25 de nov de 2017


[Seriando um Pouquinho] Big Little Lies



Sinopse: Big Little Lies conta a história de três mães que se aproximam quando seus filhos passam a estudar juntos no jardim de infância. Até então, elas levam vidas aparentemente perfeitas, mas os acontecimentos que se desenrolam levam as três a extremos como assassinato e subversão.

Dessa vez venho falar de uma série da HBO. Na verdade, Big Little Lies é uma minissérie em 07 (sete) episódios baseada no romance de Liane Moriarty.  Criada por David E. Kelley, a produção foi dirigida por Jean-Marc Vallée. Somos apresentados aos personagens em duas linhas do tempo simultâneas. A primeira, onde acompanhamos depoimentos de uma investigação de homicídio e a outra linha do tempo remonta o passado a partir da chegada de Jane (Shailene Woodley) à cidade. Interessante ver que durante os depoimentos da linha do tempo que seria o presente, nós ouvimos os demais personagens citarem e falarem bastante das famílias protagonistas.


Basicamente nos é apresentada a história de três mulheres contemporâneas Madeline (Reese Witherspoon), Celeste (Nicole Kidman) e Jane (Shailene Woodley). Todas mães de crianças que estão ingressando juntas no primeiro ano de uma escola na cidade de Monterey, na Califórnia. Esse é o ponto que interliga todas as famílias envolvidas na trama, os filhos. A primeira vista parece que temos uma “Queen Bee” rodeadas das operárias, mas na verdade, quando você termina a série inteira, o que se pode ver é a união das mulheres fragilizadas por seus problemas que acabam se unindo. 

A série é bastante atual e contempla a mulher contemporânea que é mãe solteira, divorciada, vivendo um segundo casamento ou um aparente casamento feliz. Retrata mulheres que trabalham ou dedicam seu tempo para cuidar da família. Além de tocar em temas polêmicos como abuso sexual, violência, adultério, bullying etc.


Desde o início fica claro que alguém morreu e esse mistério instiga a nossa curiosidade. Para mim ficou claro, no decorrer da história, qual personagem seria morto, mas, ainda assim, é instigante descobrir como as ações de todos desencadeiam a situação do homicídio. As pequenas mentiras que parecem ser inofensivas se mostram grandes mentiras (o título da série é perfeito) que interferem nas relações sociais de toda a elite da cidade.

 



Todas as personagens principais femininas são bem interpretadas. Mas tenho que tecer elogios à Alexander Skarsgård, que vive Perry, marido de Celeste. Pai de gêmeos, homem que sustenta a família, alto, sarado, tudo que normalmente seria o desejo das mulheres (e de alguns homens). Mas como nada é tão perfeito quanto parece, esta família de comercial de margarina não é exatamente feliz. Com poucos diálogos, mas uma interpretação marcante através do olhar e do gestual, Alexander Skarsgård se mostra um homem abusivo, violento, doente. As cenas do casal são uma mistura de emoções, são excitantes, revoltantes, repugnantes. Nicole Kidman se mostra perfeita para o papel. O casal funcionou tão bem na série que ambos renderam prêmios Emmy: Alexander Skarsgård levou como melhor ator coadjuvante e Nicole Kidman como atriz principal.




Aliás, todo o elenco tem uma qualidade visível. Reese Witherspoon, como Madeline por exemplo, vive uma mulher histérica, engraçada. O público se diverte com ela, mas também, entende que toda essa proatividade da personagem e histeria, são máscaras para esconder os problemas com a família. Shailene Woodley também se destaca, com o drama pessoal da mãe solteira que foi abusada e tenta recomeçar a vida em outra cidade, para criar seu filho Ziggy.


Gostaria de falar um pouco mais sobre ela, mas se eu continuar a escrever sobre, posso acabar dando detalhes que estragam a surpresa do último episódio. Posso apenas dizer que além das atuações brilhantes e uma narrativa bem construída, a produção da HBO acertou muito com a trilha sonora. A série recebeu, além dos prêmios já citados, mais três Emmys, melhor série limitada ou telefilme, melhor direção para Jean-Marc Vallée e melhor atriz coadjuvante para Laura Dern.


ELENCO
Reese Witherspoon como Madeline Martha Mackenzie
Nicole Kidman como Celeste Wright
Shailene Woodley como Jane Chapman
Alexander Skarsgård como Perry Wright, marido da Celeste
Adam Scott como Ed Mackenzie, marido da Madeline
Zoë Kravitz como Bonnie Carlson, a segunda esposa do Nathan
James Tupper como Nathan Carlson, ex-marido de Madeline
Jeffrey Nordling como Gordon Klein, marido da Renata
Laura Dern como Renata Klein
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Miau!
    Ainda não assisti a série, mas depois de seus comentários, resolvi colocá-la na fila para poder acompanhar, gosto de filmes com dramas familiares e tendo ótimas atuações, ainda melhor.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “A poesia contém quase tudo que você precisa saber da vida.” (Josephine Hart)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Oi Miau
    eu n conhecia a série mas qro assistir
    gostei da resenha, apesar de que n tenho tido mt ânimo p séries
    começo e sempre abandono!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu gosto muito de serie, mas no momento a que estou assistindo são series de herói. Esse me deixou bem curiosa pela trama e ter personagens incríveis com atores maravilhosos. Gostei muito, colocarei na lista de serie!

    Meu Blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Uau que serie é essa.
    Fiquei curiosa agora para assistir. Parece ser uma serie muito boa e intrigante.
    Já vai para minha lista.

    https://garotaeraumavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações