22 de fev. de 2019


[Resenha] Um Acordo Pecaminoso - Lisa Kleypas

Ficha Técnica 

Título: Um Acordo Pecaminoso
Título Original: Devil in Spring
Autor: Lisa Kleypas
ISBN: 978-85-8041-902-3
Páginas: 304
Ano: 2018
Tradutor: Ana Rodrigues
Editora: Arqueiro
Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente. Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho. Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la. Para alcançar seus objetivos, os dois fazem um acordo curioso, e entram em uma batalha de vontades divertida e sensual, como só Lisa Kleypas é capaz de criar.

Resenha


Estava muito curiosa quanto ao que esperar desse terceiro livro da série Os Ravenels, da Lisa Kleypas, afinal, tendo lady Pandora Ravenel como protagonista qualquer coisa poderia acontecer.

Desde o início da série Pandora foi um personagem intrigante e excêntrico e boa parte dessas características deu-se ao fato de que ela e as irmãs foram criadas livremente no Priorado Eversby, praticamente sem nenhuma atenção dos país, que não viam nenhuma utilidade nas três filhas.
Casamentos em que havia amor podiam ser raros, mas certamente não eram impossíveis.
Mesmo assim, Pandora não era capaz de imaginar aquele tipo de futuro para si. Ao contrário de Cassandra, que era uma romântica, ela nunca sonhara se casar e ter filhos. Não queria pertencer a ninguém e, principalmente, não queria que ninguém pertencesse a ela. Por mais que tentasse querer o que deveria querer, sabia que nunca seria feliz com uma vida convencional.
P. 15
Pandora é um espírito livre e empreendedor e com a ajuda do cunhado, Rhys Winterborne, conseguiu uma patente para seu primeiro jogo de tabuleiro e o próximo passo é conseguir um lugar para montar sua fábrica, colocar seu jogo à venda e pensar na produção dos próximos. Aos 21 anos, tem certeza que casar não faz parte dos seus planos, entretanto, como Cassandra (sua gêmea) tinha interesse em debutar e casar, Pandora também passou a frequentar alguns eventos, ainda que não soubesse dançar ou ter uma conversa comum. Foi em um desses eventos que, ao ajudar uma 'amiga' se viu presa em um banco num caramanchão afastado e contar com a ajuda de um belo desconhecido.

Gabriel Challon é o filho mais velho do duque de Kingston, que é ninguém menos que nosso conhecido Sebastian St. Vincent, lembram dele? Protagonista de Pecados no Inverno, da série As Quatro Estações do Amor. Gabriel é o atual lorde St. Vincent e herdeiro de um ducado valioso, logo, é um pretendente cobiçado, o que o faz fugir arduamente das moças em idade de casar, fato que o levou a chegar aos 28 anos livre desse peso. Só não esperava se ver enredado em uma situação comprometedora com uma jovem ingênua e avessa ao casamento.
— Essas moças excluídas são criaturas perigosas. É preciso cautela para se aproximar delas. Ficam sentadas quietinhas, nos cantos, parecendo abandonadas e desamparadas, quando na verdade são sereias capazes de levar homens à derrocada. Você não vai nem perceber o momento em que uma delas roubar seu coração de dentro do peito... e então será dela para sempre. Uma moça deixada de lado nunca devolve seu coração.
P. 48
Gabriel sabe que um dia precisará se casar e ter filhos, mas não tem pressa em cumprir essa obrigação, afinal, certamente não terá um casamento como o dos pais, mas encontrará uma jovem adequada para gerar e cuidar de seus filhos e da agenda social da família. Ainda que muitos vejam em Gabriel a fama de libertino do pai, ele sempre gostou de fazer tudo perfeito. Sendo o primogênito e herdeiro do título sempre estudou muito, se esforçou para compreender e gerir os negócios e não deixar que ninguém conheça seus defeitos.
— Seu problema — continuou a imã — é que você é bom demais em manter essa fachada de perfeição divina. Sempre odiou que alguém soubesse que é um mero mortal. Mas não vai conquistar essa garota desse jeito. — Ela começou a limpar a areia das mãos. — Mostre a ela um pouco dos defeitos que precisa superar, meu querido. Ela vai gostar ainda mais de você por isso.
P. 109
Sabendo que é o correto a ser feito, Gabriel procura Devon para propor casamento a Pandora, que está firme em não aceitar. Mas, ao contrário do que seria esperado da época, Devon sabe que não deve obrigá-la a se casar se isso a tornar alguém infeliz. Isso faz com que Pandora aceite o convite que o duque fez a sua família para que passem a semana na residência deles em Sussex, próximo a praia. Será nessa semana que terá a oportunidade de conhecer um pouco quem é Gabriel e ele perceberá que Pandora tem muito mais do que desastre, irreverência e excentricidade.
A lógica pela qual vivera haviam sido subvertidas ao ponto de que se casar com Lady Pandora Ravenel era agora o único desfecho aceitável. Ele não estava preparado para aquela moça, para aquela sensação, para aquela incerteza exasperante de que talvez não acabasse ao lado da única pessoa de quem precisava estar.
P. 106
Gabriel tem muito do carisma de Sebastian e sabe encantar e envolver naturalmente e Pandora se vê contando para ele sobre situações de seu passado que mesmo alguns membros de sua família não sabem.

O romance entre Gabriel e Pandora é lindo, ambos aprendendo a entender e aceitar o outro como é, mas como Pandora é um imã de situações complicadas, um breve suspense nos dá a adrenalina para complementar o romance.
Gabriel manteve Pandora em um abraço firme e lançou um olhar suplicante para a irmã.
— Não sei o que há de errado — murmurou.
Phoebe balançou a cabeça e desarrumou os cabelos do irmão em um gesto carinhoso.
— Não há nada errado, seu tonto. Você entrou na vida dela como um raio. Qualquer pessoa se sentiria um tanto chamuscada.
P. 183
Além disso, rever Evie e Sebastian, agora pais, foi ótimo, em um casamento de mais de 30 anos e felizes. Westcliff também aparece rapidamente como amigo da família e sem falar nos personagens dos outros livros dessa série que nos dá uma perspectiva do que continua acontecendo e uma visão do que pode vir ou mesmo do que pode ser apenas especulação. A verdade é que a história conquista e seus protagonistas garantem que não deixemos a leitura até chegarmos ao final.
Naquele momento, Pandora se deu conta de que morreria de tristeza se não o tivesse. Era possível que realmente morresse de tristeza. Estava se tornando uma nova pessoa com ele  os dois estavam se tornando algo juntos  e nada sairia da forma como ela esperara. Kathleen estava certa: nenhuma decisão que tomasse seria perfeita. Sempre perderia alguma coisa.
Mas não importava do que mais desistisse, aquele homem era a única coisa que não poderia perder.
P. 182
Compre na Amazon

P.S.: Se quiser adicionar esse livro na sua lista de leitura do Skoob basta clicar na capa que você será redirecionado para a página do livro no Skoob 😉
Comentários
1
Compartilhe

Um comentário:

  1. Apesar de namorar esta série desde o primeiro livro, vou confessar que fiquei totalmente perdida com os nomes dos personagens agora..rs
    Não é culpa sua,somente minha mesmo por não ter lido os livros anteriores!
    Muitos acontecimentos parecem ter sido "resolvidos" neste volume e alguns personagens se descobriram, isso é fantástico!
    Com certeza, quero muito conferir!
    Beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por e-mail.
Obrigada!

 
imagem-logo
De Tudo um Pouquinho - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
Layout e Programação HR Criações