13 de ago de 2018


[Resenha] O Labirinto de Fogo - Rick Riordan

Ficha Técnica 

Título: O Labirinto de Fogo
Título Original: The Burning Maze
Autor: Rick Riordan
ISBN: 978-85-510-0331-2
Páginas: 368
Ano: 2018
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Intrínseca
Apolo, o deus mais glorioso e belo que já existiu, causou a ira de Zeus e foi expulso do Olimpo. Ele foi parar na terra, mais precisamente em uma caçamba de lixo em Nova Iorque. Agora, ele é Lester Papadopoulos, um mortal desajeitado e sem poderes divinos. Para reconquistar seu lugar ao lado do todo-poderoso, Apolo terá que libertar cinco oráculos desaparecidos. Com a ajuda de alguns amigos semideuses, como Percy Jackson, Leo Valdez e a desbocada Meg McCaffrey, Apolo conseguiu sobreviver às duas primeiras provações de sua temporada terrena. Agora, ele vai ter que enfrentar mais um componente do triunvirato do mal formado por antigos imperadores romanos e deve descer até o Labirinto de Dédalo para impedir que o terceiro imperador destrua o próximo oráculo da lista.

Resenha


Seguindo com o terceiro livro da série As Provações de Apolo do Rick Riordan, encontramos Apolo, ainda como Lester Papadopoulos, Meg e Grover no Labirinto de Dédalo, onde precisam descobrir o que está causando tantos estragos na Califórnia e libertar o oráculo Herófila de sua prisão.

O Labirinto de Fogo começa pouco depois do final de A Profecia das Sombras e nele nosso grupo descobrirá quem é o terceiro imperador romano que compõe a terrível Triunvirato S.A. e a quantidade de estragos que essa corporação tem causado por onde passa. Além disso, Apolo, Meg e Grover acharão um lugar muito especial para a história e nós teremos a oportunidade de reencontrar alguns personagens que adoramos: Jason, Piper e o treinador Hedge.

Nesse livro conheceremos um pouco mais sobre o passado de Meg, o que nos ajudará a compreendê-la um pouco melhor, e quando descobrimos isso, aliado às profecias que têm e a missão de salvar mais um dos oráculos, tudo começa a se encaixar nesse grande quebra-cabeça.
Os deuses não costumam sentir a dor da perda de um grifo, de algumas dríades ou mesmo de um ecossistema inteiro. Ah, eu não tenho nada a ver com isso, pensaríamos.
Mas, quanto mais tempo eu passava naquele corpo mortal, mais me abalava com até mesmo a menor das perdas.
P. 50
Nesse livro, assim como os demais dessa e de outras séries do Rick, encontramos muita aventura, ação, humor e demonstrações de amizade. Com uma narrativa focada em Apolo, O Labirinto de Fogo não deixa a desejar nesse quesito.

Além disso, algo que eu já havia percebido em A Profecia das Sombras se mostrou mais forte nesse livro: Apolo começa a perceber com mais clareza a vida de um mortal, se importando com os que estão ao seu lado nessa missão, tendo atitudes que ele nunca consideraria ter em sua vida como deus, e, por mais estranho que possa parecer, falando cada vez menos em voltar a ser um deus olimpiano.
 Eu tenho observado que vocês, humanos, são muito mais que a sua história. Vocês podem escolher o quanto de seus antepassados querem incorporar em suas identidades, podem superar as expectativas da família e da sociedade. O que você não pode, nem nunca deve fazer, é tentar se tornar uma pessoa diferente de quem é...P. 228
O Labirinto de Fogo é incrível e, além de tudo que já estamos acostumados, há muitos novos ingredientes e que nos deixarão refletindo muito sobre suas escolhas, pois, ainda que façam sentido, nos abalam da mesma forma.
Nunca em minha longa vida eu tive uma cicatriz. Queria considerá-la uma espécie de medalha de honra, mas temia que sempre que olhasse para ela, eu me lembrasse da pior noite da minha vida.
P. 278
Sem dúvida mais um livro que adorei do Rick e já quero muito saber como ele continuará essa série e como Apolo irá se virar nas próximas missões e se conseguirá (e se ainda irá querer) ser novamente um olimpiano. Só nos resta esperar pelos próximos livros.
O poder deixa as pessoas boas incomodadas, em vez de satisfeitas e orgulhosas. É por isso que é raro ver pessoas boas no poder.
P. 337
Amazon
Comentários
13
Compartilhe

13 comentários:

  1. Oi Layane!
    Eu tenho muita curiosidade em ler os livros do autor, ainda mais pq eu amo esse gênero, as capas são lindas e me prenderam ainda mais atenção nos enredos, como eu tenho O Sangue do Olimpo (Vol 5), mas vou ter que esperar até ler os outros volumes, espero que seja em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou suspeita, Aline, adoro mitologia e adoro como o Rick mistura ela com a ficção juvenil, sempre com muita diversão e lições.
      Espero que tenha a chance de ler em breve.

      Excluir
  2. Oi, Layane,

    Nesse volume, é evidente que o Apolo tem um papel muito importante, visto que sua missão - dessa vez -, é difícil e desafiadora, e que tem muito a oferecer.

    ResponderExcluir
  3. Lay!
    O mais legal que acho nos livros do aautor, é poder conhecer um pouco mais sobre a mitologia que envolve seus livros e poder aprender um pouco mais sobre eles, mesmo sabendo que tem a ficção criada por ele.
    E concordo com você, os livros tem uma fórmula pré definnida, mudam apenas as pesonagens.
    Uma ótima semana!
    “As religiões são caminhos diferentes convergindo para o mesmo ponto. Que importância faz se seguimos por caminhos diferentes, desde que alcancemos o mesmo objetivo?.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA AGOSTO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o bom é que aprendemos enquanto nos divertimos kkk

      Excluir
  4. Não tenho muito contato com as letras do autor, aliás, contato quase nenhum, infelizmente. Já li uns dois livros dele apenas e depois? Sumi. Não por não ter curtido, foi só este desespero mesmo de ir passando leituras na frente.
    Ainda não pude conferir nenhum livro desta série, mas pelo que li acima, o autor continua com seus enredos fantásticos e personagens muito bem desenvolvidos.
    E isso de misturar mitologia e realidade é outro ponto que adoro.
    Vai para a lista de desejados com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oiee!
    Sei que tio Rick tem uma legião de fãs, não é o meu caso rsrs
    Acho seus livros muito coisa de adolescente e já passei dessa fase faz tempo, por isso, apesar de tantos elogios eu prefiro ficar com meus livros mais pé no chão.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem aqueles livros que não fazem mais parte da nossa vibe, não é mesmo? Os dele ainda não saíram do meus queridinhos 😂😂

      Excluir
  6. Nossa, não conhecia essa série e não lembro de ter acompanhado alguma resenha. Curto muito histórias que tenham algum contexto mitológico, são demais. Com certeza vou ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma das minhas séries favoritas do Rick

      Excluir
  7. Olá!
    Esse escritor já ouvi fala muito e sempre dizem que os livros dele são bons, não tive a oportunidade de ler mas já vejo pela resenha que está cheio de aventuras e com certeza irei em buscar de aventura-lá.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  8. Eu já li a série Os Heróis do Olimpo do Rick Riordan mas nunca cheguei a ver nenhum dos outros livros das outras férias dele vou esperar finalizar essa série E aí vou começar ela Fiquei Encantada pelo protagonista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma das minhas séries favoritas do Rick, junto com As Crônicas dos Kane (mitologia egípcia)

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações