19 de out de 2018


[Resenha] Brigada dos Amaldiçoados - Vanessa Godoy & Albert Vaz

Ficha Técnica 

Título: Brigada dos Amaldiçoados
Autor: Vanessa Godoy & Albert Vaz
ISBN: 978-85-66676-25-9
Páginas: 384
Ano: 2018
Editora: Universo da Literatura
Hector é um garoto normal, veio de uma família de bruxos tradicionais e tudo que ele mais quer é entrar na Escola de Magia e Bruxaria do Brasil. Apesar de tudo que passou com seus pais, agora ele é feliz com seus avós, que o fazem acreditar no melhor lado dos bruxos. Porém, sua entrada para a EMB pode colocar em xeque todas as suas convicções sobre o que é ser vilão. Quando ele se envolve com Alma Damas e assume o lugar de braço direito de Petrus Romanov na liderança das Serpentes, Hector precisa decidir se vai lutar por um mundo onde os puros-sangues devem tomar o poder ou se deve lutar para manter mestiços e não mágicos a salvo. Agora, anos depois, e dando aulas na Escola de Magia e Bruxaria do Brasil em Campos do Jordão, Hector terá toda a verdadeira história de sua vida revelada e os alunos da EMB poderão finalmente saber se todos os boatos que correm o castelo são verdadeiros. O que aconteceu em 1996, o último ano letivo de Hector, Alma e Petrus, que culminou em uma guerra entre os bruxos no Brasil? Escola de Magia: Brigada dos Amaldiçoados é o primeiro livro da saga que revelará os segredos escondidos por pessoas poderosas, expondo para todo o mundo os bruxos do mundo mágico brasileiro.

Resenha


Novo selo da Universo dos Livros, a Universo da Literatura chega trazendo o livro Brigada dos Amaldiçoados, nacional, escrito pela criadora da Escola de Magia e Bruxaria Brasileira, a EMB, que os fãs de Harry Potter e afins já devem conhecer, não é mesmo?

Pois então, vi que esse livro seria lançado quando recebi o e-mail do Clube Skoob e fiquei feliz em saber que teria a oportunidade de lê-lo.

Hector é um garoto de dez anos que passou algumas dificuldades enquanto vivia com os pais, na zona rural de Vila Vareta, uma comunidade 100% bruxa em São Paulo, mas desde que passou a viver com os avós maternos, ele percebeu que a vida poderia ser bem melhor. Além disso, a perspectiva de ir estudar na Escola de Magia e Bruxaria Brasileira e fazer amigos era o que mais o animava.
Hector se sentia feliz morando com os avós. Omar era um brincalhão de primeira, sempre entretendo o neto com doces, brinquedos encantados ou com suas panquecas. Judite não ficava para trás, mimava o neto sempre que podia com bolos, chocolate quente e histórias divertidas de sua época de juventude, quando era uma respeitada funcionária da Federação Mágica do Brasil.
P. 15-16
Ao chegar na escola e ser selecionado para as Serpentes, Hector faz alguns amigos e alguns deles são bem duvidosos, como Alma Damas e Petrus Romanov, que quer liderar as Serpentes rumo à liderança suprema.

Durante os sete anos de estudo da EMB, Hector passa por muitos altos e baixos e em muitas circunstâncias há o questionamento do que é certo e errado e vi o quanto Hector foi fraco e seguiu a opinião dos outros em quase todas as situações.
— Hector, não é o momento para se arrepender.
— Nunca foi. Este é o problema.Toda a minha vida eu me deixei levar, como uma folha seca boiando neste riacho, passando por todo o caminho sem vontade própria ou opinião.
Ele puxou as mangas da camisa, deixando à mostra a tatuagem escrita "livre-arbítrio".
— Livre-arbítrio — disse ele. — Algo que sempre busquei e nunca tive. Eu achava que estava no controle da situação, por isso escolhi seguir com vocês. Escolhendo amar você como se fosse a única forma de ser feliz. Hoje me dou conta de que nunca tive livre-arbítrio.
P. 375
Desde o início da leitura eu tentei não comparar com Harry Potter, mas em muitos momentos até algumas falas são muito parecidas e isso me deixou muito incomodada. Além disso, havia momentos em que parecia que passava de uma cena para outra sem uma ligação e me vi perdida na narrativa diversas vezes.

Mesmo assim eu fui até o fim, gosto de dar ao livro todas as chances possíveis, principalmente quanto é um nacional e a gente sabe que não é nada fácil publicar um livro físico no Brasil 😭 e com um trabalho tão lindo nessa capa dura (até relevei o papel branco), mas sinceramente não deu para mim. Ao mesmo tempo, fiquei feliz em ver resenhas positivas dele no Skoob e espero que agrade tantas outras pessoas, até porque esse é apenas o primeiro livro da série.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Acho que livro é questão de gosto mesmo. Já peguei tantos livros para ler que foram negativados e eu? Adorei! E vice versa!rs
    Não gosto de ter personagens parecidos com outros, ainda mais no caso do bruxinho que já tem sua fama consagrada, essas comparações acabam atrapalhando e muito o fluir do enredo.
    Mas a capa é belíssima e mesmo com um certo receio, se tiver oportunidade, quero sim conferir!
    Viva a literatura nacional!!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Logo de cara já imaginei que seria muito parecido com Harry Potter. Até a sinopse diz isso. E, sinceramente não tem como ter mais um bruxinho na minha vida. Para mim atrapalha demais a leitura porque é certo que haverá comparação.
    Mas para a nova geração que não pegou o ápice de Harry Potter talvez seja uma boa escolha.

    ResponderExcluir
  3. Impossível não comparar rs, porque lembra mesmo. Isso pode ser bom ou ruim, pq a gente fica tentando ver se vai ser melhor, e acaba achando critica ate onde não tem rs. Espero que por se passar no Brasil, mostre um pouco da cultura daqui, não que vá estragar tudo caso n seja, mas seria interessante. Espero não me decepcionar

    ResponderExcluir
  4. Oi Layane.
    Que pena que a história não funcionou para você.
    É ruim quando uma história é muito parecida com outra. Eu tive esse problema com Sr. Daniels rs
    Ainda não li HP (talvez ainda leia algum dia), mas não fiquei com vontade de ler esse livro, mesmo querendo dar mais chance aos nacionais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Lay!
    Ou seja, falta de criatividade do autor, porque copiar o Harry e ainda os diálogos parecidos, é demais não é não?
    Nem me interessei...
    Desejo uma semana feliz!
    “Algumas quedas servem para que levantemos mais felizes.” (William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA OUTUBRO - 5 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  6. Oi Layane!
    Eu estava com tanta vontade de ler esse livro, depois de ler algumas resenhas negativas sobre ele eu dei aquela desanimada viu...
    Poxa, trazer uma história parecida com HP? Aaah não!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente não curto livros assim, para ter ideia não consegui ler Harry Potter, é mesmo uma questão de gosto, pois sei que maioria da galera gosta.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações