14 de jul de 2018


[Cinema] Os Incríveis 2


Os Incríveis 2 dispensa subtítulo. O novo longa da parceria Disney/Pixar representa o fim de uma espera de catorze anos para os fãs da família Pêra e toda a espera valeu a pena.

Começando onde o filme anterior terminou, logo no começo a gente descobre o que aconteceu no combate com o vilão Toupeira e as repercussões da batalha. Apesar das suas boas intenções, os Pêra agiram contra a lei, já que ser herói nesse cenário ainda é ilegal. Quando um milionário surge com um plano pra convencer o governo a tornar os heróis legais outra vez, a Mulher Elástica é escolhida como garota propaganda da missão e o Senhor Incrível precisa engolir seu orgulho e cuidar da família pra que ela possa trabalhar.

O filme então se divide em dois arcos principais: o do Beto, que tem dificuldades em lidar com as tarefas da casa, além de ter que cuidar de uma adolescente anti social, uma criança hiperativa e um bebê com super poderes assustadores (sério, Zezé poderia ser um personagem de filme de terror); e o da Helena, que se sente revigorada por voltar a trabalhar e precisa lidar com os planos misteriosos de um vilão chamado Hipnotizador. A Mulher Elástica ainda protagoniza algumas das melhores cenas de ação do filme.


Como na maioria dos desenhos infantis, aqui também existem alguns subtextos que passam despercebidos pelas crianças menores e que estão ali pra tornar o filme mais interessante para os adultos que estão assistindo. Eu consegui notar duas discussões importantes dentro do filme. A primeira é a discussão política a respeito de criminalidade. Tanto o Senhor Incrível quanto a Mulher Elástica têm argumentos muito bons em relação ao trabalho de vigilantes. Ela acredita que o combate ao crime deve ser responsabilidade das autoridades e que, por serem civis destreinados, eles não deveriam se envolver para não correr o risco de causar mais danos. Já ele acha que alguém tem que fazer alguma coisa e não se pode deixar que bandidos ajam livremente. Eles têm uma conversa profunda sobre isso que é uma das cenas mais interessantes do filme. A segunda questão é o machismo disfarçado de orgulho do Senhor Incrível, que se sente rebaixado ao cuidar da casa enquanto a esposa trabalha. Beto acha que a tarefa é muito fácil e que ele poderia estar fazendo alguma coisa mais importante, como salvar pessoas. Ele tem dificuldade em lidar com um trabalho que é tido como feminino e fica sobrecarregado com todas as múltiplas funções que Helena cumpria dentro da casa.

Temos também a volta de alguns dos melhores coadjuvantes da Pixar, com arcos que fazem sentido dentro da história e não estão ali só pra agradar os fãs. Gelado volta como o herói a la Samuel L. Jackson que a gente adora. Edna está maníaca e criativa como nunca. E, meu favorito, o maior galã dos filmes da Pixar, o Toninho Rodrigues. Além deles, temos novos heróis como Voyd, que é fã da Mulher Elástica e tem um papel importante na batalha final.

Imagem relacionada
até hoje eu rio do "Toninho à bolonhesa" XD
É uma animação primorosa, com ótimas cenas de ação e os personagens carismáticos que a gente já conhece. Apesar do plano do vilão ter alguns furos, é uma história empolgante e eficiente e vale a espera. Numa escala de um a cinco personagens secundários da Pixar, o quanto eu gostei do filme:

          Edna Mode promotional image.jpgResultado de imagem para frozoneImagem relacionadaResultado de imagem para jessie toy storyResultado de imagem para dory
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. ah to doida pra ver! assisti o antigo ha anos atras e continuo gostando demais de assistir animação e com certeza quero ver!

    insta: @liviaalli
    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Tamy!
    Assisti o anterior e achei ótimo e só de ver o trailer desse, já gostei, mesmo que o vilão Hipnotizador não seja um dos melhores, só em ver toda família novamente e trazendo um plot de o pai ter de lidar com os problemas dos filhos quando não são super herois deve ser ótimo.
    Desejo uma semaninha de luz e paz!
    “É o coração que sente Deus e não a razão.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Ainda não assisti essa continuação, mas eu ameeeei o primeiro e quero muito ver o segundo.
    Acho bem legal toda essa atenção pra família e tal, e amei saber que o bebe aparece mais pooois eu amo ele é o meu favorito.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu amei esse filme, foi a melhor continuação que teve.. Já estava na hora, já estava perdendo a esperança por pensa que não teria mais...

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  5. Eu amo animação! Faz um tempo que não assisto e fiquei feliz de saber que teria mais uma dose dessa família incrível, haha. Em breve pretendo assisti-lo <3

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações