1 de fev de 2019


[Resenha] Como se Vingar de um Cretino - Suzanne Enoch

Ficha Técnica 

Título: Como se Vingar de um Cretino
Título Original: The Rake
Autor: Suzanne Enoch
ISBN: 978-85-398-2596-7
Páginas: 288
Ano: 2018
Tradutor: Thalita Uba
Editora: Harlequin
Era uma vez um notório visconde Dare, que seduziu lady Georgiana Halley e tomou sua inocência para ganhar uma aposta, e agora ele vai ter que pagar. O plano é simples: ela vai usar cada artifício de conquista que conhece para ganhar o coração de Dare, e então quebrá-lo. Mas o olhar do visconde tenta Georgiana a se entregar ao prazer mais uma vez, e quando ele a surpreende com um pedido de casamento, ela se pergunta: esse é mais um de seus jogos, ou dessa vez é amor verdadeiro?




Resenha


Como se Vingar de um Cretino é o segundo livro que leio da Suzanne Enoch e, graças a Deus, é muito melhor do que o primeiro.

Nessa história somos apresentados a lady Georgiana Halley, uma jovem que, aos 24 anos, é dona de uma fortuna considerável e não tem o menor interesse em se casar. O que ninguém sabe é que o grande motivo dela ter se tornado tão cética em relação aos homens é o fato de que há seis anos ela foi muito magoada por Tristan Carroway, o visconde de Dare.
Georgiana jamais o perdoara, independentemente dos motivos que o levaram a não se vangloriar da vitória à sociedade. Agora lhe mostraria o quanto doía ser traído. Então, quem sabe, ele entenderia o que significava ser honrado, e poderia ser um marido decente para alguma pobre e ingênua garota, como Amelia.
P. 30
Tristan sempre foi conhecido pelo seu temperamento brigão, por ser um libertino e apostador. Foi assim que há anos atrás ele e Georgie se envolveram, por conta de uma aposta e depois disso eles são conhecidamente inimigos públicos. Entretanto, agora Georgie está decidida a dar uma lição em Tristan para mostrar a ele que não pode brincar com o coração de outras jovens e, certamente depois dessa lição, ele seria um marido perfeito para a lady com que escolhesse se casar – o que deveria acontecer em breve, afinal é de conhecimento da Sociedade que a família Carroway está em situação financeira complicada desde a morte do último visconde.

O plano de Georgie é simples: entrar na casa dele como dama de companhia de suas tias idosas, seduzir e conquistar seu coração e em seguida o desprezar, para que saiba como é ter um coração partido. Ela só não sabia que conhecer Tristan em seu ambiente revelaria um lado dele que ela sequer sabia que existia.
E aquela mulher ultrajante estava sorrindo para ele.
Evidentemente, o mal que provocara durante sua vida fora tão tremendo que o castigo eterno estava começando cedo. A eternidade não era longa o suficiente nesse caso.
P. 26
Claro que assim que Georgie inicia seu plano Tristan sabe que ela está aprontando algo – que precisa urgentemente descobrir o que é. Nesse período em que o plano tem seguimento teremos a oportunidade de conhecer não só o passado deles como "casal" como de conhecer a família Carroway, que é uma diversão a parte. Os irmãos e as tias de Tristan são incríveis, cada um à sua maneira. 
Georgie analisou o perfil do visconde por um bom tempo. Ele fazia aquilo sem pensar, beijar e provocar as velhas tias. Não esperava tal afeição por parte dele, nunca o achara qualquer outra coisa que não arrogante, cínico e egocêntrico. Não fazia sentido. Se tinha sentimentos e compaixão, jamais a teria usado de maneira tão vergonhosa. A ideia de que Dare tinha mudado, contudo, era ainda mais absurda do que acreditar que tinha um coração.
P. 47
Quanto mais fragmentos do passado são apresentados, mais entendemos que algo não ficou completamente esclarecido entre os dois e a atração se torna cada vez mais forte. Sem falar que, agora aos 30 anos e com a responsabilidade de toda uma família, Tristan mudou bastante.

Eles precisarão se perdoar, reconquistar a confiança e ainda enfrentar outros obstáculos para ficarem juntos no final e, a cada capítulo eu torcia para que eles conseguissem, afinal, embora não assumissem, eram um casal ímpar.
E assim voltara à estaca zero: ansiando por um homem com um título antigo, porém maculado, com uma reputação sombria, sem dinheiro e especialista em tumultos e malandragens. Só que, desta vez, ele a queria tanto quanto ela o queria.
P. 261
Um livro lindo e divertido em uma narrativa que conquista o leitor nas primeiras linhas. Se os próximos livros da trilogia Lessons in Love forem publicados no Brasil e seguirem a mesma linha desse, certamente é leitura garantida.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
1
Compartilhe

Um comentário:

  1. Adoro chegar num blog e ter resenha de romance de época, ainda mais desta autora que chegou para ficar!
    Mesmo sem conhecer a fundo o trabalho dela, sei o quanto seus livros tem agradado os leitores e não só os amantes dos romances.
    E por tudo que li acima, mais uma vez, ela apresenta um romance gostoso, construído e com muito bom humor!
    Vai para a lista de desejados, este e o primeiro!!
    Beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações