28 de jan de 2018


[Resenha] A Maldição de Hollow - Nora Roberts

Ficha Técnica 

Título: A Maldição de Hollow
Título Original: The Hollow
Autor: Nora Roberts
ISBN: 978-85-8041-744-9
Páginas: 272
Ano: 2017
Tradutor: Maria Clara de Biase
Editora: Arqueiro
Quando tinham apenas 10 anos, Fox, Cal e Gage libertaram um demônio aprisionado havia séculos ao fazerem um pacto de sangue sobre a Pedra Pagã. O inocente ritual deu poderes sobrenaturais aos três jovens, mas lançou uma terrível maldição sobre Hawkins Hollow: a cada sete anos, a cidade é dominada por atos de loucura, violência e destruição. Vinte e um anos depois, esses irmãos de sangue começam a enfrentar mais um ciclo de batalhas contra o demônio, que terá seu auge no sétimo mês. Mas desta vez não estarão sozinhos: ao lado do trio de amigos estão Quinn, Layla e Cybil, três mulheres corajosas ligadas a eles pelo destino. Fox O’Dell, o advogado da cidade, é capaz de ler mentes, um talento que compartilha com Layla Darnell. A conexão entre eles pode se tornar o trunfo de que o grupo precisa para derrotar as trevas que ameaçam engolir a cidade. Porém, Layla está tendo dificuldade em lidar com sua recém-descoberta habilidade e com a forte atração que sente por Fox. Em A maldição de Hollow, Nora Roberts dá continuidade à trilogia A Sina do Sete e prepara o leitor para o emocionante clímax dessa batalha sobrenatural em busca da salvação de uma pequena cidade.

Resenha


Depois de um tempinho é hora de voltar a pequena Hawkins Hollow com A Maldição de Hollow e ver como anda a situação por lá com a proximidade da maldição se manifestar novamente nos habitantes da cidade.

Em Irmãos de Sangue descobrimos que Cal, Fox e Gage estão ligados pelo destino à Quinn, Layla e Cybil para destruírem juntos o demônio libertado pelos rapazes vinte e um anos atrás. Parte dessa ligação mostra que as mulheres têm os mesmos poderes dos três amigos e o par de Fox é Layla, que, assim como ele, tem a capacidade de ler mentes.

Fox O'Dell é filho de uma família hippie e artística, mas ele seguiu outro caminho, o da advocacia. Bem sucedido em sua profissão, possui um escritório na cidade gerenciado pela Sra. Alice Hawbaker, mas desde que ela decidiu se mudar com o marido para Minneapolis (devido aos estranhos acontecimentos da cidade dos últimos anos) Layla está indo ao escritório para se inteirar de como funciona e ajudá-lo enquanto estiver na cidade (pelo menos até acabarem com a maldição), afinal, ela precisa pagar o aluguel, não é? Ela precisa de um trabalho e Fox precisa de uma funcionária.

Layla Darnell trabalhava em uma boutique chique em Nova Iorque até ser impelida por um sonho a ir para Hawkins Hollow, ao contrário de Quinn e Cybil, uma porque foi espontaneamente em busca de material para seu novo livro e a outra que foi em seguida para ajudar a amiga.

Ainda que esse grupo tenha se unificado rapidamente, mesmo com indivíduos tão diferentes, Layla parece a mais receosa quanto a aceitar que tem um poder e quanto a possibilidade de usá-lo para ajudar o grupo a derrotar Lazarus Twisse.
— Sabe o que me preocupa? — Layla examinou os rostos das pessoas de quem passara a gostar.  Eu não conseguir dominar o que tenho dentro de mim. Tenho medo de que em algum ponto isso possa assumir o controle. — Ela balançou a cabeça antes de Quinn conseguir falar. — Mesmo agora não sei se escolhi vir para cá ou se fui levada a isso. O mais perturbador é não ter certeza se tudo que fiz foi uma escolha ou apenas parte de um plano principal criado por essas forças, a escuridão e a luz. Essa é a minha maior preocupação.
P. 32
Como se isso tudo não fosse o suficiente, Layla ainda precisa lidar com a atração que sente por Fox e trabalhar o dia todo com ele e depois seguir com as pesquisas que fazem juntos para derrotar Twisse, são muitas horas próximas e muito mais difícil resistir ao desejo.
— Por enquanto preciso colocar o que há entre nós em outro compartimento. Ainda tenho que pensar a respeito, avaliar a situação. Se for para eu aprender com você, se for para ajudar a acabar com esse demônio, precisarei me concentrar nisso.
Com uma expressão séria e atenta, Fox assentiu. Ele enxugou a mão de Layla e depois levou aos lábios.
— Vou ser bem sincero. Eu quero você. Nua. Na cama, em um quarto com a luz baixa e uma música calma. Quero sentir seu coração batendo contra o meu enquanto faço coisas com você. Então ponha isso em seu compartimento, Layla.
P. 56
Mesmo que não levemos em consideração a atração que sente por Layla, é importante ver que Fox tenta ao máximo ajudá-la a aceitar o dom que tem, a ver de uma maneira positiva e como poderá ajudar o grupo a alcançar o objetivo (ainda que não tenham noção de como farão isso). E não só ele, é muito bom ver que todos tentam ajudar o máximo possível, fazendo-na sentir-se melhor, acolhida e entendendo seus receios.

Em A Maldição de Hollow temos romance, mas o foco é na evolução dos personagens em suas pesquisas sobre o passado e chegam cada vez mais perto de um plano que derrotará Twisse, que veremos em A Pedra Pagã, minha próxima leitura com toda certeza.

Amazon | Cultura | Fnac | Livraria da Folha
Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Lay!
    Bom ver que a Nora conseguiu trazer uma dose de terror e medo para seu enredo e ainda completar com um romance, o que sempre acontece em seus livros e gosto demais.
    E que as personagens evoluíram.
    Amo essa autora!
    Desejo uma ótima semana!
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Não li Irmãos de sangue ainda, mas quero muito, ainda mais porque é da Nora.
    Gosto quando o foco é na evolução dos personagens, fiquei bastante curiosa sobre o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Lay
    n sei o que se passa, mas n consigo ler nada da Nora Roberts!
    Sério, até tive vontade algumas vezes mas na hr escolhia outra coisa!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Também ainda não li o primeiro livro dessa trilogia, mas gosto de obras que falam sobre maldição, poder e dons, por isto quando vi este lançamento logo fiquei interessada na leitura. Vejo que além desta continuação ter o enfoque no romance, ainda vamos acompanhar a investigação sobre o passado para saber como irão derrotar o inimigo, estou ansiosa por esta leitura.

    Venha participar do sorteio de um kit da caixinha da TAG Livros http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho uma vontade enorme de ler os livros dessa autora só que se já são tantos na minha lista de próximas leituras que eu não sei realmente como fazer mas pelo que eu vi sobre esse livro é um livro com tema paranormal e eu achei esse interessante porque os poucos livros dela que eu já li eram romances de época então é totalmente o oposto do que ela costumava escrever mas vamos ver mais sobre ela

    ResponderExcluir
  6. Nora Roberts: o nome dela costuma aparecer constantemente nas minhas pesquisas literárias, mas até então, não procurei adquirir suas obras. E acredito que nem seja pelo fato de me agradarem ou não, e sim pelo momento. E olhe que adoro romances. Porém, fiquei um tanto surpresa em saber que ela trabalha outras temáticas na literatura, ou seja, mescla conteúdos e foge do casual
    No mais, eu me interessei bastante pela temática que é trazida na obra e sua resenha me deixou com um fio extenso de curiosidade para saber o que há com cada um dos personagens.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Os livros de Nora são bem interessante com uma premissa muito boa. Esse me deixou bastante curiosa pela historia misturado com suspense e mistério. Eu desejo ler em breve os livros dela.

    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações