27 de out de 2017


[Resenha] Amor & Gelato - Jenna Evans Welch

Ficha Técnica 

Título: Amor & Gelato
Título Original: Love & Gelato
Autor: Jenna Evans Welch
ISBN: 978-85-510-0234-6
Páginas: 320
Ano: 2017
Tradutor: Joana Faro
Editora: Intrínseca
Depois da morte da mãe, Lina fica com a missão de realizar um último pedido: ir até a Itália para conhecer o pai. Do dia para a noite, ela se vê na famosa paisagem da Toscana, morando em uma casa localizada no mesmo terreno de um cemitério memorial de soldados americanos da Segunda Guerra Mundial, com um homem que nunca tinha ouvido falar. Apesar das belezas arquitetônicas, da história da cidade e das comidas maravilhosas, o que Lina mais quer é ir embora correndo dali. Mas as coisas começam a mudar quando ela recebe um antigo diário da mãe. Nele, a menina embarca em uma misteriosa história de amor, que pode explicar suas próprias origens. No meio desse turbilhão de emoções, Lina ainda conhece Ren e Thomas, dois meninos lindos que vão mexer ainda mais com seu coração. Uma trajetória que fará Lina descobrir o amor, a si mesma e também aprender a lidar com a perda. Amor & gelato é uma deliciosa viagem pelos mais românticos pontos turísticos italianos, com direito a tudo de mais intenso que o lugar tem a oferecer: desde paixões até corações partidos.

Resenha

Além disso, eu sou italiano. Então tudo fica naturalmente elegante em mim.
Ren, p. 56
Amor & Gelato é um livro fofo. Daqueles bem amorzinho mesmo. Mesmo com uma premissa triste, o livro tão é gostoso  e satisfatório quanto o gelato do título. Além da capa ser uma gracinha, o estilo de escrita da Jenna faz a leitura ser super rápida e mantém a gente curiosa sobre o que vai acontecer com os personagens.

O livro começa com Lina viajando para a Itália para cumprir a promessa que fez à mãe antes desta morrer (personagens com câncer me perseguem). Lá, ela vai morar com o pai, que ela não conhecia e nem sabia que existia. Depois do choque inicial de morar num cemitério, Lina conhece o divertido Ren (Lorenzo) e seus amigos e recebe um antigo diário da mãe, de quando esta estava na faculdade. A partir deste diário, ela vai descobrir mais sobre a mãe que ela achava que conhecia e sobre a relação dela com seu pai.

Lina é uma personagem simpática e que podia ser sua melhor amiga (exceto que nenhuma das minhas amigas corre quilômetros todos os dias). Ela está passando por um momento difícil depois da morte da mãe e nem ela nem as pessoas ao redor sabem lidar com a situação. Sua melhor amiga está a quilômetros de distância, seu pai é um completo desconhecido e ela sente muita falta da mãe. No meio desse turbilhão emocional surge Ren, o meio italiano mais simpático e graciosamente metido que você vai conhecer. Ren é amigável e legal e sempre disposto a participar das investigações de última hora sobre o passado da mãe de Lina. Ele é sincero e um dos melhores amigos que você poderia desejar. A medalha de bronze de personagem mais legal fica com Howard, o pai desconhecido que eu imaginei interpretado pelo Liam Neeson (já até consigo imaginar ele dizendo "Eu vou procurar você. Eu vou te achar. E eu vou te dar um monte de sorvete."). O Howard é um cara genuinamente legal, além de realmente se esforçar pra se conectar com a Lina.

O livro intercala a narrativa da Lina conhecendo a Itália, fazendo novos amigos e lendo o diário da mãe, e trechos do próprio diário, que nos fazem entender porque ela nunca contou toda a história para a filha. As duas personagens conhecem a Itália pela primeira vez, em circunstância parecidas, e a gente acompanha os dois pontos de vista de forma interligada. É uma leitura fácil, divertida e cativante. Dá vontade de ir pra Itália, se apaixonar e tomar sorvete (mentira, eu iria só pela comida mesmo!).

Amazon | Cultura | Fnac | Livraria da Folha
Comentários
3
Compartilhe

3 comentários:

  1. Tamy!
    Deve ser um livro delícia de ler.
    Como tenho descendência italiana, tenho a maior vontade de conhecer a Itália e Florença e saber que o livro, além de todo romance, todo mistério que envolve a vida da mãe da protagonista, ainda traz tipo um guia, me deixou bem interessada.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.” (George Lord Byron)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. O livro tem uma capa linda e bem convidativa.
    A premissa do livro não chama muito minha atenção, mas talvez venha a ler se tiver oportunidade.
    Mas morro de vontade de conhecer a Itália, parece ser incrível!

    ResponderExcluir
  3. Eu tô com esse livro mas ainda n tive taaanta vontade de ler
    heheheheeeh
    já li resenhas boas e outras nem tanto...vou dar um tempinho!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações