22 de nov de 2017


[Resenha] Virando o Jogo - J. Sterling

Ficha Técnica

Título: Virando o Jogo 
Título Original: The Game Changer
Autor: J. Sterling
ISBN: 978-85-62409-24-0
Páginas: 280
Ano: 2014
Tradutor: Chico Lopes
Editora: Faro Editorial
Ela o queria de volta. Mas como saber se não está lutando contra o destino? Jack e Cassie rapidamente percebem que a nova vida dele como astro do time muitas vezes pode ser cruel. A felicidade do casal novamente é posta à prova, e os erros do passado parecem retornar com mais força. Depois de um ano tumultuado, Jack e Cassie finalmente estão onde sempre quiseram estar: juntos!Mas permanecer ao lado de Jack não é fácil para uma garota. Ele sabe que é sua última chance de provar seu amor para Cassie e quer fazer tudo dar certo. Mas como transmitir uma segurança capaz de deixá-la tranquila diante de tanto assédio? Cassie deve aprender a navegar nas águas deste novo mundo, em que os olhos de todos estão voltados para Jack. É um estilo de vida que a faz questionar sua felicidade, e sua própria sanidade, e se perguntar continuamente: "Como acreditar que podem ficar juntos quando tudo parece querer separá-los?"

Resenha


Primeiro nós conhecemos Cassie e Jack em O Jogo Perfeito, como foi o início do relacionamento deles, a entrada de Jack em um time profissional de beisebol e como isso afetou o relacionamento, do casal, a confiança entre eles. Em Virando o Jogo a história começa exatamente onde O Jogo Perfeito terminou, ou seja, na reconciliação deles.  


Enquanto estava afastada de Jack, Cassie tentou seguir em frente com sua vida, primeiro onde estava, no sul da Califórnia, e depois em Nova Iorque, onde foi trabalhar em uma revista e isso é um traço importante de sua personalidade, a quantidade de vezes que foi desapontada fizeram com que ela criasse um escudo para se proteger e quando viu Jack fora de sua vida, percebeu que era absolutamente necessário seguir em frente. Para Jack esse período também foi muito turbulento, mas aqui teremos mais detalhes sobre o que aconteceu nesse período e como foi para ele chegar até Cassie novamente para ganhar uma segunda chance, a possibilidade de reconquistar sua confiança.
Abri meus olhos na manhã seguinte, meio aterrorizada de que tudo tivesse sido um sonho... embora um sonho lindamente excitante, doce, romântico. Meu olhar rapidamente pousou sobre Jack esparramado na cama ao meu lado, parecendo muito satisfeito em dormir. A mera visão dele fez meu coração disparar, mas eu resisti à ânsia de despertá-lo para o segundo round. Ou seria o terceiro? Todas as emoções da noite anterior se confundiam dentro de mim e, antes que eu pudesse assimilá-las totalmente, percebi que realmente me sentia feliz. Aparentemente, a felicidade vinha me evitando há meses.
P. 09
Embora o período que passaram longe um do outro tenha sido difícil para ambos, agora que estão juntos novamente e Jack é o novo astro do Mets de Nova Iorque, eles precisarão lidar com a agressividade da impressa, mas esse será um desafio principalmente para Cassie, que será duramente hostilizada e precisará encontrar o equilíbrio se quiser que esse relacionamento tenha um futuro.
Eu amava Jack, mas a questão era comigo. Amar Jack colocava meu amor-próprio em risco. Uma garota só poderia suportar constrangimentos e críticas de tantas frentes até que sua autoestima começasse a despencar. E isso não era saudável para nenhum de nós dois.
P. 207
Os personagens amadureceram, mas ainda tenho que destacar Cassie, afinal, mesmo vendo casais literários onde as mocinhas são fortes, algumas acabam perdendo parte dessa característica e Cassie permanece durante todo o livro tentando não se perder de si mesma e isso não é uma tarefa fácil.
— Eu amo você. Não quero estar em parte alguma sem você. Você me disse uma vez que eu era aquela que o ajudava a virar o jogo, mas o fato é que você é isso para mim também. Levei algum tempo para perceber, mas finalmente percebi. Você é quem vira meu jogo. Porque nada mais importa se você não está comigo.P. 253
Mais uma vez a Jenn amarra muito bem o final do livro. Assim como em O Jogo Perfeito a história poderia ter terminado ali, aqui acontece o mesmo, mas sabemos que se trata de uma trilogia, então vamos para a leitura de O Jogo Mais Doce, onde espero continuar vendo o amadurecimento de Cassie e Jack e também quero um pouco mais de Melissa e Dean, personagens que amo muito também.



Amazon | Fnac | Cultura | Livraria da Folha
Comentários
3
Compartilhe

3 comentários:

  1. Lay!
    Acho ótimo quando as personagens amadurecem no decorrer dos livros da série e como falou, a autora trouxe um final de arrasar, acredito que valha a pena a leitura, embora não entenda nada de beisebol...kkkkkk
    “ Lança o saber e não terás tristeza.” (Lao-Tsé)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Oi Lay
    Eu tô no meio de uma série e acho q vou ficar um tempinho lendo livros únicos hehehehehe mas vou anotar os nomes pra mais pra frente, ler!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu gostei do livro, tem uma personagem super forte que luta pelo que quer e procura não se perder de si mesma, eu gostei muito dela. A trama é envolvente e bem maravilhosa, já estou querendo o livro!

    Meu Blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações