8 de ago de 2017


[Resenha] Irresistíveis - Christina Lauren

Ficha Técnica 

Título: Irresistíveis
Título Original: Beautiful
Autor: Christina Lauren
ISBN: 978-85-503-0092-4
Páginas: 416
Ano: 2017
Tradutor: Mauricio Tamboni
Editora: Universo dos Livros
A série sexy mais aclamada dos últimos tempos chega ao seu episódio final… Ao encontrar o namorado transando com outra mulher em sua casa, Pippa Bay Cox deixa Londres e vai aos Estados Unidos com Ruby Miller e alguns de seus amigos participar de uma roadtrip regada a muito vinho. Para Jensen Bergstrom, investir na carreira é a forma natural de enfrentar um fim de relacionamento e seguir em frente. Completamente soterrado por sua necessidade de obter sucesso profissional e por uma imensa carga de trabalho, ele dedica pouco tempo a si mesmo; no entanto, resolve abrir um espaço na agenda para viajar com sua irmã Hanna e alguns amigos. Ele só não contava reencontrar a garota excêntrica que conhecera no voo, e talvez ela seja demais para aguentar… Ou talvez seja exatamente do que ele precisa. Nessa roadtrip de Long Island até Vermont, muita coisa irá acontecer: desde inesperadas mudanças em Chloe e em Sara, uma nova faceta de Will, avalanches de mensagens de texto de Bennett e enfim um desfecho para George. Viva novamente as aventuras e romances emocionantes desse grupo que é, no mínimo, irresistível.

Resenha


Ai gente, sabendo que esse é o último livro da série Cretino Irresistível é difícil até começar a escrever essa resenha, mas vamos lá, né?! Quando lemos Playboy Irresistível a gente viu que Jensen foi o amigo de Will dos tempos de faculdade que pediu que saísse um pouco com a irmã dele, Hanna, agora que ela estava morando em Nova Iorque. Como eles eram amigos há muito tempo, Will iria fazer esse favor, mesmo sem saber que Hanna sempre foi apaixonada por ele e isso o levou ao seu casamento com ela algum tempo depois, como a gente viu em Chefe Irresistível. Agora a gente irá conhecer a história do Jensen.

Jensen Bergstrom tem trinta e quatro anos e há seis está absolutamente focado na ascensão de sua carreira como advogado em um escritório de fusões empresariais, tudo isso porque, depois de anos namorando com Becky e seis meses de casamento com ela, Becky percebeu que não estava feliz com que o futuro lhe reservava e pediu o divórcio. Desde então Jensen fechou seu coração, apenas poucos casos ao longo do tempo, dedicação total ao trabalho, pouco tempo com os amigos, apenas interações necessárias ao progresso na empresa e assim o encontramos no início de Irresistíveis, quando ele está voltando de Londres para Boston, onde foi cuidar de uma fusão empresarial. E nesse voo ele conhece Pippa.

Fomos apresentados superficialmente à Pippa em Surpresa Irresistível, pois ela trabalha na mesma empresa que Ruby.  Ela mora em Londres, mas além de estar desmotivada com seu trabalho, ela acabou de pegar seu namorado (que morava com ela e ela dava todo apoio emocional e financeiro para ele alcançar seus objetivos) traindo-a em sua própria cama. Ainda bem que dentro de pouco tempo ela iria de férias encontrar alguns amigos em Boston, onde faria uma roadtrip. No voo para Boston ela conhece Jensen e a gente percebe como eles são diferentes.
Eu não suportava ficar aqui nem um segundo mais. Eu o detestava, odiava o trabalho, o escritório sem graça, o fato de eu me sentir tão inútil ao fim do dia de trabalho e ir direto para o bar.
P. 289
Mas o que parecia que terminaria ali na verdade é apenas a primeira interação deles, afinal, Pippa está indo para o aniversário de Annabel (filha de Max e Sara) que acontecerá na casa de Will e Hanna (que são praticamente vizinhos de Jensen) e depois partirá com Will, Hanna, Niall e Ruby em uma roadtrip por alguns vinhedos na Costa Leste e agora, em um impulso ocasionado pela pressão de Hanna, Jensen irá tirar férias depois de muitos anos e seguirá também nessa viagem.
Tentei imaginar duas semanas com Will e Ziggy, duas semanas de vinícolas, cervejarias, horas de sono... E a ideia parecia tão boa que eu quase quis chorar.
P. 51
Em uma viagem com dois casais e um casal de solteiros, já está na cara que esperam que Jensen e Pippa fiquem juntos, mas Pippa está com o coração partido e Jensen não pretende se envolver com ninguém tão cedo, mas quanto mais os dois ficam juntos, mais a gente percebe que um precisa do outro. Pippa é muito impulsiva e enérgica, algo que não passa nem perto da rigidez e sobriedade de Jensen e essa diferença vai o do modo de se vestir ao seu comportamento.
Sem sequer lançar um olhar na minha direção - sério, ele era tão sensualmente um homem em uma missão -, Jensen ergueu o machado sobre seu braço direito e golpeou, afundando-o no tronco. O som ecoou à nossa volta, fazendo bandos de pássaros deixarem o conforto de seus ninhos nas árvores em volta.
- Puta merda! Agora sinto que sou um homem! - ele rugiu surpreso, rindo enquanto puxava o machado de volta para desferir outro golpe.
Sua camiseta era branca e, abaixo dela, eu podia ver os músculos de suas costas se apertando quando ele golpeava a madeira com o machado. Hanna dançava ao meu lado, gritando palavras de encorajamento para seu irmão, mas minha atenção estava totalmente focada em Jensen. E em suas costas.
P. 216
Quando vemos ao longo da viagem Pippa perceber que pode dar uma chance sim à outra pessoa e a mudança de comportamento de Jensen, mais leve a gente vê o quão bem eles fazem um ao outro. Claro que isso não significa muita coisa para eles, afinal Pippa mora em Londres e Jensen é focado demais no trabalho para sequer perceber que gosta de estar com ela.
É uma pena que eu seja excêntrica demais para você.
É uma pena que você seja ocupado demais para mim.
É uma pena que eu esteja descobrindo meu coração e você já isolou o seu.

P. 203
Além do casal, temos a presença constante de Will, Hanna, Niall e Ruby na viagem, indiretamente Max, Sara, Chloe e Bennett em suas mensagens de texto hilárias e tivemos a reunião de todos no início do livro e depois também. Adoro a interação dos casais, a amizade, a evolução dos relacionamentos e no epílogo, a Christina a e Lauren ainda nos presentearam com momentos lindos dos nossos casais amados.

Mais uma vez amei um livro das meninas. Mais uma vez suspirei com os personagens, ri com eles, sofri com eles. Quando via Jensen focado em sua carreira e com poucos amigos, lembrei de mim, assim como Pippa e sua desmotivação com o emprego. Os personagens da Christina e da Lauren são muito reais, muito divertidos e nos sentimos completamente atraídos por eles e pela leitura e quando nos damos conta, já acabou e queremos mais.

Com o final da série Cretino Irresistível fica apenas por enquanto a vontade de que venham mais livros da série Selvagem Irresistível que também está sendo publicada aqui no Brasil pela Universo dos Livros.

Só tenho a dizer: AMEI ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ Para quem ainda não leu a série e querem começar, ainda que cada livro tenha um casal e as histórias sejam independentes, sugiro que leiam na ordem, para não pegar spoilers, ok?!

Comentários
10
Compartilhe

10 comentários:

  1. Apesar de conhecer essa série de nome, nunca me interessei por ela. Talvez eu seja chata de tão seletiva que sou com romances, mas é que não faz mesmo meu tipo. Ainda sim, que pena que a série acabou para os fãs, mas como tudo tem que ter um fim, é ótimo que tenha sido com um livro emocionante e divertido. Adoro séries de romances em que cada livro é independente, pois acho incrível matar a saudades dos personagens dos livros interiores com suas pequenas participações nos livros seguintes. Aquela sensação de amizade e companheirismo que há entre os casais é algo que sempre me deixa feliz, tipo, meta de amizade para o resto da vida, sabe? Caso algum dia bata a vontade de ler essa série, lerei na ordem de lançamento. Além dos pequenos spoilers, sempre bate um pequeno toc só de pensar em começar fora de ordem.
    Abraços! <3

    ResponderExcluir
  2. Oi Lay, ainda não dei continuidade a série, parei no 1,5 se não me engano haha, mas tenho lido tantas resenhas dos livros dessas autoras ultimamente que tenho ficado tentada a retomar. Pela resenha deu pra perceber que elas fecharam com chave de ouro a série e entregaram uma história boa, com protagonistas cativantes, eu já gostei de ambos e trouxe muito dos protagonista anteriores pra matar a saudade <3 Curti a resenha e espero ler outros livros das autoras futuramente ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Lili, voltaaaaaaaaaaaa
      Você vai amar demais, tenho certeza!

      Excluir
  3. LAY!
    Que delícia ver um relacionamento sendo construído aos poucos através da amizade e da conquista entre protagonistas tão diferentes e opostos.
    Claro que os trechos mais hots são primordiais, porém o que mais me encanta é que vem acompanhados de uma conquista gradativa.
    Bom ver uma série terminar de maneira agradável.
    Desejo uma ótima semana!
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Rudy, a sensação quando uma série termina de maneira incrível é tão incrível quanto. Às vezes podemos pensar que uma série é grande demais ou outra coisa, mas quando os personagens são cativantes e vemos que a série não está sendo prolongada apenas para faturar e sim porque são personagens que crescem ao longo da história e merecem seu lugar ao sol é simplesmente maravilhoso. E foi o que aconteceu com Cretino, ela foi crescendo a medida que seus personagens também cresciam <3

      Excluir
  4. Olá !!
    Algum tempo atrás vi os dois primeiros livros na biblioteca e pensei" Por que não ler ?".
    MENINA,que lacre !!
    Adorei os personagens eles são tao cretinos e viciantes.
    Quero um dia ter a oportunidade de continuar a série porque sei que cada livro está está melhor que o outro.

    Quero !!
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga, porque só melhora <3 Amor demais <3

      Excluir
  5. Eu comecei a ler essa série queria muito ter gostado, porém achei uma história muito superficial e não consegui avançar nela!
    Li só o primeiro livro e não gostei, o que é uma pena, pois a maioria das pessoas que eu vejo falando sobre essa série morre por elas!
    Mas para mim não funcionou!

    ResponderExcluir
  6. Hey,

    Já ouvi falar da série mas, nunca li nenhum livro dela, pois não faz o meu tipo de leitura. E mesmo sendo uma ótima resenha não pretendo ler o livro.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Um livro desse e deixa de suspirar a cada pagina. Já tinha lido resenha dele e sempre me deixou curiosa pela trama, a premissa é muito boa. O casal é super fofo, totalmente oposto um do outro mais com certeza um romance que vai balanceia essa historia. Desejo muito ler essa serie!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações