25 de fev de 2018


[Resenha] O Clube dos Jardineiros de Fumaça - Carol Bensimon

Ficha Técnica 

Título: O Clube dos Jardineiros de Fumaça
Autor: Carol Bensimon
ISBN: 978-85-3593-012-2
Páginas: 368
Ano: 2017
Editora: Companhia das Letras
Em um cenário formado por coníferas milenares, estradas sinuosas e falésias, a região californiana do Triângulo da Esmeralda concentra a maior produção de maconha dos Estados Unidos. É lá que o jovem professor brasileiro Arthur busca recomeçar a vida, depois dos acontecimentos que o levaram a deixar Porto Alegre. Aos poucos, ele se insere na dinâmica local e passa a fazer parte de uma história que começa com a contracultura dos anos 1960 e se estende até o presente. À vida de Arthur e daqueles com quem estabelece vínculos — o atormentado Dusk, a solitária Sylvia, a indecisa Tamara — mistura-se a de personagens reais que participaram do embate que levou à descriminalização do uso da maconha, fazendo deste um poderoso romance panorâmico. Cruzando história e ficção, com uma linguagem original e ousada, a meio caminho entre Brasil e Estados Unidos, Carol Bensimon compõe em O clube dos jardineiros de fumaça um brilhante retrato da geração hippie e de seu legado.

Resenha


Arthur Lopes é um ex professor de história que foi demitido de seu emprego por plantar maconha. Depois de quase ter sido preso, ele decide ir para a Califórnia procurar trabalho nas inúmeras plantações do condado de Mendocino. É nesse ponto que encontramos o protagonista, meio perdido, atrás de alguma forma de ganhar mais experiência. No processo, ele conhece e fica mais íntimo de duas mulheres com histórias até mais interessantes que a dele.

Tamara tem quarenta e poucos anos, trabalha como barista e tem um passado que envolve uma relação poliamorosa fracassada e um pai que ela acabou de conhecer. E Sylvia, minha favorita, é uma senhora que já foi uma ativista e que hoje aluga seus quartos no Airbnb. Nenhum desses três personagens está envolvido com maconha no começo da história, apesar de Sylvia dizer que eles devem ser as únicas pessoas da cidade que não fazem parte do negócio.

Mas isso vai mudar.

A trama parece mais focada em apresentar o cenário do que criar uma narrativa, o que torna o livro um pouco lento. A falta de um conflito externo deixa o livro devagar e explicativo demais. A gente fica esperando alguma coisa chocante acontecer. O que é bem frustrante. Alguns dos capítulos são dedicados à história do processo de legalização da maconha na Califórnia e aos métodos de plantio, o que é intrigante, já que nos apresenta outro ponto de vista sobre um assunto tão mistificado.

O livro também conta com coadjuvantes cujas histórias tornam a narrativa mais rica, como Dusk e Marina Nunes. A autora consegue dedicar tempo a desenvolver cada personagem e tornar seu passado interessante. O clube dos jardineiros de fumaça é um livro extremamente relevante, que joga luz sobre um assunto que ainda é tabu no Brasil. Apesar de ser um pouco prejudicado pela falta de conflito, os aspectos históricos nos dão o suporte necessário para entender o cenário e a escrita é empolgante.

Recomendado principalmente para aqueles que gostam de temas polêmicos e livros que misturam história com ficção.

Amazon | Submarino | Americanas | Cultura | Fnac | Livraria da Folha
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. Tamy!
    O livro traz um tema bem controverso na sociedade e em diversos lugares.
    Ver que as gerações têm suas próprias visões e em algum momento elas se contradizem, é outro ponto relevante, sem contar com as múltiplas visões femininas.
    Uma semaninha plena de amor no coração!
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Bom, o livro é interessante. Passa a ser mas uma informação sobre a maconha do que uma historia, vejo uma premissa muito boa. Não sei se leria mas com certeza algum dia.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações