26 de out de 2018


[Resenha] A Perdição do Barão - Lucy Vargas

Ficha Técnica 

Título: A Perdição do Barão
Autor: Lucy Vargas
ISBN: 978-85-286-2309-3
Páginas: 378
Ano: 2018
Editora: Bertrand Brasil
A família de Patrick, como muitas da aristocracia inglesa, foi marcada por escândalos amorosos e sofrimentos. Não é à toa que ele acredita estar amaldiçoado pelo “mal do amor”. Quando se apaixona por Hannah, cuja família também esconde segredos, Patrick não consegue confiar nela e muito menos acreditar que um dia seu amor será correspondido. Ele parte decidido a esquecê-la, mas incapaz de conter o amor que sente, ele aceita: Hannah é a sua perdição. Se permitir que fantasmas do passado continuem a assombrá-los, Hannah pode escapar por entre seus dedos, pondo em risco seus votos e seu elo inquebrável. Quanto mais esse elo é capaz de resistir? Até onde Patrick é capaz de ir por sua baronesa?

Resenha


Patrick Bradshaw é o barão de Ederline e sua família tem a sina de ser dada a arroubos apaixonados, e nem sempre pelos seus cônjuges. E é assim que iniciamos A Perdição do Barão, com a certeza de que ele também sofrerá desse mal, com um amor não correspondido.

Patrick se encantou por Hannah Godwin, melhor amiga de sua irmã, Grace, e desde então tinha certeza de que não teria a menor chance com ela, afinal ela estava interessada em outra pessoa, com idade mais próxima da sua e que lhe correspondia o afeto.
A verdade residia em cada palavra que proferi. Ninguém deveria sofrer assim por amor. Eu não queria aquilo. Jamais quis viver daquela forma. Sentia, porém, que fora amaldiçoado pelo mal que corria nas veias da minha família e da de Hannah. O amor. Vivia rodeado de vítimas do mal do amor. Minha família viera contaminada com essa praga. E acabei encontrando outros indivíduos em condição semelhante.
P. 17
Não que ele quisesse ser dramático, mas é algo da própria natureza dele e, durante as páginas que se seguem, vemos que ele luta contra o sentimento e busca seguir em frente, pois sabe da impossibilidade de um futuro feliz para seus anseios. Entretanto, uma sequência de acontecimentos o levará a uma oportunidade que Patrick irá agarrar com unhas e dentes.

Como o sentimento não é recíproco e, diversas outras situações permeiam o início do casamento de Hannah e Patrick, construir um relacionamento não será uma tarefa fácil. A insegurança, imaturidade emocional e falta de diálogo os levam a muitas situações desnecessárias e, por muitas vezes durante o texto, acreditei que esse romance poderia ter um final diferente do que estamos acostumados.

Lucy utiliza muito a passagem de tempo para mostrar a evolução do casal, mas não apenas como casal como também como indivíduos. Entretanto, esse livro é narrado em primeira pessoa, pelo Patrick, então o crescimento de Hannah só é percebido pelo leitor quando o próprio Patrick o percebe. Confesso que há muito tempo não lia um livro com esse tipo de narrativa, o que fez com que eu sentisse muita falta do outro lado dessa história.

Outro ponto é que o Patrick não me conquistou, ou seja, para mim a leitura tornou-se difícil pela personalidade dele. Sua insegurança constante no relacionamento foi frustrante e eu queria dar uns sacolejos nele para ele acordar para a vida. Queria que ele agisse como em outros aspectos de sua vida, como nos negócios, assumindo as rédeas da família perante a omissão do pai com seus deveres como conde, enfim, mas quando o assunto era sentimento, parecia outra pessoa.

Como em outros livros que já li da Lucy, os personagens secundários sempre têm um papel importante na narrativa. Stephen (amigo de Patrick), Grace e tia Becca (tia de Patrick e Grace) são ótimos e outros eu oscilei entre gostar ou não ao longo da história, como Olivia, por exemplo. A duquesa e Esther são dois personagens que não gostei, manipuladoras demais. Mas assim são tantas pessoas, não é mesmo?!

Enfim, uma história sobre como o amor pode ser cultivado e as relações, mesmo quando complicadas, podem ter um final feliz.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
7
Compartilhe

7 comentários:

  1. Como amo um bom romance de época, já namoro este livro tem um tempinho e mesmo sem conhecer muito do trabalho da autora, dá para perceber que mais uma vez ela construiu um cenário maravilhoso, com personagens muito bem fundamentados e eu particularmente, adoro essa importância dada a todos os personagens!
    A capa do livro é belíssima e como está na lista de desejados, espero ler o quanto antes!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Adoro os romances de época de Lucy :) Mas uma vez acertou. As historia dela são bem envolventes e cativantes, e o melhor, é uma escritora brasileira :D
    Adorei a resenha, bjs

    ResponderExcluir
  3. Lay!
    Lançamento do mÊs e já tem resenha, uauuuuu! Parabéns!
    Que pena a autora ter trazido apenas a visão do Patrick para mostrar a evolução das personagens, fica mesmo um tanto vaga, deveria ser em terceira pessoa, né?
    Ainda assim, parece ter um plot muito bom e acredtiro que valha a leitura.
    Desejo um potimo final de semana!
    “O passado é uma cortina de vidro. Felizes os que observam o passado para poder caminhar no futuro.”(Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA OUTUBRO - 5 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Oi Lay
    esse tipo de leitura me agrada bastante, já anotei o nome do livro!

    Bjoooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito de romances de época mas nunca li nenhum da autora.
    O fato de trazer somente a visão do lado masculino da história deve deixar mesmo a gente querendo saber muito mais.
    Gostei muito da capa.

    ResponderExcluir
  6. Oi Layane!
    Como fã do gênero fiquei interessada nesse livro, amei a capa, pela sinopse e sua resenha é uma história que vale a pena conhecer.
    Espero ler em breve e conhecer a escrita d a autora.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oi Layane.
    Li apenas um livro da autora, mas gostei bastante da escrita dela.
    Confesso que não me interessei muito por esse livro.
    Parece que o Patrick é bastante inseguro e isso não combina com o seu lado profissional de sucesso.
    Achei a capa bem bonita.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações