29 de jun de 2018


[Resenha] Mais Forte Que o Sol - Julia Quinn

Ficha Técnica 

Título: Mais Forte Que o Sol
Título Original: Brighter Than The Sun
Autor: Julia Quinn
ISBN: 978-85-8041-799-9
Páginas: 288
Ano: 2018
Tradutor: Viviane Diniz
Editora: Arqueiro
Quando Charles Wycombe, o irresistível conde de Billington, cai de uma árvore – literalmente aos pés de Elllie Lyndon –, nenhum dos dois suspeita que esse encontro atrapalhado possa acabar em casamento. Mas o conde precisa se casar antes de completar 30 anos, do contrário perderá sua fortuna. Ellie, por sua vez, tem que arranjar um marido ou a noiva intrometida e detestável de seu pai escolherá qualquer um para ela. Por isso o moço alto, bonito e galanteador que surge aparentemente do nada em sua vida parece ter caído do céu. Charles e Ellie se entregam, então, a um casamento de conveniência, ela determinada a manter a independência e ele a continuar, na prática, como um homem solteiro. No entanto, a química entre os dois é avassaladora e, enquanto um beijo leva a outro, a dupla improvável descobre que seu casamento não foi tão inconveniente assim, afinal...

Resenha


Seguindo com o segundo e último livro da dualogia Irmãs Lyndon, em Mais Forte Que o Sol a Julia nos apresenta Eleanor Lyndon em um romance no mínimo inesperado. Em Mais Lindo Que a Lua Julia se propôs a escrever um romance com amor a primeira vista e nesse a proposta era um casamento de conveniência e deu certo. Assim como no primeiro livro a situação do amor não ficou inaceitável, aqui, o casamento de conveniência foi perfeitamente feliz em sua construção.

Ellie é a irmã mais nova de Victoria e a gente já havia percebido que ela não era uma mulher comum quando lemos Mais Lindo Que a Lua. Após a irmã ter saído de casa com relações cortadas com o pai, ela permaneceu em Bellfield, mesmo não concordando com a situação como um todo. Mas Ellie também se mostrou uma mulher muito inteligente e com muita sagacidade passou a investir o pouco dinheiro que tinha e o viu render. Sob o pretexto de ser a porta-voz de um pai recluso, ela conseguiu contratar um procurador para administrar os seus fundos. Aos vinte e três anos, ela está conformada que sua vida será continuar morando com o pai e, em um futuro próximo, sua nova esposa, a Sra. Foxglove. Entretanto, essa não aceitará a interferência dela em sua casa. Sabendo que o futuro não será fácil debaixo do mesmo teto da Sra. Foxglove, Ellie decide que é a hora de resgatar parte de seu dinheiro e se manter em Londres até que sua irmã e seu cunhado retornem do continente, quando certamente poderão ajudá-a a conseguir uma colocação como preceptora ou dama de companhia, mas é aí que Ellie encontra um obstáculo em seu caminho: não conseguirá resgatar seu dinheiro, visto que precisará da assinatura do pai e de uma testemunha para consegui-lo. É aqui que a proposta de Charles será considerada.
— O senhor poderia muito bem ser o maior libertino de toda a Inglaterra. E eu não saberia, já que não saio de Kent há anos, mas...
— Dizem que os libertinos se tornam os melhores maridos — interrompeu ele.
— Os libertinos regenerados - ressaltou ela com firmeza. — E duvido muito que tenha planos nesse sentido. Além disso, não vou me casar com o senhor.P. 22
Charles Wycombe é o conde de Billington e em quinze dias completará trinta anos. Esse é o prazo que tem para casar-se ou perderá toda sua fortuna para seu primo Phillip. Nesse desespero, bêbado, ele cai de uma árvore aos pés de Ellie e nesse encontro descobre que ela é irmã da esposa de seu amigo Robert, o conde de Macclesfield, e percebe traços de sua personalidade e inteligência e, na urgência de sua situação, pede a jovem em casamento. 

Óbvio que, sendo uma mulher prática, casar-se com um desconhecido não era uma opção, mas quando se viu na iminência de viver sob o mesmo teto que a terrível Sra. Foxglove, talvez devesse considerar o fato de que essa pode ser a melhor solução.
— Muito bem — falou ele. — Acho que estamos firmando um acordo bastante justo. Eu me caso com a senhorita e a senhorita recebe seu dinheiro. A senhorita se casa comigo e eu recebo meu dinheiro.Ellie piscou.
— Realmente não tinha pensado nas coisas dessa forma, mas sim, é basicamente isso.P. 43 - 44
Ambos precisam do casamento e assim farão um acordo que beneficiará os dois e, ao que parece, viver juntos não deverá ser assim tão complicado. Mas, enquanto eles tentam se conhecer e se adaptar a essa nova realidade, coisas estranhas acontecem a todo momento: incêndios, comidas estragadas, plantas mortas, acidentes inexplicáveis.

Descobrindo particularidades um do outro, a gente percebe o amor acontecer entre o casal e ficamos torcendo para que os mistérios se resolvam e o casal consiga ter paz, afinal, quando eles descobrem o que sentem de verdade um pelo outro, não tem mimimi.
— Pode ficar aqui esta noite? Pelo menos até eu adormecer?Ele assentiu e beijou sua têmpora.
— Que bom. Fica mais quente com você aqui.Charles soprou a vela e deitou em cima das cobertas. Então, quando tinha certeza de que ela estava dormindo, tocou o próprio coração e sussurrou:
— Fica mais quente aqui também.P. 202
Mais uma linda história da Julia que nos encanta e prende do início ao fim.

Amazon | Submarino | Americanas
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Lay!
    Como sou totalmente encantada com a escrita da autora, quero muito poder ler esse livro.
    E ver que o entrosamento das personagens foi perfeito e diria até idílico, me deixou ainda mais encantada.
    Bom final de semana!
    “Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. A Julia Quinn, maravilhosa em tudo que escreve, não ?! Estou muito ansiosa para começar a ler essa série.
    Sou fã de romances de época e do jeitinho que a Julia nos envolve ao longo da história. Tenho certeza que a história desse casal vai ser linda!

    ResponderExcluir
  3. Eu fico aqui imaginando quanto de estórias que esse casal deve passar até que chegar por fim a se descobrirem apaixonados. A cda resenha fico com mais vontade de ler esse livro. Espero que o possa lero quanto antes.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Que fofo, estou muito curiosa para ler os lu livros de Julia Quinn, são romances cheio de clichê. Esse me deixou muito interessada e com certeza já faz parte da minha listinha de leitura..

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações