30 de out de 2018


[Resenha] Ilusão - Jas Silva

Ficha Técnica 

Título: Ilusão
Autor: Jas Silva
ISBN: 978-85-8246-479-3
Páginas: 352
Ano: 2017
Editora: Astral Cultural
Mariana, a caçula da tradicional e rica família Montenegro, é uma jovem obstinada e competitiva que durante anos foi uma das amazonas mais promissoras de Santa Catarina. Até que, por uma reviravolta cruel do destino, ela se viu obrigada por seus irmãos, Marcos e Isadora, a deixar toda a sua vida para trás: seus sonhos, planos para o futuro e até mesmo Henrique, o homem por quem sempre foi apaixonada. Depois de cinco anos vivendo em Portugal, Mariana fica sabendo que Henrique está noivo da última pessoa que ela poderia imaginar: sua irmã. Após essa descoberta, a jovem decide voltar ao país em uma última tentativa de conquistar o homem que ama e revelar um pequeno segredo. As coisas, porém, não saem como planejado e ela se vê envolvida em um jogo sórdido de mentiras e escândalos. Mariana é forte, mas muito impulsiva. Por sorte, ela tem ao seu lado Guilherme, um amigo de infância que sempre fez de tudo para protegê-la. Traições, segredos desvendados e descobertas inesperadas. Ilusão nos prende do começo ao fim com seus personagens intensos e cenas ardentes.

Resenha


Quando ouvi sobre esse livro no Clube do Livro coloquei logo na meta de leitura e o passo seguinte foi garanti-lo para ler o quanto antes. Não conhecia a autora nem seus livros, mas, após concluir a leitura de Ilusão, eu já quero os dois próximos livros da trilogia.

Além de nos apresentar a tradicional e rica família Montenegro, protagonista dessa trilogia, Jas focará nesse primeiro livro em nos contar a história da caçula dos irmãos, Mariana.

Mariana sempre sentiu que apenas era amada pelo pai. Sentia a rejeição dos irmãos, mas a que mais doía era a rejeição da própria mãe. Quando tinha apenas sete anos, um acidente a deixou órfã e Marcos, tendo 23 anos na época, assumiu os negócios da família e a tutela das duas irmãs mais novas que não se suportavam.

Os anos passaram e Mariana descobriu o amor pelos cavalos e tinha uma promissora carreira como amazona pela frente. Mas ela tinha uma obsessão: Henrique, amigo de seu irmão e braço direito dele na empresa. O cara é mais velho e tem em mente os objetivos que quer atingir e ter uma garota de 19 anos lhe perseguindo não está nos seus planos. Entretanto, ele cede uma vez e o escândalo que veio a seguir fez com que Marcos mandasse Mariana para Portugal.

Agora, cinco anos depois, sabendo que Henrique se casará com Isadora, sua irmã, Mariana decide que está na hora de voltar ao Brasil. Com o apoio de Guilherme, seu melhor amigo, ela volta para Santa Catarina com Sofia, sua filha.

Durante o período em que esteve em Portugal Mariana não teve contato com os irmãos, por isso ninguém sabia da existência de Sofia. Seu apoio sempre foi Guilherme, que sempre ia até ela quando era preciso, fazendo com que o elo entre ele e Sofia fosse tão forte quando o dele com Mariana.
Talvez meu erro tenha sido colocar nossa amizade em primeiro lugar, ignorar o desejo que sentia e deixá-la acreditar que meu ciúme nada mais era do que uma forma de cuidado. Só que não era.
P. 25
Mariana está certa de que quando Henrique souber da filha que eles têm juntos será o suficiente para que ele desista de casar com Isadora e que eles formem uma família. Mas quando o encontro finalmente acontece, não é nada como Mariana imaginou que seria.

O retorno à Joinville reabre muitas feridas e como a narrativa é alternada entre Mariana, Guilherme, Marcos, Isadora e Henrique, a gente consegue perceber como cada um é afetado, não apenas por esse retorno como por tudo mais que seguirá na história.

Nas primeiras páginas achei Mariana uma garota mimada e inconsequente, mas aí ela tinha 19 anos e eu acreditei que cinco anos depois ela teria amadurecido, mas a verdade é que o crescimento dela acontece mesmo depois que retorna ao Brasil, com todas as rasteiras que receberá pela frente, pelos erros que cometerá e as consequências que precisará enfrentar.

Ficava imaginando como ela acreditava estar apaixonada por Henrique e não perceber Guilherme ali do lado, sempre pronto para o que ela precisasse e depois esse cuidado estendido para Sofia.
— Mariana, me escute. Eu sou um homem de 28 anos que te conhece desde que você era uma pirralha teimosa querendo aprender a montar. Sei que você é impulsiva, que comete erros, que é movida pelas paixões que sente. E que, na maior parte do tempo, não mede as consequências das coisas que faz. — Guilherme me deu um beijo carinhoso e continuou. — Mas também sei que é determinada, leal, que luta pelas coisas que deseja e que é uma mãe maravilhosa para a Sofia. Você tem esse sorriso malicioso, esse olhar que deixa qualquer homem louco. E eu gosto disso.
P. 185
Quando lia as narrações na visão do Guilherme eu ficava com o coração na mão, quando Mariana não percebia o amor em seu olhar. Ao mesmo tempo, quando Mariana diminuiu a obsessão em relação a Henrique e começou a perceber mais as coisas ao seu redor, viu Guilherme ali e a confusão emocional que ela tinha dentro de si era compreensível, deixar de ver Gui como apenas amigo, mas como o homem que sempre lhe apoiou.

Eu gostei muito da história criada pela Jas e os outros personagens já ganharam minha atenção e estou curiosa para saber como será a história de Marcos e de Isadora, porque ela só deu uma amostrinha aqui, mas sei que o segredo que contou em Ilusão é apenas um dos muitos que devem ter na família Montenegro. Quero saber se eles continuarão arrogantes em seu sobrenome poderoso ou se terão de descer dos seus pedestais e encarar a realidade que os cerca.

Hummm, já quero Doce Prisão, kkkk

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
6
Compartilhe

6 comentários:

  1. Título e sinopse maravilhosas, aí vem a resenha e a gente fica como? Doida para ter o livro em mãos o quanto antes!
    Fã incondicional da literatura nacional, sempre fico feliz quando vejo alguma indicação de algum trabalho que eu não conheça,mas que chega assim, doce e delicado, mas também forte e com enredo bom quanto o livro acima!
    Já quero saber deste amor, se venceu o tempo, se não..e sobre esta família, que atrás do sobrenome, se escondeu do sentido da vida que é Família!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Layane.
    Ainda não li nada da autora, mas fiquei com bastante vontade de conhecer essa trilogia depois da sua resenha.
    Adoro histórias com múltiplos narradores e parece que a autora fez um ótimo trabalho em distinguir as "vozes" dos persoangens.
    O Guilherme parece um amorzinho e Mariana precisa de alguns empurrões para deixar de ser ingênua rsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que drama rsrs, e que reviravolta também, depositou a atenção em uma verdadeira ilusão e o amor estava ao lado dela esse tempo todo e ela sem perceber... Muito bom, rs

    ResponderExcluir
  4. Lay!
    Gostei de ver que tem uma parte da ambentação do livro aqui no Brasil e é responsável pelo amadurecimento da protagonista.
    Serei bem sincera como sempre...
    Fiquei curiosa por acompanhar toda evolução da personagem.
    Uma boa semaninha!
    “O passado é uma cortina de vidro. Felizes os que observam o passado para poder caminhar no futuro.”(Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Oi Layane!
    Desde o lançamento desse livro fico namorando ele...
    Ainda não tive oportunidade de ler, quero mto conhecer a escrita da autora, li comentários ótimos sobre ela.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Que resenha linda, Lay!!!!! ❤️
    Essa história e meu xodó e eu amo enxergar ela pelos olhos de quem a lê! Obrigada pelo carinho! ��

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações