3 de nov de 2018


[Próxima Parada] Amsterdã, Holanda


Olá amores meus, tudo bem com vocês??
Sejam mais uma vez bem vindos ao Próxima Parada!!!

Nesse mês continuaremos a explorar a Holanda, mais especificamente Amsterdã, uma das cidades queridinhas dos brasileiros que tem a Europa como destino.

Voltando àquele nosso pensamento sobre os símbolos-chave que lembramos ao pensar na Holanda, em Amsterdã isso não é diferente. Todos imaginamos a cidade baseando nossas ideias nos clichês que ouvimos como por exemplo a Red light district (a rua onde podem ser encontradas mulheres profissionais do sexo, um trabalho legalizado e legitimado nesse país, - aqui faço um adendo para que observemos o fato de que Brasil e Holanda possuem culturas absolutamente diferentes antes de tecer comentários sobre essa profissão), também os famosíssimos canais e passeios de barco por eles, os cafés (locais onde as pessoas fazem uso e compra de maconha, assim como em diversos outros países como Portugal e Canadá, o uso da Canabis é legalizado na Holanda). Sem mais delongas, vamos desbravar essa cidade incrível que já virou uma super queridinha minha e vocês já já vão entender o motivo!

Para que vocês me acompanhem nessa viagem fiquem atentos pelos caminhos que iremos passar:
 Canais de Amsterdã
 Heineken Experience
 Casa da Anne Frank
 Red Light district
 Arquitetura Holandesa (se eu não comentar nada sobre a arquitetura do destino, desconfiem 😂)

Partindo daquele que tirou meu ar e me fez virar uma criança feliz a cada rua que eu atravessava, os Canais de Amsterdã!

Acredito que a palavra que melhor os define é 'APAIXONANTE', sim os canais são de uma beleza e romantismo que deixam até as pessoinhas de coração endurecido para o romance ( essa aqui que vos fala) suspirando e imaginando um amor do lado assistindo os patinhos nadando ou o colorir do céu ao por do sol no horizonte dos canais...

Canais de Amsterdã

Muito romântico não é mesmo?
Seguimos então para a experiência da Heineken. Para quem não sabe essa cerveja é holandesa, já adianto que não sou fã desse tipo de bebida, mas como boa engenheira sou curiosa sobre processos industriais e de fabricação de tudo e qualquer coisa 😂.

No Heineken Experience o visitante literalmente experiência a história da cervejaria desde a sua fundação aos dias de hoje, tendo até a oportunidade de experimentar uma das etapas iniciais da fabricação da cerveja, a cerveja finalizada e até mesmo sair de lá com uma garrafa personalizada com o seu nome ou o nome que você desejar. A experiência é maravilhosa e a todos que tiverem a oportunidade de ir a Amsterdã, recomendo gastar as 2 a 3 horinhas que esse passeio toma do seu dia!
Área interna com silos originais da antiga fabrica da Heineken

Vista externa do prédio da Heineken 
Um outro ponto que não deve ser pulado durante uma visita a essa linda cidade da Holanda, é a Casa da Anne Frank, é uma experiencia culturalmente enriquecedora. Apesar de ser um tour não tão feliz, acredito que seja importantíssimo para que conheçamos a história dessa menina que contou em seu diário como era a vida de quem viveu durante o período nazista. É uma história de muito terror e sofrimento, mas que se faz necessário lembrar, para que então nunca esqueçamos e sejamos capazes de evitar que a historia se repita. Recomendo a visita e que agendem com antecedência , já que é bem complicado se conseguir ingresso durante os períodos de alta estação. Infelizmente não é permitido fotografar dentro da casa.

Em frente à casa original que abrigou Anne Frank e sua família durante a II Guerra Mundial
O nosso próximo ponto turístico deixo a cargo de cada um a decisão sobre a visita. A Red Light district gera muita curiosidade e ao mesmo tempo repúdio em muita gente. Eu que sou um ser de mente escancarada, fiz questão de visitar, tanto durante o dia quanto a noite essa região de Amsterdam. Saí de lá com o seguinte pensamento: "Cultura é o bicho mais interessante que existe nesse mundo!"

A forma como elas desenvolvem o trabalho é bem interessante para quem gosta de estudar as relações e comportamentos do ser humano. Recomendo a todos que ao visitar a região dispam-se de preconceitos e julgamentos e permitam-se admirar ou aprender algo com tudo que é visto ali. Afinal, a vida é feita de aprendizados!

Red Light District
Por fim mas não menos importante quero compartilhar uma das coisas que, na minha opinião, é um dos pontos mais interessantes sobre Amsterdam. A sua Arquitetura! Quando falo aqui sobre arquitetura, nem entrarei na realidade no descritivos e histórico dos arquitetos e engenheiros responsáveis pelos prédios antigos ou novos. Aqui quero compartilhar um pouquinho sobre a história dessa cidade. Amsterdã foi construída em cima de um solo que muito nos remeto um mangue, ou seja é um solo mole, e como grande efeito ao passar dos anos das construções sobre esse solo, os prédios movimentaram e ficaram TORTOS!! É um pouco estranho no início mas depois de um tempo nossos olhos se acostumam com a ideia de que os prédios não estão caindo, mas que sim nos lembram um pouco do efeito dominó, devido a forma como um acaba apoiando o outro e, juntos, formam uma imagem extremamente unica e especial.
Detalhe à noite de um prédio tipicamente Holandês

Conseguem visualizar que os prédios são tortos?
Com isso vou me despedindo de vocês por hoje. Mas não esqueçam de deixar as suas impressões sobre essa cidade super fofa e rica em cultura. Espero sinceramente que tenham aproveitado a nossa passagem por Amsterdã e fiquem ligados que no próximo mês temos um novo encontro em um novo destino! Grande beijo!
Comentários
8
Compartilhe

8 comentários:

  1. Eu amo essa coluna aqui no blog!Como nunca saí do país, faço estas viagens aqui com um sorrisão no rosto!
    Amsterdã é um ícone em matéria de beleza e diria eu, história!Fora as paisagens belíssimas, de cartão postal mesmo, tem a Casa de Anne. Um lugar que juro pra você, daria 04 dentes da frente só para ficar ali por cinco minutos.Deve ser um lugar com uma carga emocional tão forte que o corpo deve sentir.
    Adorei ver as fotos!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Uau, eu amo esse post que você sempre faz com lugares incríveis para nos apresentar. Eu amo a holanda principalmente as flores tipicas de la, quero muito mesmo ver os campos das tulipas de holanda, são uma maravilha. Esse lugares são ótimos com certeza visitaria todos.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  3. Que lugar belíssimo, não?
    Também não sou fã de cerveja mas acho que conhecer o processo para a fabricação vale a pena a visita.
    Tenho muita curiosadade em conhecer a casa de Anne Frank.

    ResponderExcluir
  4. Oi Vitória!
    Como sempre, nos presenteando com fotos e lugares maravilhosos!
    Amo acompanhar ...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá Vitória,
    Tenho que dizer como esse lugar é lindo... Sempre falo que a primeira viagem que desejo fazer para fora do país, é em Amsterdã!!
    A casa de Anne Frank sem dúvidas é parada obrigatória, principalmente para nós leitores, o conteúdo histórico dela elé gigantesco.
    Sendo sincera, não consegui observar como os prédios são tortos pela foto, mas achei o máximo, podemos dizer que a própria cidade criou sua arquitetura não é?
    Amei as fotos, queria mais, rsrs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Vitória!
    Sempre escutamos muitas histórias sobre Amsterda e com certeza a curiosidade bate, para podermos confirmar se são ou não verdadeiras.
    Mas o que pude ver através do seu olhar, foi um lugar lindo, cheio de história e que atrai a curiosidade, principalmente sobre Anne Frank, claro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Ir a Amsterdã é um sonho de consumo (praticamente impossível) de realizar. Tanto pela arquitetura quanto por suas belezas naturais e cores, na verdade senti um pouco de falta das flores nesse teu post, pelo que sei esse lugar é caracterizado justamente por isso, certo? Mas enfim, amei conhecer mais um pouquinho e imagino a emoção de estar na frente da casa da Anne, deve dar uma mistura de sentimentos em função do astral do lugar e por conhecer a historia dela. Bem marcante isso, é uma bela experiencia. Parabens!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Vitoria, como vai?
    Amsterdã é um ugar muito curioso e deve ser muito interessante conhecer a arquitetura e a historia deste lugar. Depois que eu assisti a Culpa é das estrelas fiquei com vontade de conhecer esta cidade e a casa de Anne Frank.
    Muito legal, curti bastante a postagem.

    Beijinhos, Jady Santos
    http://garotaeraumavez.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações