20 de nov de 2018


[Resenha] O Guia do Cavalheiro Para o Vício e a Virtude - Mackenzi Lee

Ficha Técnica 

Título: O Guia do Cavalheiro Para o Vício e a Virtude
Título Original: The Gentleman's Guide to Vice and Virtue
Autor: Mackenzi Lee
ISBN: 978-85-0111-423-5
Páginas: 434
Ano: 2018
Tradutor: Mariana Kohnert
Editora: Galera Record
Uma aventura romântica do século XVIII para a era moderna. Simon Versus a Agenda Homo Sapiens, encontra os anos 1700. Henry "Monty" Montague nasceu e foi criado para ser um cavalheiro, mas nunca foi domado. Os melhores internatos da Inglaterra e a constante desaprovação do pai não conseguiram conter nenhuma das suas paixões - jogos de azar, álcool e dividir a cama com mulheres e homens. Mas agora sua busca constante por uma vida cheia de prazeres e vícios está em risco. O pai quer que ele tome conta dos negócios da família. Mas antes Monty vai partir em seu Grand Tour pela Europa, com a irmã mais nova, Felicity, e o melhor amigo, Percy - por quem ele mantém uma paixão inconsequente e impossível. Monty decide fazer desta última escapada uma festa hedonista e flertar com Percy de Paris a Roma. Mas quando uma de suas decisões imprudentes transforma a viagem em uma angustiante caçada através da Europa, isso faz com que ele questione tudo o que conhece, incluindo sua relação com o garoto que ele adora.

Resenha


Se você tava precisando de uma aventura romântica amorzinho pra aquecer seu coração de fanfiqueira, você veio pro lugar certo.

minha fanart favorita *.*
Meu caso de amor com O Guia começou de forma instantânea, achando o título maravilhoso e já curiosíssima com a história. Achei ele numa livraria, num daqueles passeios em que a gente fica passando a mão nas lombadas e admirando os livros que nunca vai comprar. Mas eu decidi comprar aquele e, nossa, eu não sabia que precisava tanto desse livro até ler!

A história é narrada em primeira pessoa pelo Monty, um jovem aristocrata que teve problemas no internato e vai ser forçado a assumir os negócios da família e se casar com uma moça que seu pai escolher. Antes de se resignar a uma vida de infelicidade, ele e seu melhor amigo Percy vão fazer um tour pela Europa e aproveitar o máximo possível. A caminho de deixar sua irmã, Felicity, no colégio interno, Monty toma uma decisão impulsiva que transforma todo o grupo em fugitivos. A partir daí, eles são perseguidos por bandidos inescrupulosos numa caçada que se estende por vários países. Além da perseguição, Monty precisa lidar com seus sentimentos por Percy e descobrir se está de fato apaixonado por seu melhor amigo.


Um dos grandes méritos do livro é fazer a gente se importar com os personagens. Até mesmo Monty, que às vezes parece decidido a tomar as piores decisões possíveis e, apesar disso, é um rapaz amoroso e honesto. Mas meus grandes crushes aqui são Percy, o adolescente mais fofo e gentil que já foi escrito, e Felicity, uma moça inteligentíssima e subestimada que tem planos que vão muito além do que sua família espera dela. A dinâmica entre os três protagonistas é fluida e soa natural, com momentos de conflito e afeto muito bem intercalados com aventura.
meu coração não aguenta
Para um livro que parece voltado para um público mais jovem, é surpreendente que O Guia trate de assuntos tão delicados e ao mesmo tempo relevantes, como homoafetividade, racismo, machismo, epilepsia e o tratamento dado a transtornos psicológicos no século XVIII; e todos eles são tratados com respeito, Alguns momentos, principalmente os que envolvem o pai do Monty (que eu jurei de morte enquanto lia), são bem pesados e tristes. O que me deixou muito dividida entre torcer pra Percy e Monty terem o final mais feliz possível e saber que era muito difícil para casais homoafetivos terem que viver seus relacionamentos às escondidas.

O livro tem uma continuação, The lady’s guide to petticoats and piracy (ainda sem título em português), que eu mal posso esperar pra ler. Se você ama romances de época, young adult e/ou shippar personagens não-hétero, vai amar esta história. Vem shippar comigo!

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Engraçado que quando vi este livro pelo mundo literário, nem dei muita atenção. Achei a capa feia demais..rs
    Mas aí começaram as resenhas e tive que ler e sentir do que se tratava o livro e que surpresa boa!
    Além de nos apresentar esse lado do romance de época, traz também tantos temas importantes abordados, como o racismo, aceitação, amizade.
    E tudo retratado de uma forma poética e pelo que entendi, dolorosa em alguns pontos!
    Com certeza, o livro já foi para a lista de desejados e espero ter e ler esta obra o quanto antes!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Tamy!
    Tão bom poder ler um livro amorzinho como esse e ainda poder apreciar personagens tão lindos que nos apaixonamos.
    Não conhecia o livro e gostei muito do plot.
    Uma semana pleno de luz e paz!
    “"A felicidade deveria ser assim mesmo, sem data, sem encomenda, medo de existir. Os dias mais felizes são aqueles com menos planos na agenda." (Caio Fernando Abreu)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA NOVEMBRO - 5 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Não é um livro que eu leria, não sou homofóbica, apenas não concordo com o relacionamento de duas pessoas do mesmo sexo, mas respeito a opinião dos outros. As imagens é bem fofinhas.

    Beijos, Jady
    garotaeraumavez.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Tamy,
    Desde a primeira resenha percebi como esse livro além de lindo, é uma quebra de tabus...
    Sempre gostei de romance de épocas, principalmente quando o enredo consegue se destacar, como esse aqui, já é original por falar da bisexualidade, e de forma natural, o que acho ideal, fica melhor ainda por levantar tantas questões importantes.
    Adorei os personagens, quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Um..Já tinha visto esse livro mas não cheguei a observar sobre ele. A trama é bem interessante e envolvente, tendo temas muito interessante. Fiquei um pouco curiosa sobre ele.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações