16 de jul de 2018


[Resenha] Outra Chance - M.S. Fayes

Ficha Técnica 

Título: Outra Chance
Autor: M.S. Fayes
ISBN: B07BVGD5KF
Páginas: 120
Ano: 2018
Editora: Independente
Lana Reynolds mantém a chama acesa de seu casamento com o juiz John Reynolds baseada no amor incondicional que um sente pelo outro. Ao longo do tempo em que estavam juntos, os planos de aumentar a família e dar um irmãozinho à pequena Ellise Jane apenas cresceram em seu coração e criaram raízes, fazendo com que aquilo se tornasse primordial para sua felicidade. John tinha tudo o que queria. A mulher e filha que amava, a família que sempre sonhara. Além de tudo, tinha o emprego que qualquer jurista, na sua idade, sequer almejava. Para ele, não precisava de nada mais. Talvez outro filho. Mas a vida vem com uma surpresa indigesta e outra tentadora, criando conflitos onde antes existia apenas paz e harmonia. Os dois precisariam reconquistar a confiança um no outro, outra vez, vencer as adversidades e provar a todos, e a si mesmos, que o amor que sentiam era muito mais do que magnífico. Era digno de um conto de fadas."

Resenha


Depois dos lindos livros da Trilogia da Lei, nossa querida Martinha nos trouxe contos da Kate e da Fay, então é certo que a doce Lana não poderia ficar de fora. No conto Outra Chance, vemos o quão felizes estão Lana e John, e a pequena Ellise, é claro. Entretanto, eles querem aumentar a família e, assim iniciamos nosso conto. Lana acabou de descobrir que perdeu o bebê que estava esperando e o pior é que, como havia descoberto há apenas uma semana, ainda não havia contato para John essa novidade.

John não fica nem um pouco feliz com essa notícia, até porque, avaliando a situação racionalmente (para ele) Lana sabia da gravidez há uma semana e teve um aborto espontâneo e nem pode contar com o apoio dele ou das amigas. 
Lana já se sentia um pouco inadequada a toda imponência marcante de John Reynolds. Com todos os acontecimentos, estava se sentindo um peixe mais fora d'água ainda.
P. 41
Tristeza à parte, o casal ainda enfrentará outras situações, pois a ex-mulher de John não dá uma trégua, mesmo que haja uma medida restritiva contra ela e não perde uma oportunidade sequer de destilar seu veneno, realçando a diferença de status entre elas, o que lhe permite estar por dentro de muitas fofocas dos bastidores do meio jurídico.

O casal precisará resolver esses problemas de comunicação e a questão é: juntos ou não? A gente torce para que juntos, não é mesmo?

Nesse rápido conto, a gente vê que os amigos continuam muito próximos e vemos o quanto Lana vem amadurecendo, ganhando confiança em si mesma, ainda que se abale em alguns momentos e nesses, as amigas estão lá para lhe dar apoio, assim como John, absolutamente devotado à ela.
John apagaria de seus pensamentos qualquer concepção de que ela era menos que perfeita e adequada a estar ao seu lado. Ele não queria uma mulher-troféu. Aquilo ele já tivera. Uma esposa plastificada e falsa, que só mostrava à sociedade o que eles queriam mostrar. Ele queria uma esposa de verdade. A sua esposa. Tão real quanto a pele que tocava naquele momento, quanto as curvas que podia sentir nas pontas de seus dedos. Tão real quanto a boca que respondia à demanda de seu beijo cheio de saudade.
P. 62
Eu amei essa série, que me conquistou inicialmente com nosso húngaro Gabe e só melhorou quando tivemos o acréscimo dos outros personagens, que se completam e tornaram a experiência de ler a trilogia excelente. 
Comentários
4
Compartilhe

4 comentários:

  1. Lay!
    Uma pena que não li nenhum dos livros da série, mas estou bem interessada porque gosto dos enredos no estilo e pelo jeito, cada um traz um que diferente do outro e muito romance...
    Desejo uma semaninha de luz e paz!
    “É o coração que sente Deus e não a razão.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a série e nem a autora, mas o livro não faz muito meu estilo de leitura.
    Mas como adoro conhecer a literatura nacional eu daria uma chance.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não conhecia nem a serie e nem esse conto, mas adorei bastante. Tem uma premissa muito boa e o bom dos contos e saber que há uma continuação e que mostra o quanto os personagens amadurece né...

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Por conhecer a escrita da autora (leve e bem humorada), sei que provavelmente essa série/esse conto irá envolver tanto quanto o livro que li dela a pouco (Rainbow). Amo o tipo de estória que Martinha escreve :)

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações