21 de set de 2018


[Resenha] Uma Casa no Fundo de um Lago - Josh Malerman

Ficha Técnica 

Título: Uma Casa no Fundo de um Lago
Título Original: A House at the Bottom of a Lake
Autor: Josh Malerman
ISBN: 978-85-510-0385-5
Páginas: 160
Ano: 2018
Tradutor: Fabiana Colasanti
Editora: Intrínseca
James e Amélia têm dezessete anos. Em comum, além da idade, têm o fato de estarem um a fim do outro e de serem tomados pelo nervosismo quando James chama Amélia para sair. Mas tudo parece perfeito para um primeiro encontro: um passeio de canoa pelos lagos, levando um cooler cheio de sanduíches e cervejas. À medida que se aprofundam na exploração, os dois chegam a um lago escondido e encontram algo impressionante debaixo d'água. Um lugar perigosamente mágico: uma casa de dois andares com tudo que tem direito — móveis, um jardim, uma piscina e uma porta da frente, que está aberta. Enquanto, fascinados, vasculham o imóvel e tentam passar uma boa impressão para o outro, cresce o medo. Será que um local misterioso como aquele esconde alguém — ou algo — vivo? Uma coisa é certa: depois de mergulhar nos mistérios da casa no fundo do lago, a vida deles jamais voltará a ser a mesma.

Resenha

James e Amélia acabaram de se conhecer e instantaneamente rolou um interesse de ambas as partes. Decididos a se permitirem a dizer “sim” às possibilidades, eles combinam em ter um primeiro encontro, mas um encontro que não seja clichê como ir ao cinema ou a um jantar. A solução então é fazer um gostoso passeio de canoa pelos lagos, enquanto conversam, bebem cerveja e comem sanduíches.

Nos lagos, de início as coisas são meio estranhas. James acha que Amélia não está gostando do passeio e vai se interessar por outros rapazes no local, já Amélia fica nervosa e tem certeza que tudo que diz vai assustar James. Porém, eles entram em sintonia quando encontram um lago escondido no meio da floresta. Diferente dos outros lagos, este não é tão grande ou tão bonito, e também não há ninguém por perto. Mas, o grande diferencial dele, é que da canoa James e Amélia conseguem enxergar uma casa embaixo d’água.
– É uma casa, porra! – exclamou ela.
Então deu um gritinho porque estava em um primeiro encontro e eles haviam descoberto uma coisa doida o suficiente para chamar de mágica.
P. 34
Essa é a terceira publicação de Josh Malerman, autor que ficou conhecido pelo seu elogiado “Caixa de Pássaros”. Aqui, diferentemente dos dois primeiros livros, Josh é mais sucinto na história, chegando a mesma a parecer com um conto. Apesar disso, as características da escrita de Malerman estão presentes: muita descrição do ambiente, personagens em uma situação que lhe privam de certos sentidos e subjetividade para todo lado, esta que é a grande responsável por gerar suspense e friozinho na barriga.

Basicamente temos três personagens no livro: James, Amélia e a Casa dentro do lago, sendo o lago praticamente a única ambientação de toda a narrativa. A ideia de uma casa debaixo da água soa por si só muito ousada, e fazer com que os personagens consigam interagir e se comunicar dentro dessa realidade tão diferenciada, é o maior desafio do autor. Felizmente, Malerman consegue realizar tal tarefa de uma forma satisfatória e crível.
E não era só a casa. Não. Era o quarto lago no qual também estavam nadando.
Pela primeira vez na vida, eles estavam se apaixonando.
P. 60
É importante dizer aqui, para quem nunca leu os livros do autor, que Josh Malerman aposta em duas vertentes: o suspense e a fantasia. Em “Uma Casa no Fundo de um Lago” tais pontos continuam bem presentes, e diferentemente de “Piano Vermelho” que pecou bastante por tentar justificar os acontecimentos do livro, aqui é possível manter o suspense sem necessariamente mastigar todos os eventos e obter explicação para tudo, afinal, a ideia de terror é mais eficaz quando não sabemos com o que estamos lidando.

Eu particularmente gostei bastante da leitura, pois ela me prendeu, deixando-me bastante curioso para saber, assim como James e Amélia, o que tinha dentro da casa. Para quem precisa de fatos mastigados, essa talvez não seja sua leitura. Assim como “Caixa de Pássaros”, o autor não faz questão – e nem precisa, na verdade –, entregar tudo de bandeja ao leitor. A subjetividade faz parte da grandeza dessas histórias, e cabe ao leitor interpretá-las como bem entender.
– Não estou com medo – afirmou ela.
Respirando fundo, passou pelas portas idênticas abertas.
P. 77
Apesar de ter mencionado anteriormente a similaridade no formato de escrita de Josh Malerman em todos os seus trabalhos publicados, tenho que fazer uma grande ressalva aqui. “Uma Casa no Fundo de um Lago” até pode usar e abusar de artifícios do suspense, porém na minha opinião o livro está mais próximo de um romance do que de qualquer outro estilo. Claramente o livro é uma interessante e diferenciada metáfora sobre o primeiro amor e a necessidade de mergulhar para desvendá-lo. 

Amazon
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Este livro tem dado o que falar!
    Tenho lido inúmeras coisas tanto positivas quanto negativas e adoro muito tudo isso.rs
    Conheço só um pouco do trabalho do autor por Caixa de Pássaros(que adorei),mas ainda não li Piano Vermelho.
    Este terceiro livro do autor é curtinho e por tudo que li até o momento, esta casa no fundo do lago, pode sim, ser uma viagem para dentro de nós mesmos.
    E sem contar o romance que mesmo trazendo personagens tão jovens, parece ter sido muito bem desenvolvido.
    Com certeza, já está na listinha de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Hey,

    Eu tenho todos os livros do autor na minhas lista de próximas leituras esse não vai ser diferente <3

    ResponderExcluir
  3. Tácio!
    Mesmo achando que está mais próximo de romance do que do suspense, quero conferir.
    Já li Caixa de pássaros e se é do mesmo autor, já me interessa.
    Sou fã de terror também!
    A maioria dos adolescentes é irreverente e vai para onde não deveria ir, né?
    É tem umas coisas bizarras, mas dá para ler e fiquei curiosa para saber essa história da casa embaixo da água...
    Quero poder conferir.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Pelo nome e pela capa eu n iria qer ler, mas a sinopse me agradou!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Tácio!
    Eu ainda não conheço a escrita do autor, mas pelo que venho acompanhando deste livro, o enredo é bom e foi bem desenvolvido, como eu gosto mto do gênero, espero ter oportunidade em breve de ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações