2 de jan de 2018


[Resenha] Sempre Com Você - Samantha Chase

Ficha Técnica 

Título: Sempre Com Você
Título Original: I'll Be There
Autor: Samantha Chase
ISBN: 978-85-503-0205-8
Páginas: 320
Ano: 2017
Tradutor: Suria Scapin
Editora: Universo dos Livros
Para Gabriella Martine, ser assistente de Zach Montgomery é um desafio sem fim, embora sua formação e competência sejam inquestionáveis. Por pertencer a uma família rica e poderosa, ele vive de acordo com as próprias regras e não se submete a ninguém, mas isso não intimida Gabriella. Acostumada a lidar com homens teimosos, ela nem se importa com o fato de Zach ser inteligente, carismático e… maravilhoso. O mundo perfeito do rapaz, entretanto, vira de cabeça para baixo quando um acidente durante uma escalada o deixa cheio de fraturas, irritado e altamente dependente. Em sua lenta batalha pela recuperação, Gabriella sempre esteve ao seu lado e, à medida que Zach começa a ver a assistente com outros olhos, é forçado a avaliar o que realmente significa ser um homem digno do amor de uma mulher tão espetacular.

Resenha


Olha eu aqui de novo e agora trazendo um novo romance da série The Montgomery Brothers da Samantha Chase.

Sempre Com Você traz a história de Zachary Montgomery que, como vimos em Feito Para Você, sofreu uma acidente enquanto escalava uma montanha. Embora já tenhamos sido apresentados ao Zach, apenas agora vamos entender melhor esse homem. Sempre adepto dos esportes (principalmente os mais desafiadores),  extremamente determinado a alcançar seus objetivos (algumas vezes chegando à teimosia) e em constante movimento, a verdade é que ele sempre esteve em busca de algo que faltava em sua vida. Mas agora que está em recuperação, precisará enxergar as coisas por outras perspectivas. Independente, Zach não está acostumado a precisar e pedir a ajuda de outras pessoas e ver o olhar de piedade das pessoas (coisa que ele acredita ver nos seus familiares) para ele é uma das piores coisas que existe.
Paciência nunca foi seu ponto forte e, pela maneira como as coisas estavam caminhando, a vida seria muito dura até ele se sentir novamente confortável para interagir com outras pessoas.
Já era bastante desagradável que sua família o visse nesse estado. E Ethan. Tudo o que ele não queria era ficar em destaque, como uma espécie de curiosidade em um show de bizarrices. Ele era o cara forte, o cara atlético, sabia que era assim que as pessoas o viam.
A última coisa que ele desejava era que alguém o olhasse com piedade. Ou... pior: seria como a morte ver as pessoas olhando para ele e pensando como o grande e poderoso Zach esta destruído.
P. 24
Quando iniciamos Sempre Com Você já se passaram alguns meses do acidente e Zach segue com sua recuperação em casa, longe dos olhos da família e de outras pessoas, mas ele nunca foi muito paciente e a como a recuperação não seguiu no ritmo que ele esperava, ficou frustrado e passou a não se dedicar mais tanto ao tratamento e desligou-se inclusive do trabalho, que vinha fazendo home office. Após demitir vários cuidadores e expulsar diversos fisioterapeutas, seu pai, Robert, e seu tio William decidiram que seria necessário tomarem uma atitude drástica para tirá-lo dessa inércia: demiti-lo do cargo de presidente da empresa de Portland. Entretanto, é oferecida à Zach uma opção: aceitar que sua assistente Gabriela trabalhe com ele em casa para atualizá-lo do que tem acontecido no escritório e voltar a fazer as sessões de fisioterapia.

Gabriella Martine é assistente de Zach há cinco anos. No início a relação dos dois era bastante amistosa, mas tempos depois Zach se tornou arrogante e sarcástico, deixando o ambiente de trabalho sempre tenso. Mas isso não a fez desistir, ela tinha esperança de que seu chefe voltasse a ser o que era, espirituoso, motivador, porém, com o acidente tudo se intensificou e aceitando trabalhar na casa de Zach essa relação ficará ainda mais complicada.

Gabriella sempre foi aquela mulher linda e sofreu por conta disso, na família e no convívio na escola e trabalho o que a levou ao isolamento, focando nos estudos e depois no trabalho. As mulheres nunca gostaram muito dela - certamente inveja pela beleza aliada à inteligência - e os homens sempre tinham outros interesses, manter uma postura inflexível era imprescindível para sobreviver. Mas conhecer Zach havia lhe dado um alento, vendo nele quase um amigo, até que o relacionamento entre eles ficou péssimo.
— Eu sabia o que sentia por você quando te contratei. Durante anos, fiz tudo o que era humanamente possível para manter esses sentimentos sob controle, e agora que eles começaram a se expressar, ainda mais vendo que você se sente da mesma maneira.. — Ele suspirou e descansou sua testa contra a dela. — Querida, isso está fazendo eu querer morrer por todo o tempo que desperdicei.
P. 176
A realidade é que Zach sempre se sentiu atraído por Gabriella e, mesmo não sendo a favor de relacionamentos no trabalho, ele a contratou como sua assistente e a admiração só aumentava a medida que a conhecia melhor. Até que uma determinada situação o fez perceber que não deveria mostrar qualquer tipo de afeição por Gabriella. Agora ela está decidida a ajudá-lo a manter o emprego e os dois passarão muito tempo juntos e com isso veremos os dois lados dessa história, com os dois reprimindo os sentimentos por tantos anos.

Escrevendo em terceira pessoa, a Samantha consegue nos mostrar o que se passa com eles, como Zach tem se sentido e nos faz pensar no quanto ele deve ser grato por ter sobrevivido ao acidente, mas também como deve ser frustrante, para alguém tão ativo, depender de outras coisas e pessoas para realizar pequenas atividades, o quanto é difícil ficar tanto tempo sozinho apenas com sua mente. Quando Zach se permite dividir um pouco de tudo isso com Gabriella ele percebe o quanto isso lhe faz bem.
Zach estava mais do que apenas um pouco nervoso. Havia sofrido um acidente e estava se recuperando, normal que ainda tivesse alguns contratempos. O único problema era o fato de que, durante a maior parte daqueles três meses, ele não havia permitido que ninguém estivesse ao seu lado durante uma crise de dor.
Até aquele momento.
Como se soubesse que ele simplesmente precisava de silêncio, Gabriella sentou-se ao lado dele, sua mão macia e delicada na dele, sem dizer nada.
P. 139
Claro que nem tudo são flores e ambos precisarão ceder para que essa relação funcione e a gente realmente torce por isso, afinal eles já ficaram muito tempo separados, mas Zach é o mais difícil e tão teimoso que, em alguns momentos, cheguei a duvidar de que daria certo.

Sem dúvida Sempre Com Você é um romance delicioso de ler. Fui dormir de madrugada, quase não consegui trabalhar no dia seguinte de tanto sono e estava ansiosa para que chegasse a hora do almoço para ler mais um pouco e depois para chegar em casa e ler ainda mais. É uma história que te prende, aquele romance que você torce para que dê certo.

Agora é esperar e torcer para que a Universo dos Livros traga os demais livros da série, porque eu certamente quero conhecer as histórias dos outros Montgomerys.

Amazon | Cultura | Fnac | Livraria da Folha
Comentários
10
Compartilhe

10 comentários:

  1. Já tinha lido a sinopse do livro quando lançou, me chamou a atenção logo de cara sua resenha me deixou mais curiosa porque se fez parecer um livro tão gostosinho

    ResponderExcluir
  2. Oi Lay
    Eu já tinha visto as capas dos livros mas não tinha parado realmente pra saber sobre o que se tratava. Achei a sinopse interessante e lendo sua resenha fiquei mais curiosa pra conferir a história.
    **Tb tenho essa mania de ler até tarde e acordar cedo p trabalhar hahaha
    aí vou morrendo de sono, mas leio no caminho, na ida e na volta!

    Bjoooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Lay!
    Desde que li a resenha dos outros livros fiquei interessada pela série.
    Sei bem o que Zack está passando, porque também fiquei com os movimentos limitados nos membros inferiores e depender das pessoas é horrível, mas não sou ranzinza, nem fico de mau humor, embora reconheça que a situação é bem complicada, ainda mais para ele que gostava de praticar esportes radicais.
    Quanto a Gabriella bom ver que ela é inteligente e tem uma personalidade forte e conseguirá conviver com o ‘novo’ Zack.
    Desejo uma semana abençoada e Um Novo Ano repleto de realizações!!
    “O objetivo de um ano novo não é que nós deveríamos ter um ano novo. É que nós deveríamos ter uma alma nova.”(G. K. Chesterton)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Oi desde que lançou essa série ando interessada em lê-la mas ainda não surgiu a oportunidade, vamos ver se desencanto logo logo 🙂 Eu acho as capas bem românticas e as premissas parecem nos render histórias divertidas e fofas. Essa especificamente parece trazer um pouco mais de drama por conta da condição do protagonista mas espero não pegar birra dele durante a leitura rsrs. Amei a resenha

    ResponderExcluir
  5. Oi, Layane. Com certeza essa dependência servirá para que ele veja as coisas com olhos diferentes, mesmo não sendo fácil para um homem como ele, de repente, se ver nessa situação. E essa dependência também servirá para que ele se aproxime da Gabriella e aos poucos revele seus sentimentos e se renda ao amor, mesmo com tanta relutância e teimosia!

    ResponderExcluir
  6. Esta e a primeira resenha que leio a respeito deste livro, e não imaginava que a estória fosse tão cativante e envolvente, quanto você citou na sua descrição da leitura. Talvez seja pela carga emocional, e a relação de cumplicidade entre o casal, em que ambos terão de ceder para este relacionamento se desenvolva. Bom, este e mais um livro que irá para a minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  7. Sei bem o que o protagonista passa no momento desses eu já ouvi falar de outros livros da autora mas não sei se eu fiquei preso na leitura da premissa desse livro mas vou tentar dar uma chance

    ResponderExcluir
  8. Hey,

    Não conhecia a série nem a autora mas adoro esses livros que "se completam" adorei a premissa, bem curiosa pra ler mais sobre a personalidade dos protagonista e como vão lidar um com o outro.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Gostei do livro, tem uma premissa muito boa e um romance super fofo. Nele vemos uma superação, onde o amor consegue tudo.. Gostei e estou desejando ler!

    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  10. Ooi, as capas dessa série me chamam bastante atenção,mas nunca procurei nenhuma resenha.
    Essa é a primeira resenha que leio sobre essa série, parece ser um livro bem bacana, gosto muito de livros que trazem superação.
    Bjs

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações