhado e a Andorinha Sinhá é a segunda capa brasileira e sou apaixonada por ela, um projeto muito bonito, cuidadoso da Companhia das Letrinhas. 


Alemanha e Argentina 


Canadá e Grécia 

Na Fundação Casa de Jorge Amado tinha algumas edições de O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá e me lembro de ter visto a capa canadense. Apesar de ser simples, acho a capa de muito bom gosto e ao vivo ela é mais bonita!


Itália e Rússia


Sérvia e Turquia

Amei a capa italiana! Tudo bem que não tem na capa as ilustrações de Carybé, mas a capa ficou tão linda que deixei esse grande detalhe passar haha 

Me digam nos comentários quais capas vocês mais gostaram, quais edições gostariam de ter na estante e aquelas que não agradaram muito. Até o próximo Capas pelo Mundo! 

Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Eu não conhecia esse livro, ao menos não que me lembre, mas eu adorei ver mais sobre as capas dele. Sempre fico curiosa ao pensar em como são as capas dos livros em diferentes países.
    Gostei muito da capa Italiana, Canadense e a alemã, algo nela, por mais simples que seja conquistou minha atenção.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Auri, ainda não tive a oportunidade de conhecer esse livro mas curti muito a segunda capa nacional. Sobre as outras, achei até um pouco parecidas e de um modo geral bonitas ;)

    ResponderExcluir
  3. Auri!
    O que mais gostei de ver é que mesmo as capas do Brasil, tanto quanto as estrangeiras, seguiram o mesmo padrão, o que achei fascinante, porque mantém a essência.
    Desejo uma semana mais que tranquilo e abençoado!
    “Deus com Sua infinita Sabedoria, escondeu o Inferno no meio do Paraíso para que nós sempre estivéssemos atentos.” (Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li esse livro, porém parece ser uma historinha bem legal.
    As capas brasileiras são muito lindas, mas a capa do Cana´da é maravilhosa!
    Adorei esse post! Quero mais.

    ResponderExcluir
  5. Hey,

    Nunca li o livro mas já ouvir falar, amei as capas do Canadá e da Turquia

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Que legal que autores nacional, também teve seus livros publicado fora do Brasil, isso e um reconhecimento maravilhoso. Não tinha conhecido essa historia mas com certeza deve haver um aprendizado muito fofo.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações