9 de nov de 2018


[Resenha] Todas as Flores Que Não Te Enviei - Felipe Rocha

Ficha Técnica 

Título: Todas as Flores que Não te Enviei
Autor: Felipe Rocha
ISBN: 978-85-8246-820-3
Páginas: 190
Ano: 2018
Editora: Astral Cultural
Todas as flores que não te enviei trata de sentimentos, inclusive aqueles que lutamos para esconder, mas que estão ali, esperando o momento exato para serem libertos. A inspiração dos poemas de Felipe Rocha chega através da sua imaginação e da sensibilidade, e também da percepção de tudo que está ao seu redor. Foi depois de muita reflexão que, em 2016, nasceu o @tipobilhete, como forma de trazer um pouco de alegria para o dia a dia e transbordar aquilo que atitudes não são capazes de demonstrar.



Resenha


Com a popularização de redes sociais como Facebook e Instagram, a arte de fazer poesia viu ali uma bela oportunidade de ser disseminada para as grandes massas todos os dias. Não é atoa que nos últimos anos, vários novos autores tiveram seus poemas publicados por grandes editoras, tendo começado suas jornadas se auto publicando na internet.

Um desses felizes casos é o de Felipe Rocha, jovem escritor – formado em engenharia – que está por detrás da página @tipobilhete, atualmente contando com mais de 215 mil seguidores no Instagram. O foco dos pequenos poemas online de Felipe é o amor e suas fases, formas e cores. “Todas as Flores que Não Te Enviei” carrega essa mesma premissa, porém é adicionada à fórmula rápidas crônicas, que não são novidades para os leitores de Felipe e sua página, pois o mesmo às vezes enriquece seus pequenos poemas visuais com tais textos no corpo da postagem.


Eu não conhecia o trabalho de Felipe Rocha, e este livro foi uma grata surpresa. Seus poeminhas são bonitos e sensíveis, carregam simplicidade, mas também muita verdade, fazendo com que o leitor se relacione, mesmo que não necessariamente esteja vivendo as situações descritas.

Obviamente que por tratar de amor e sentimentos no geral, a temática do livro se torna universal por si só. Porém, há outro fator que ajuda bastante nesta aproximação entre escritor e leitor: a construção. Rocha opta por escrever poemas curtos e bem diretos, que soam bastante como um provérbio ou uma mensagem do dia de algum livro de auto-ajuda. Querendo ou não, esse artifício facilita e permite esta conexão entre quem cria e quem lê, e a prova disso é o sucesso destes trabalhos nas redes sociais.


Se tratando das crônicas que iniciam cada parte do livro – são 7 no total –, posso dizer que apesar de serem bem diferentes em estrutura, a qualidade textual é ainda melhor que a dos poemas. Felipe se permite e elabora mais, criando textos que não são enormes, mas ainda assim coesos, ricos e reflexivos em apenas uma ou duas páginas. Para minha alegria, a última e sétima parte da obra consiste somente destes materiais.

“Todas as Flores que Não Te Enviei” vai além de um belo título e uma capa fofa. Seu conteúdo é extremamente caloroso e gostoso de desbravar. Os poemas de Felipe Rocha são simples, mas nem por isso vazios, e seu trunfo é passar sensibilidade e beleza sem precisar dizer muito, afinal, às vezes menos é mais.

Comentários
5
Compartilhe

5 comentários:

  1. Ahhh!!Já gostei de cara do título e capa. Como sou uma romântica incurável, tudo que traz sentimentos, me agrada e muito!
    Falar de amor, dor, poemas, poesias...ou apenas trechos soltos nas páginas.
    Adorei a diagramação também!
    Com certeza, vai para a lista de desejados e oh, viva nossa literatura nacional!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Tácio!
    Sou uma fã de poesias e ver que aqui nesse livro, sãao pequenas crônicas do cotidiano do autor, onde traduz seus sentimentos e pensamentos, é sensacional.
    Terei minha primeira poesia em livro através de uma antologia que sairá em breve, imaagina se fosse um livro solo?
    Bom final de semana!
    “É preciso rirmos antes de sermos felizes, sob pena de morrermos antes de ter rido.” (Jean de la Bruyere)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA NOVEMBRO - 5 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Oi Tácio!
    Aah que edição linda!
    Sou louca por poesias, já bati o olho na capa e já amei....
    Vai para os desejados!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Nossa, amei os poemas, são bem sentimentais..trás nesse momentos que alguém tenha vivido..Amei muito poder conhecer e claro que quero ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  5. Olá Tácio,
    Já conhecia o trabalho dele pelo Instagram, inclusive seus pequenos poemas sempre se torna legenda de minhas fotos, rs.
    Eu vi o lançamento do livro, e claro que me interessei. Ele é tão sincero, são palavras tão reais, adoro a forma que o Felipe escreve!
    Não tenho dúvidas de que é uma obra maravilhosa.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações