18 de fev de 2018


[Resenha] O Diabólico Duque de Essex - Roxane Norris

Ficha Técnica

Título: O Diabólico Duque de Essex 
Autor: Roxane Norris
ISBN: 978-85-68839-51-5
Páginas: 146
Ano: 2017
Editora: Qualis
Sabe todas as convenções sociais, regras e etiquetas que te ensinam ao ser apresentada à sociedade? A mais nova das irmãs Reims abdica de todas elas ao aceitar o convite de Lady Charlotte para uma temporada no Brasil. Enfadada dos salões, Gwen é seduzida pela possibilidade de aventurar-se na vida longe da terra natal. O que ela não contava é que essa proeza tivesse cabelos escuros, uma altura considerável, olhos penetrantes e um sorriso de tirar o fôlego; e, claro, fosse completamente o oposto do que esperava de um cavalheiro. De sua parte, Yurik Asworth, um aspirante à arte da fotografia, não estava disposto a se apaixonar. O que dirá deparar-se como uma jovem totalmente doidivanas que comprometerá cada minuto de seu dia naquelas paragens. Determinado a deixar que isso não aconteça, ele aceitará o desafio de não permitir que Gwen entre em sua vida. Contudo, o mistério que envolve a presença de Yurik na corte, e sua amizade com D. Pedro II, fará com que esse laço tênue entre o casal se torne uma paixão avassaladora, capaz de comprometer as relações, já permeadas de entrelinhas, entre as coroas de Brasil e Inglaterra. Intrigas, sedução, espionagem fazem parte desse segundo volume da Trilogia “As Irmãs Reims”, conduzindo você por uma história que fará seu coração palpitar de emoção a cada linha.

Resenha


Depois de um tempinho estamos de volta com a trilogia As Irmãs Reims da Roxane Norris com O Diabólico Duque de Essex. Quando iniciamos a trilogia com O Misterioso Conde de Rothesay fomos apresentados às três irmãs Irina, Yvine e Gwen, filhas do pároco do Condado de Carlisle, o reverendo Edward Reims e vimos como a vida de Irina mudou de rumo quando sua madrinha, Lady Charlotte, lhe pediu que fosse até seu primo, o Conde de Rothesay e o ajudasse com a preparação de sua filha, Lady Claire, para a sociedade.

Depois de Irina e Thomas encontrarem sua felicidade, com uma diferença de três anos tem início a história de O Diabólico Duque de Essex. Lady Charlotte perdeu recentemente seu marido e para afastar-se um pouco da Sociedade decidiu viajar para o Brasil com Gwen, que mora com ela há três anos. Juntas com uma dama de companhia elas estão tendo uma experiência completamente diferente na antiga colônia portuguesa. A liberdade de poder andar constantemente com uma dama de companhia, o fato de não ser sempre esperada em bailes, com pessoas que não a compreendem e a julgam constantemente é uma benção.

Logo de início vamos perceber o quanto o espírito de Gwen é livre, o quanto ela é inteligente e curiosa e o quanto isso a coloca quase sempre em apuros. E é assim que ela conhecerá o misterioso Yurik, aspirante a fotógrafo. Ela só não sabe que ele é também o Duque de Essex. Yurik percebeu o interesse de Gwen, mas sua mente de espião a serviço da Rainha Vitória, a viu como uma ameaça, como uma espiã pronta para impedi-lo de cumprir seu dever.
Se Yurik não estivesse tão compenetrado em atuar de forma tão beligerante, teria aplaudido o desempenho dela, principalmente como a jovem que fala sem medir suas palavras, o que era a coisa mais apaixonante que ele poderia destacar na personalidade que ela decidir assumir. Mas, naquele momento, suas preocupações eram outras, e muito mais sérias do que o desejo que sentia por ela, este seria apenas o pano de fundo para que a armadilha desse certo.
P. 57
Yurik Asworth é o sexto Duque de Essex, mas aos trinta e três anos, está longe de cumprir os deveres de seu ducado, seu foco é todo direcionado às suas missões, aos pedidos da Rainha, e é por esse motivo que está novamente no Brasil. Ao se deparar com a inusitada Gwen Reims, ele percebe que seu inimigo está decidido a lhe derrubar, usando uma mulher para derrotá-lo.
Ela parou ao ver Yurik encará-la com uma expressão conturbada. Tinha certeza de que já ouvira aquele sobrenome, Reims, só não conseguia se lembrar de onde. Droga, e se William estivesse usando donzelas em suas artimanhas? E se ela não fosse uma donzela? Olhou-a com mais intensidade e pouca preocupação. De fato, a jovem tinha muitos atributos que atrairiam um homem, não poderia negar (...) Talvez fosse essa a intenção, negar qualquer mau comportamento que sua presença ali pudesse suscitar, mas ele era um homem de sua majestade. O homem a quem ela recorria para aquele tipo de problema, e não seria desafiado por um estratagema tão antigo. William certamente o subestimava.
P. 12
Roxi ambienta o segundo romance da trilogia na corte do Imperador D. Pedro II e ele e sua esposa, a Imperatriz Teresa Cristina também tornam-se personagens nessa trama, que envolverá espionagem, suspense e, claro, romance.

Além disso, Roxi traz de volta Thomas e Irina para matarmos um pouco a saudade, mas eles terão papel importante na trama. A verdade é que Thomas e Yurik estudaram juntos em Eton e se tornaram amigos, mas desde a morte do pai de Yurik, sete anos que mudaram completamente sua vida, eles não se viram mais, tanto que Yurik nem foi ao casamento do amigo.
Mas que raios de encrenca Yurik o colocaria dessa vez? Já não bastava não comparecer ao seu casamento, fazer sete anos que não se falavam e ter que possuir demasiada austeridade e paciência em explicar ao seu sogro o que se passava no Brasil entre o Duque e Gwen - ele próprio tinha dúvidas se manteria a mesma calma que exigia do pai de Irina no dia em que foi procurá-lo, como avalista das boas intenções do amigo, quando nem mesmo das suas, ele conseguia ser fiel.
P. 119
Achei que o romance entre Gwen e Yurik foi muito rápido, mas em contrapartida, adorei toda a dinâmica da espionagem e de como Roxi desenvolveu essa característica no livro. O fato de ter personagens que de fato fizeram parte de nossa história, de envolver a relação diplomática que existia na época do Império entre Brasil e Inglaterra para ser o pano de fundo de um romance foi ótimo.
— Sei que tomei uma grande liberdade, inominável, ao me impor a essa família. — Ele olhava diretamente para Gwen como se nada ali fosse capaz de mantê-lo de pé a não ser ela. Seus olhos, seus cabelos, sua boca, toda ela. — E não estou aqui para pedir o perdão, porque isso me forçaria a admitir que tudo o que fiz por Gwen foi errado. — E olhos dele piscaram unidos aos dela. — Que tudo o que vivi ao lado dela foi fruto de algum maldito delito, mas é justamente o oposto. Meu único erro foi amá-la demais e não saber impor limites aos meus anseios, porque eu precisava que ela entrasse em minha vida como entrou... Bagunçando tudo. — Ele pausou e viu que todas as damas presentes o acompanhavam com a respiração suspensa e olhos repletos de emoção como sua esposa. E Yurik foi capaz de deixar um mínimo sorriso permear seus lábios. — E se, para isso, eu tivesse que fazer tudo de novo, eu não teria dúvidas em repetir cada passo meu.
P. 136 - 137
Agora temos mais um livro, que trará a história da irmã do meio, Yvine, e tenho quase certeza de que já sei quem será o par dela e já quero muito conhecer esse personagem que apareceu rapidamente em uma cena e já me intrigou bastante.

Amazon
Comentários
3
Compartilhe

3 comentários:

  1. Obrigada, meu amor, pela resenha linda!! Estou nas nuvens!!!
    Um beijo enorme.
    Roxie

    ResponderExcluir
  2. Lay!
    gostei de vários aspectos do romance: ser ambientado no Brasil na época de Dom Pedro II e esposa que também fazem parte da trama, a questão da espionagem, Yurik não querer assumir seu ducado e claro, o romance, mesmo que quase instantâneo.
    Uma semana abençoada!
    “Acredite na justiça, mas não a que emana dos demais e sim na tua própria.” (Código Samurai)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Nossa, esse livro me despertou um interessante muito grande. A historia tem uma premissa muito boa e ainda mas sendo um romance de época se passada pelo Brasil. Gostei muito e já estou anotando na listinha.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações