11 de mar de 2018


[Resenha] O Homem de Lata - Sarah Winman

Ficha Técnica

Título: O Homem de Lata
Título Original: Tin Man
Autor: Sarah Winman
ISBN: 978-85-9581-011-2
Páginas: 156
Ano: 2018
Tradutor: Elvira Serapicos
Editora: Faro Editorial
O Homem de Lata
Em 1963, Ellis e Michael eram dois garotos de doze anos que se tornaram grandes amigos. Durante muito tempo, sempre foram apenas os dois, andando pelas ruas de Oxford, um ensinando ao outro coisas como nadar, descobrir autores e livros e a esquivar-se dos punhos de seus pais dominadores. Até que um dia algo muito maior que uma grande amizade cresce entre eles. Mas então, avançamos cerca de uma década nesta história e encontramos Ellis, agora casado com Annie, e Michael não está mais por perto. O que leva à pergunta: o que aconteceu nos anos que se seguiram? Esta é quase uma história de amor. Mas seria muito simples defini-la assim.



Resenha


Primeiro livro de Sarah Winman, O Homem de Lata nos conta a relação, inicialmente, de amizade de Ellis e Michael. Antes de se conhecerem, Ellis era um garoto que mantinha sonhos e desejos para o futuro graças a sua mãe Dora. O pai do menino não via muito sentido sobre as coisas que faziam bem ao seu filho, era um pai extremamente duro e um marido longe de ser excelente. Talvez, ao decorrer da leitura isso fica mais claro, em relação a Ellis e sua mãe, Leonard fosse incapaz de entendê-los e decidiu pelo caminho incorreto: tratá-los com rispidez. 

E é nesse cenário que Ellis conhece Michael. Michael também tem doze anos e agora mora com Mabel, uma senhora carinhosa e que tinha todo amor do mundo para oferecer ao garoto. Michael foi um garoto abandonado por seus pais, cada um a sua maneira, e ele desejava ser amado e poder retribuir esse amor. Quando ele conhece Ellis, vê no garoto e em sua mãe, a chance de colocar isso em prática. De amar e ser amado. No fundo era apenas isso que ele desejava.
Homens e meninos deveriam ser capazes de fazer coisas bonitas. Não se esqueçam disso, vocês dois, e ela desapareceu na cozinha.
P. 38
E começam as descobertas da adolescência, a conexão de Michael e Ellis está além de uma amizade. Tantas descobertas juntos e o processo de sentir um carinho mais profundo um pelo outro foi algo inevitável. Ellis teve momentos de confusão e um pouco de negação sobre o que sentia por Michael. Após a perda de sua mãe, Ellis tinha apenas seu pai, extremamente autoritário e que não aceitaria a relação dele com Michael. E o afastamento entre eles dois começa.

Anos depois, Ellis é um homem de quarenta e cinco anos, que perdeu a sua mulher e sem grandes momentos felizes em sua vida. O protagonista vive em uma melancolia ao se dar conta de que as pessoas que eram mais próximas e importantes para ele não estão mais ao seu alcance. E no fundo, assim como Michael, Ellis desejava continuar sendo amado.
A vida não era tão divertida sem Michael. Não tinha tanto colorido sem ele. A vida não era vida sem ele. Se ao menos Ellis tivesse conseguido dizer isso a Michael, talvez ele tivesse voltado.
P. 55
Com partes alternadas entre personagens, O Homem de Lata - que faz referência ao homem de lata de O Mágico de Oz - é um livro que  aborda temas além do amor. Não é uma simples história de amor. É sobre as relações e como mantê-las, sobre como enfrentar medos e preconceitos, sobre como seguir adiante mesmo sem nenhuma vontade para isso. Assim como a personagem de L. Frank Baum, que dá nome ao título do livro, Ellis, Michael, Dora e os demais personagens queriam amar. Uns levaram um tempo maior para entender isso e se dedicar a esse sentimento. A diagramação da Faro está mais uma vez muito bonita e a única coisa que percebi de errado foi em relação aos nomes de algumas personagens, por exemplo, Ellis (nome correto) aparecia como Elis. Nada que interferisse no andamento da história. É um livro extremamente sensível, que toca em questões delicadas mas que tem um início difícil. A melancolia de Ellis toma metade da história e isso tornou o livro maçante em alguns momentos. Contudo, é um livro bom e que nos faz refletir sobre nosso lugar nesse mundo e sobre as nossas ações.
Eu me esforço pra que gostem de mim, sempre me esforcei. Me esforço pra aliviar a dor das pessoas. Eu me esforço porque não consigo enfrentar a minha.
P. 92 
AmazonSubmarino | Americanas | Cultura | Fnac | Livraria da Folha
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Oi Auri :)

    Achei bem interessante a premissa do livro com um tema diferenciado sendo discutido. Além disso, gostei do quê de mistério que é deixado bem na sinopse, deixando em aberto questionamentos do que aconteceu na adolescência dos rapazes e o que os fez distanciarem tanto. E claro, se ocorre ou não o reencontro entre eles anos depois.
    Discutir a questão de amar e ser amado é bem bacana, ainda mais entre dois rapazes que não sabem bem o que estão sentindo. Achei bem interessante e espero poder ler em breve!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Auri!
    Deve ser uma linda história, porque além de falar de amor, ensina como manter a relação.
    Acho a história do Magico de Oz fantástica e essa releitura deve ser emocionante e de fácil leitura.
    Boa semaninha!
    “Os lírios não bastam. As leis não nascem das flores. Meu nome é luta, e escreve-se na história.” (Luciana Maria Tico-tico)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MARÇO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Um livro que com certeza nos faz pensar em nossas escolhas!! As vezes nos preocupamos tanto com o que os outros vão dizer, pensar dr nós, que deixamos de lado o que realmente queremos. Espero que Ellis e Michael consigam superar o passado, para que possam viver um futuro fazendo o que gostam e juntos!!

    ResponderExcluir
  4. Achei a premissa do livro bem legal e eu fiquei super feliz porque eu acabei de ganhar esse livro no sorteio e ele chegou aqui em casa pouco tempo e eu quero muito começar essa leitura e já que você falou tão bem livro é a minha próxima leitura desse mês

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações