3 de set de 2017


[Resenha] O Último Adeus - Abbi Glines

Ficha Técnica 

Título: O Último Adeus
Título Original: The Best Goodbye
Autor: Abbi Glines
ISBN: 978-85-8041-736-4
Páginas: 224
Ano: 2017
Tradutor: Cássia Zanon
Editora: Arqueiro
River Kipling, mais conhecido como Capitão, está em Rosemary Beach para montar um restaurante de luxo para seu patrão. Dono de um passado sórdido e de um presente misterioso, ele não vê a hora de concluir o trabalho e ir embora da cidade para realizar seu sonho: abrir um negócio próprio à beira-mar num lugar onde ninguém tenha ouvido falar dele. Mas, quando Capitão conhece Rose Henderson, sua ânsia de partir de repente fica em segundo plano. Há algo na risada dela que é familiar demais, e o modo como ela olha para ele o faz lembrar de alguém importante que perdeu há muito tempo. No entanto, a única coisa que Rose revela é que é uma mãe solteira que trabalha duro para sustentar a filha. Enquanto tenta desvendar os segredos da linda ruiva de óculos engraçadinhos e curvas estonteantes e entender por que ela mexe tanto com seus sentimentos, Capitão precisa fugir da marcação cerrada de Elle, a ex-namorada que não mede esforços para afastá-lo de Rose. Ao mesmo tempo, tem que encarar os fantasmas de seu passado para se tornar um homem melhor e construir um futuro do qual possa se orgulhar. Nesta sequência da série Rosemary Beach, Abbi Glines mais uma vez escreve uma narrativa ardente e emocionante. Com personagens verossímeis e heróis imperfeitos, O último adeus fala sobre o inesgotável poder de transformação do amor.

Resenha


E hoje a Abbi Glines está na Bienal do Livro do Rio e aqui no blog estamos em mais um livro da Saga Rosemary Beach. Sim, a série é imensa (se não me perdi na conta, esse é o 13º livro - contando com o e-book do Kiro e da Emily), mas eu adoro os personagens e os livros são tão curtinhos que a leitura é super rápida.

Desde que apareceu (não me lembro mais em qual livro) Capitão vem ganhando força dentro da história. Irmão de Blaire, sempre houve o ar de mistério em torno dele, seu passado é uma incógnita e, finalmente em O Último Adeus vamos descobri o que se passa em sua vida (sim, sou curiosa mesmo, kkk). Embora tenhamos descoberto sua profissão em Ao Seu Encontro - quando ele ganhou ainda maior destaque - fica a pergunta de como ele chegou nesse ponto de sua vida.

Como vimos no final desse mesmo livro, Capitão deixou a profissão e foi para Rosemary Beach com o objetivo de abrir um restaurante para Arthur Stout, que conheceu quando estava em Fort Worth, no Texas. Depois disso, seu projeto é seguir seu caminho. Se tem uma coisa que Capitão não faz, é ficar em um lugar por muito tempo, ainda que nesse lugar more sua irmã recém encontrada. Viver em família é algo que ele não sabe lidar muito bem. Entretanto, sua resolução será abalada quando ele prestar atenção em Rose Henderson.

Rose deixou Oklahoma e foi para Rosemary Beach com o objetivo de trabalhar no novo restaurante da cidade, o único lugar com exceção do Kerrington Country Club que traria boas gorjetas. Ela é uma mulher em uma missão. Sua filha Ann Frances, ou simplesmente Franny de nove anos, desde seu aniversário de cinco anos lhe faz um pedido e ela tenta a todo custo realizar seu desejo, mas trabalhar nesse restaurante não será uma tarefa fácil mesmo antes da inauguração. Lidar com Elle, chefe do salão e consequentemente sua chefe direta é um verdadeiro martírio, parece que a mulher faz de tudo para complicar a vida de Rose e Capitão também não ajuda, ele demonstra mesmo que não gosta de estar perto dela.
Era a risada dela. Brad a fez rir o suficiente hoje para que eu tivesse muitas oportunidades de avaliar. Dizer que a risada de Rose lembrava a risada dela era pouco. Rose tinha a mesma risada de Addy. Até mesmo o jeito que seus olhos dançavam e o jeito como ela virava a cabeça eram idênticos. Era duro ver e ouvir aquilo.
P. 36
O que a gente descobre é que Rose lembra muito alguém do passado de River e ele não gosta nem um pouco dessas lembranças, pois o faz sofrer demais, tanto que ele não se relaciona com mulheres que tenham o mesmo tipo físico de sua Addy, baixinhas e louras.

Se tem uma coisa que eu gosto bastante nos livros da Abbi é que não tem muita enrolação, as coisas acontecem logo. De início já sabemos a motivação de Rose e ficamos apreensivos em saber como será o desfecho da história, como os personagens lidarão com os segredos do passado. Além de que ela sempre dá a dica de quem será o personagem principal do próximo livro.

Alternando a narrativa entre Rose e Capitão, ambos relatando presente e passado, a história passa tão rápido que quando a gente percebe já está no final do livro e querendo mais e mais.

Bem, o próximo livro é o último da saga e mesmo sendo da Nan (não suporto ela) quero ler, afinal, preciso saber essa história e como a Abbi encerrará essa saga que nós acompanhamos aqui no Brasil desde 2013. Até a próxima ;)

Conheça a Saga Rosemary Beach

Kiro e Emily - e-book gratuito
Ao Seu Encontro

Saraiva | Cultura | Fnac | Livraria da Folha


Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Lay!
    Infelizmente ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro da autora e até fiquei ‘voando’ em algumas partes da resenha, porque não conheço a série, mas deu para ver que o tal Capitão é o bambambam da história.
    Gostei de ver que a narrativa é alternada entre os dois protagonista, porque deixa uma visão mais abrangente.
    Desejo um mês repleto de realizações e um domingo de alegrias.
    “A sabedoria é um adorno na prosperidade e um refúgio na adversidade.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Oi Layane, tudo bem?
    Eu geralmente não costume ler livros do gênero, mas a premissa de alguns livros da série, inclusive este me chamaram muito atenção. O que me desanima é saber que são 13 livros, meu Deus é livro demais hahaha
    Gostei de saber que a autora não gosta de enrolação, porque eu também não, estórias assim me tiram dos nervos. Curiosa para conhecer a escrita da Abbi.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Hey,

    Como disse nas resenha dos outros livros dessa série, essa série não faz meu estilo de leitura, então não é algo que eu leria.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Acredita que já li varias resenhas desses livros, porém não sabia que era serie, mas é bom saber. Gostei bastante da resenha, tem uma historia bastante interessante e achei bem complicado o personagem trata uma pessoa que se parece com uma pessoa do passado sendo que não tem nada haver e nem sabe de nada, achei meio errado isso mas haverá motivos né.. Estou desejando conhecer a serie e a escrita da autora!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Nossa a série é muito grande, 13 livros - coitado do meu dinheiro haha
    Adorei saber mais sobre esse livro e gostaria de lê-lo em algum dia.
    Mas essa série da para ser lida de forma independente ou só em sequência?
    Beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações