28 de mar de 2018


[Resenha] Batman: Criaturas da Noite - Marie Lu

Ficha Técnica 

Título: Batman: Criaturas da Noite
Título Original: Batman
Autor: Marie Lu
ISBN: 978-85-8041-797-5
Páginas: 239
Ano: 2018
Tradutor: Mariana Serpa
Editora: Arqueiro
As criaturas da noite estão caçando a elite de Gotham. Bruce Wayne é o seu novo alvo. Bruce Wayne está prestes a completar 18 anos e herdar a fortuna de sua família, além do controle das indústrias Wayne. No entanto, no dia do seu aniversário, ele faz uma escolha impulsiva e é condenado a prestar serviço comunitário no Asilo Arkham, uma mescla de prisão e hospital psiquiátrico onde estão detidos os criminosos mais desequilibrados da cidade. Lá ele conhece Madeleine, integrante das Criaturas da Noite, um grupo radical que deseja acabar com a elite de Gotham. Até então, a moça se recusava a confessar seus crimes ou informar à polícia os futuros ataques que planejavam, mas ela resolve se abrir para Bruce Wayne, dando início a um perigoso jogo de sedução e inteligência. Será que o jovem Wayne vai conseguir convencê-la a revelar todos os seus segredos ou ela está apenas manipulando-o para arruinar Gotham? Enquanto o golpe final das Criaturas da Noite se aproxima, Bruce percebe que não é tão diferente de Madeleine. E, mesmo longe de se tornar o Cavaleiro das Trevas, precisará provar que está preparado para deter uma das maiores ameaças que Gotham já presenciou.

Resenha


Batman: Criaturas da Noite é o segundo livro da Coleção Lendas da DC e a autora responsável pela história foi Marie Lu. O primeiro livro da coleção trouxe a Mulher-Maravilha como personagem principal. Conhecemos um Bruce que acaba de completar 18 anos e se envolve em um caso policial.

Bruce Wayne, após um evento beneficente e também seu aniversário, se mete em uma perseguição policial e dá uma ajuda aos cumpridores da lei ao jogar seu carro numa Criatura da Noite. As Criaturas da Noite são integrantes de um grupo extremista que usurpa o dinheiro dos ricos de Gotham e que mandam recado para a população através das mortes de figuras importantes. A polícia de Gotham não fica nada satisfeita com a ajuda do herdeiro dos Wayne e resolve punir Bruce por sua conduta. O jovem vai prestar serviços ao Asilo Arkham, um lugar que abriga criminosos muito perigosos.

E quando achamos que Bruce Wayne está fora de qualquer oportunidade de se meter em confusão, eis que ele vira uma espécie de detetive e mantem conversas com a Criatura da Noite capturada. Sob aval da Detetive Draccon, Bruce vai se aproximando de Madeleine, a Criatura da Noite, para tentar chegar aos líderes do grupo, as intenções, os motivos de tanta raiva e terror. Contudo, o rapaz percebe que nem tudo o que Madeleine diz pode ser verdadeiro. E a própria garota alerta Bruce para sempre desconfiar e questionar tudo. Nesse cenário controverso, uma relação improvável nasce. Bruce como ajudante do Arkham e Madeleine atrás de uma cela.
No mundo real não existe isso de trapaça, Bruce. É simplesmente a vida. p. 60
Figuras conhecidas aos leitores do universo DC aparecem, como Alfred - mordomo e guardião de Bruce - Harvey Dent, que na história de Marie Lu é um dos melhores amigos de Wayne e que sofre na mão de um pai alcoólatra e abusivo. A história de Marie Lu nos mostra uma possibilidade de momento no qual Bruce Wayne começa a sua vida como um justiceiro. Diferente do primeiro livro da coleção, senti que a autora não ousou muito em mexer na história do Batman e ofereceu aos leitores um Bruce Wayne adolescente que já dava sinais do que iria fazer em sua vida adulta.
E se o sistema , no entanto, necessitasse de ajuda? Em todas as histórias de mistério que ele já lera, a polícia sempre ficava um passo atrás do herói. E se a única forma de consertar tudo fosse assumindo as rédeas? p. 103
Batman: Criaturas da Noite é um livro com capítulos curtos, escrita que flui, nada maçante e que não sai da zona de conforto da história original. Claro que a narrativa de Marie Lu apresenta novidades, que é a proposta das releituras da Coleção Lendas da DC, mas parece que autora teve receio em ousar. Não se trata de uma história ruim por conta disso, mas confesso que tinha uma certa expectativa desde que li o primeiro livro. O primeiro livro foi ousado e ao mesmo tempo tinha a essência da história original. Agora é esperar pela Mulher-Gato escrita por Sarah J. Maas.
Sempre haveria no mundo os mentirosos, traidores e ladrões, mas também sempre haveria as pessoas de bom coração. p. 229
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Acho muito bacana esses lançamentos da Coleção Lendas da DC, ainda não li o da Mulher Maravilha e nem esse do Batman, mas tenho muita vontade! Gostei da premissa deste, onde podemos conhecer mais da juventude do Batman e também sobre o descobrimento dos seus ideais!!

    ResponderExcluir
  2. Bem interessante a proposta do livro lançamento do livro da Mulher Maravilha e eu achei bem interessante mas não sei se leria do Batman outra coisa que me bateu a curiosidade é que o primeiro livro foi escrito por uma altura e esse foi escrito por outra

    ResponderExcluir
  3. Tô achando bem interessante a proposta dessa série, de trazer personagens da DC Comics, universo que adoro.
    Já li um resenha do livro escrito sobre a Mulher Maravilha e fui cativada. Tenho boas expectativas não só para o primeiro livro, bem como para o segundo.
    Fico feliz de a história manter as raízes originais do universo DC.

    ResponderExcluir
  4. Auri!
    Sou super fã do Batman e você está bem adiantada, não é? Lançamento do mês já resenhado, bacana.
    Uma pena que o Alfred tenha ficado um tanto relegado nesse livro.
    E gostei muito de ver que o livro fala do início quase do Batman, ainda com 18 anos e tentando se fortalecer e impor, adorei.
    “Não cruze os braços diante de uma dificuldade, pois o maior homem do mundo morreu de braços abertos!” (Desconhecido)
    BOA PÁSCOA!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações