8 de fev de 2019


[Resenha] A Esposa do Soldado - Merline Lovelace

Ficha Técnica 

Título: A Esposa do Soldado
Título Original: The Horse Soldier
Autor: Merline Lovelace
ISBN: B07NF83YPQ
Páginas: 332
Ano: 2019
Tradutor: Bianca Carvalho
Editora: Cherish Books
Determinada a encontrar seu marido desaparecido, Julia Bonneaux e sua filha partem em uma perigosa jornada ao Wyoming. Mas ao chegar ao Forte Laramie, Julia reencontra o Major Andrew Garret, o homem com quem se casara secretamente seis anos atrás, um espião da união, que a traíra e que ela acreditara estar morto. Agora ela precisa de sua ajuda, e Andrew se vê dividido entre o dever e o desejo, entre os mal entendidos do passado e a promessa de um novo começo.





Resenha


A Esposa do Soldado é a segunda publicação da Cherish Books e traz ao Brasil a autora Merline Lovelace com esse livro que é o primeiro da trilogia Os Garrett's de Wyoming.

A história de A Esposa do Soldado se passa no velho oeste, mais precisamente no estado que conhecemos hoje como Wyoming, em 1867. Esse foi um período de expansão territorial e por isso era considerado um ambiente muito hostil, pois depois da guerra e com os constantes conflitos entre homens brancos e os povos indígenas por conta da invasão branca, levando estradas e ferrovias para facilitar o acesso às recém-descobertas minas de Montana, a vida é extremamente complicada. É nesse ambiente que está localizado o Forte Laraime e é lá que o major Andrew Garrett, o segundo em comando na unidade, reencontra alguém que não via há seis anos e tinha certeza que jamais reencontraria.

Julia Robichaud era a Bela de Nova Orleans e tinha 16 anos quando conheceu Andrew nos primeiros anos da guerra, embora ela não soubesse que ele estava ali em uma missão secreta. O envolvimento entre eles foi intenso e rápido com direito a casamento escondido, segredos e tiros. No fim, Andrew tinha certeza de que Julia era a responsável pela sua quase morte e ela sabia que, diante da traição de Andrew e de seu tio descobrir seu casamento com ele, era melhor aceitar a morte de Andrew e a anulação do casamento que o tio conseguiu.

Um incidente faz com que Julia e sua filha, Suzanne, não possam prosseguir em sua viagem para as montanhas de Montana para encontrar seu marido, Philip Bonneaux e assim precisaram permanecer no Forte e se adaptar à rotina de uma instalação do exército, mas embora tenham os que não entendam o fato dela não ser mais esposa do major e estar casada com outro, há também ajuda de outras pessoas. Também será possível ver a complexa relação dentro do forte entre homens, mulheres, casados, solteiros e indígenas.
Os sagazes olhos azuis de Mary se encheram de compreensão.
— Você nunca ganhou dinheiro pelo seu próprio suor, não é isso?
— Eu nunca ganhei qualquer quantia em dinheiro — admitiu Julia, fechando a mão em torno das notas. — Meu pai era dono de uma linha de transporte marítimo e me dava todo o dinheiro que eu poderia gastar com roupas e o que eu quisesse. Mesmo depois que ele morreu e meu tio assumiu, eu nunca precisei de fundos.
Posição 35% 
O tempo passa no Forte e a atração retorna e cresce entre Andrew e Julia. Além disso descobriremos que os anos de guerra não facilitaram muito a vida dela. Embora tenha conhecido Philip e casado com ele, a constante presença dele em mesas de jogos levou o resto da herança que ela ainda tinha com o fim da guerra. Agora com uma filha de cinco anos, o marido nas minas há dois anos e sem mais nenhum bem - que se foram com as dívidas de jogo de Philip - ela se vê com Suzanne em uma longa viagem para encontrá-lo.

Ao se reencontrarem fica visível a quantidade de ressentimento, mágoa e ódio entre os dois. Andrew não sabia que seu casamento havia sido anulado e rever Julia traz de volta sentimentos que tinha certeza que já havia superado. Julia também ressente-se e principalmente não sabe lidar com a dualidade que é sentir atração pelo seu primeiro marido (que julgava estar morto) e a dificuldade de continuar viagem para reencontrar o marido que pouco se comunicou com ela durante os dois anos em que permaneceu mas minas, o que a faz duvidar de que ele ainda esteja vivo e, caso esteja, como será seu futuro, se ele parou de jogar.
Ele não podia negar a verdade por mais tempo. O que quer que tivesse acontecido no passado, por mais que mentiras e meias verdades tivessem separado seus caminhos, ele ainda queria aquela mulher com uma dor que quase o fez dobrar o corpo sobre a sela.
Posição 40% 
Assim como a vida de Julia não foi fácil para Andrew não foi diferente até porque, estando no exército, durante uma guerra e depois em um território inóspito, sobreviver não era uma tarefa fácil. Foram muitas batalhas e muitas cicatrizes ao longo dos anos.

Quando passamos os capítulos, alternando a visão dos protagonistas, fica difícil saber o que acontecerá, como Julia seguirá para Montana, como será sua adaptação à vida no Forte para ela e para Suzanne, como ficará sua relação com Andrew, que se sente responsável pela segurança dela e da menina enquanto estão na área do exército.
Mostrar a Julia a magnificência daquele lugar era parte de um plano deliberado para apagar o horror que agosto deixara em sua mente e para convencê-la a abandonar qualquer plano de voltar a Mobile. Andrew a havia perdido uma vez. Ela não sabia ainda, mas ele não tinha intenção de perdê-la novamente.
Posição 67% 
Torci muito para que o casal superasse as mágoas, mas enquanto estava nessa torcida o livro me levava por diversas emoções com os acontecimentos que acometiam o Forte e seus habitantes e nem sempre eram boas, algumas foram bastante difíceis de ler por imaginar toda a cena, mas nada que fosse fora da realidade do lugar e da época em que a história se passa.

Eu gostei bastante do meu primeiro contato com a escrita da Merline Lovelace. Ela desenvolveu personagens muito cativantes e usou de personagens e locais de que fato existiram, como por exemplo, eles citam o Touro Sentado, um Sioux (povo indígena) que viveu nessa época e o próprio Forte Laraime. Com tudo isso estou curiosa para ler os outros livros da trilogia 😊😉.

Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
2
Compartilhe

2 comentários:

  1. Gosto muito quando o autor ou autora desenham sua história em cenários reais. Então, adorei ler isso na resenha!
    Primeira resenha que leio do livro e também não conheço o trabalho da autora. Gostei foi muito! Sou uma romântica, ainda mais quando as história vem recheadas de segredos sendo descobertos, amor renascendo, o abrir mão de algo ou alguém em favor do sentimento.
    Parece ser um livro muito completo!!!!
    E certamente vai para a lista de mais desejados!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Lay, voltei às partes da história, completei em pensamentos o que não podemos falar assim...! Que livro!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações